Associação entre insatisfação com a massa corporal e objetivos com a atividade física de mulheres frequentadoras de academias de ginástica

Palavras-chave: Imagem corporal, Mulheres, Atividade motora, Academias de ginástica

Resumo

O objetivo deste estudo foi verificar a associação da insatisfação com a massa corporal atual, as classificações do IMC e os objetivos com a prática de atividade física em mulheres frequentadoras de academias de ginástica. A amostra foi composta por 124 mulheres matriculadas em academias de ginástica do município de Juiz de Fora, MG. Foram coletadas informações sobre idade, massa corporal atual, estatura corporal, massa corporal ideal para si mesmo e objetivos com a prática de atividade física. A associação entre: a (in)satisfação com a massa corporal, o IMC e com os objetivos com a prática de atividade física foram verificadas por meio do Teste Qui-Quadrado. A amostra investigada apresentou um elevado nível de insatisfação com a massa corporal atual, desejando apresentar um corpo mais magro. A estética e a saúde foram os principais objetivos indicados para prática de atividades físicas em academias de ginástica pelas mulheres insatisfeitas com a massa corporal atual. Observou-se a associação entre a (in)satisfação com a massa corporal atual e as classificações do IMC das mulheres investigadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Roberto Ramos da Rosa Junior, Universidade Federal de Juiz de Fora

Mestre em Educação Física – FAEFID/UFJF Especialista em Treinamento Desportivo – EEFD/UFRJ Licenciado Pleno em Educação Física – UNIVERSO Pesquisador do Laboratório de Estudos do Corpo – LABESC Membro do Grupo Corpo e Diversidade Humana – CNPq

Juliana Tereza Garcia de Oliveira, Universidade Federal de Juiz de Fora

Graduanda em Educação Física pela Universidade Federal de Juiz de Fora.

Larissa Alegrini Rêis, Universidade Federal de Juiz de Fora
Graduanda em Educação Física pela Universidade Federal de Juiz de Fora
Maria Elisa Caputo Ferreira, Universidade Federal de Juiz de Fora

Pós-doutora e doutora em educação pela Universidade de São Paulo (USP)
Professora do Departamento de Fundamentos da Educação Física da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

Referências

FONTES, Malu. Uma leitura do culto contemporâneo ao corpo. Contemporânea: revista de comunicação e cultura, Salvador, v. 4, n. 1, p. 117-136, jun. 2006.

HANSEN, Roger; VAZ, Alexandre Fernandes. Treino, culto e embelezamento do corpo: um estudo em academias de ginástica e musculação. Revista Brasileira de Ciência do Esporte, Porto Alegre, v. 26, n. 1, p. 135-152, set. 2004.

IRIART, Jorge Alberto Bernstein.; CHAVES, José Carlos; ORLEANS, Roberto Ghignone. Culto ao corpo e uso de anabolizantes entre praticantes de musculação. Cadernos de Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 25, n. 4, p. 773-782, abr. 2009.

CASH, Thomas F.; SMOLAK, Linda. Understanding body image: historical and contemporary perspectives. In: CASH; Thomas F.; SMOLAK, Linda (Ed.). Body image: a handbook of science, practice, and prevention. 2nd ed. New York: Guilford, 2011. p. 3-11.

SLADE, Peter David. What is body image? Behavior Research and Therapy, Oxford, v. 32, n. 5, p. 497-502, jun. 1994.

GARDNER, Rick M. Perceptual measures of body image for adolescents and adults. In: CASH; Thomas F.; SMOLAK, Linda (Ed.). Body image: a handbook of science, practice, and prevention. 2nd ed. New York: The Guilford Press. 2011. p. 146-153.

MENZEL, Jessie E.; KRAWCZYK, Ross; THOMPSON, J. Kevin. Attitudinal assessment of body image for adolescents and adults. In: CASH; Thomas F.; SMOLAK, Linda. (Ed.). Body image: a handbook of science, practice, and prevention. 2nd ed. New York: Guilford, 2011. p. 154-169.

