Do Bambi ao Rambo ou vice-versa? as relações humanas com (e na) natureza

Autores

  • Alcyane Marinho Universiade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v1i3.8647496

Palavras-chave:

Natureza. Esporte. Sensibilidade

Resumo

A medida que o meio natural vem sendo destruido - afetando, prncialmente, a qualidade de vida humana -, as questões ambientais têm recebido cada vez mais atenção por parte de pesquisadores e estudiosos. Neste sentido, nuncase faz tão necessário refletir sobre a relação entre os humanos e a natureza. É neste quadro que são percebidas novas formas de se relacionar com o meio natural ecom outras pessoas. Será especificamente sobre a manifestação da prática de atividades de aventura na natureza e suas repercussões que este texto pretende tratar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alcyane Marinho, Universiade Estadual de Campinas

Graduada em Educação Física pela UNESP de Rio Claro (SP). Mestre e Doutora em Educação Física, Área de Estudos do Lazer, pela UNICAMP (Campinas, SP). Realizou estágio pós-doutoral no Centro de Desportos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora adjunta da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), no Centro de Ciências da Saúde e do Esporte (CEFID). Professora Permanente do Programa de Pós-graduação em Educação Física (Mestrado e Doutorado) do Centro de Desportos da UFSC, na área de concentração "Teoria e Prática Pedagógica em Educação Física" e na linha de pesquisa "Teorias sobre o Corpo, Movimento Humano, Esportes e Lazer". Professora Permanente do Programa de Pós-graduação em Ciências do Movimento Humano (Mestrado) do CEFID/UDESC, na linha de pesquisa "Atividade Física e Saúde". Líder do Laboratório de Pesquisa em Lazer e Atividade Física (LAPLAF) do CEFID/UDESC. Sócia fundadora da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-graduação em Estudos do Lazer (ANPEL).

Downloads

Publicado

2016-11-08

Como Citar

Marinho, A. (2016). Do Bambi ao Rambo ou vice-versa? as relações humanas com (e na) natureza. Conexões, 1(3), 33–41. https://doi.org/10.20396/conex.v1i3.8647496

Edição

Seção

Mesa Redonda

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)