GROGAN, Sarah. Body image: understanding body dissatisfaction in men, women, and children. 2nd ed. New York: Psychology, 2008.

THOMPSON, J. Kevin; VAN DEN BERG, Pauline. Measuring body image attitudes among adolescents and adults. In: CASH, Thomas F.; PRUZINSKY, Thomas (Org.). Body image: a handbook of theory, research, & clinical practice. New York: Guilford, 2002. p. 142-154.

CARVALHO, Pedro Henrique Berbert et al. Checagem corporal, atitude alimentar inadequada e insatisfação com a imagem corporal de jovens universitários. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, Rio de Janeiro, v. 62, n. 2, p. 108-114, abr./jun. 2013.

FORBES, Gilbert. B. et al. Body dissatisfaction and disordered eating in three cultures: Argentina, Brazil and U. S. Sex Role, New York, v. 66, n. 9/10, p. 677-697, may 2012.

MARTINS, Cilene Rebolho et al. Insatisfação com a imagem corporal e fatores associados em universitários. Estudos em Psicologia, Campinas, v. 17, n. 2, p. 241-246, maio/ago. 2012.

QUADROS, Teresa Maria Bianchini et al. Imagem corporal em universitários: associação com o estado nutricional e sexo. Motriz, Rio Claro, v. 16, n. 1, p. 78-85, jan./mar. 2010.

CURI, Gleyciane Isaac; BUENO JÚNIOR, Carlos Roberto. Prevalência de distorção da imagem corporal em mulheres eutróficas com sobrepeso e obesas frequentadoras de academias de ginástica. Revista Brasileira de Obesidade, Nutrição e Emagrecimento, São Paulo, v. 5, n. 23, p. 17-23, jan./fev. 2011.

MEDINA, Vanessa Bischoff et al. Autopercepção corporal, perfil nutricional e nível de atividade física dos profissionais de Educação Física que atuam em um clube no município de Santa Maria, Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, São Caetano do Sul, v. 10, n. 33, p. 33-40, jul./set. 2012.

FERMINO, Rogério César; PEZZINI, Mariana Ramos; REIS, Rodrigo Siqueira. Motivos para prática de atividade física e imagem corporal em frequentadores de academia. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 18-23, jan./fev. 2010.

SILVA, Marcelo Cozzensa et al. Participação atual e passada em academias de ginástica entre adultos: prevalência e fatores associados. Revista Brasileira de Atividade Física & Saúde, Pelotas, v. 13, n. 1, p. 28-36, jan./abr. 2008.

AGRICOLA, Nestor Pérsio. Alvim; MARIANO, Aline Magioni Maróstica. A estética do corpo em tempos de mercadorização das formas físicas. Estudos, Goiânia, v. 36, n. 9/10, p. 1045-1059, set./out. 2009.

THOMAS, Jerry R.; NELSON, Jack. K.; SILVERMAN, Stephen J. Métodos de pesquisa em atividade física. 6. ed. Porto Alegre: Artmed, 2012. [recurso eletrônico].

FONSECA, Maria Jesus Mendes da et al. Validade de peso e estatura informados e índice de massa corporal: estudo pró-saúde. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 38, n. 3, p. 392-398, jun. 2004.

WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). Obesity: preventing and managing the global epidemic: report of a WHO consulation. Geneva, 1999. Disponível em: http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/42330/1/WHO_TRS_894.pdf. Acesso em: 11 dez. 2013.

PALMA, Alexandre et al. Imagem corporal e dependência de exercícios físicos em frequentadores de uma academia de ginástica na cidade do Rio de Janeiro. Pensar a Prática, Goiânia, v. 17, n. 1, p. 129-141, jan./mar. 2014.

TESSEMER, Chiara Scaglioni et al. Insatisfação corporal em frequentadores de academia. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília, v. 14, n. 1, p. 7-12, jan./mar. 2006.

ALVARENGA, Marlene Santos et al. Insatisfação com a imagem corporal em universitárias brasileiras. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, Rio de Janeiro, v. 59, n. 1, p. 44-51, jan./mar. 2010.

MIRANDA, Valter Paulo Neves et al. Insatisfação corporal em universitários de diferentes áreas do conhecimento. Jornal Brasileiro de Psiquiatria, Rio de Janeiro, v. 61, n. 1, p. 25-32, jan./mar. 2012.

CAETANO, Aletha S. et al. Avaliação da imagem corporal entre mulheres na meia idade: validade de escalas. Conexões: revista da Faculdade de Educação Física da UNICAMP, Campinas, v. 10, n. 3, p. 172-202, set./dez. 2012.

BOSI, Maria Lúcia Magalhães et al. Comportamento alimentar e imagem corporal em estudantes de medicina. Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, v. 38, n. 2, p. 243-252, abr./jun. 2014.

KAKESHITA, Idalina Shiraishi; ALMEIDA, Sebastião. Sousa. Relação entre índice de massa corporal e percepção da auto-imagem em universitários. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 40, n. 3, p. 497-504, jun. 2006.

LIZ, Carla Maria et al. Aderência à prática de exercícios físicos em academias de ginástica. Motriz, Rio Claro, v. 16, n. 1, p. 181-188, jan./mar. 2010.

HARRING, Holly Anne; MONTGOMERY, Kara; HARDIN, James. Perceptions of body weight, weight management strategies, and depressive symptoms among US college students. Journal of American College Health, New York, v. 59, n. 1, p. 43-50, jul./ago. 2010.

ZANETTI, Marcelo Calegari et al. Aspectos motivacionais intervenientes na academia de ginástica. Coleção Pesquisa em Educação Física, Várzea Paulista, v. 6, n. 2, p. 53-58, set. 2007.

TAHARA, Alexander Klein; SCHWARTZ, Gisele Maria; SILVA, Karina Acerra. Aderência e manutenção da prática de exercícios em academias. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília, v. 11, n. 4, p. 7-12, out./dez. 2003.

ROCHA, Kenia Ferreira. Motivos de adesão à prática de ginástica de academia. Motricidade, Ribeira de Pena, v. 4, n. 3, p. 11-16, jul./set. 2008.

GINIS, Kathleen A. Martin; BASSETT, Rebecca L. Exercise and Change in Body Image. In: CASH; Thomas F.; SMOLAK, Linda (Ed.). Body image: a handbook of science, practice, and prevention. 2nd ed. New York: Guilford, 2011. p. 378-386.

JOHNSON, P. et al. Body satisfaction is associated with transtheorical model constructs for physical activity behavior change. Body Image, Norfolk, v. 10, n. 2, p. 163-174, mar. 2013.

OLIVEIRA, Adriana Gonçalves Peçanha et al. Diferença entre peso e estatura auto-referidos e aferidos para o cálculo de índice de massa corporal e a sua relação com a imagem corporal de mulheres de academia de ginástica. HU Revista, Juiz de Fora, v. 34, n. 3, p. 179-183, jul./set. 2008.

COSTA, Elaine Melo Brito; VENÂNCIO, Silvana. Atividade física e saúde: discursos que controlam o corpo. Pensar a Prática, Goiânia, v. 7, n. 1, jan./jun. 2004.

Publicado
2016-08-02
Como Citar
Rosa Junior, C. R. R. da, Oliveira, J. T. G. de, Rêis, L. A., & Ferreira, M. E. C. (2016). Associação entre insatisfação com a massa corporal e objetivos com a atividade física de mulheres frequentadoras de academias de ginástica. Conexões, 14(2), 73-89. https://doi.org/10.20396/conex.v14i2.8646057
Seção
Artigo Original