Práticas corporais e suas relações com a saúde mental

percepções dos usuários do CAPS de Aracati/CE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/conex.v17i0.8656684

Palavras-chave:

Saúde mental, Saúde pública, Atividade física

Resumo

Objetivos: Compreender as percepções dos usuários do CAPS geral do tipo II de Aracati – CE, sobre as práticas corporais e suas relações com a saúde mental. Metodologia: A pesquisa foi realizada com sete usuários de ambos os gêneros maiores de 18 anos do CAPS geral de Aracati, por meio de entrevistas semiestruturadas. Foi utilizada a análise de conteúdo de Bardin para analisar os dados. Resultados e discussão: Os resultados evidenciaram que os usuários percebem os benefícios relacionados à saúde física e mental proporcionados pelas práticas corporais. Apontam benefícios como fatores que motivam a realização das práticas corporais. Evidenciam falta de tempo, receio de se machucar e falta de estimulo como fatores que desencorajam a realização das práticas corporais. É relevante a inserção do profissional de Educação Física nos serviços de saúde mental, assim como a necessidade de promover discussões sobre as possibilidades de atuação nessa área. Considerações Finais: É interessante que ocorra uma aproximação e diálogo entre os usuários e o profissional de Educação Física, é preciso levar em conta as necessidades e opiniões dos usuários para que as atividades ofertadas pelo serviço sejam relevantes. Assim como o envolvimento de outras categorias profissionais para proporcionar um cuidado integral ao usuário.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camila Camêlo Andrade, Escola de Saúde Pública do Ceará

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal do Ceará (2013). Especialização em Personal Training pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Residente em Saúde Mental Coletiva pela Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE). 

Iraneide Etelvina Lopes, Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá

Concluiu o mestrado em Educação Física na Universidade de Brasília (2014-2016). Atualmente, é professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico no Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Amapá. 

Referências

BRASIL. Lei nº 10.216, de 06 de Abril de 2001. Dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o modelo assistencial em saúde mental. Brasília, DF. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10216.htm. Acesso em: 4 mar. 2018.

BRASIL. Portaria nº 3.088, de 23 de dezembro de 2011. Institui a Rede de Atenção Psicossocial para pessoas com sofrimento ou transtorno mental e com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Brasília, DF. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2011/prt3088_23_12_2011_rep.html. Acesso em: 4 mar. 2018.

CARVALHO, Fábio Fortunato Brasil de. Educação física e saúde coletiva: diálogo e aproximação. Corpus et Scientia, Rio de janeiro, v. 8, n. 3, p. 109-126, dez. 2012. Disponível em: http://apl.unisuam.edu.br/revistas/index.php/corpusetscientia/article/view/9

CARVALHO, Fábio Fortunato Brasil de; NOGUEIRA, Júlia Aparecida Devidé. Práticas corporais e atividades físicas na perspectiva da Promoção da Saúde na Atenção Básica. Ciência e Saúde Coletiva, v. 21, n. 6, p. 1829-1838, 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000601829

CONCEIÇÃO, Mirian Ribeiro; MORAES, Cássio Couto; FRANCHINI, Michelle Lisidati. Políticas públicas de saúde, atenção primária e interdisciplinaridade - a produção de cuidado nas práticas corporais. Caderno de educação, saúde e fisioterapia. v.1, n.1, p. 7-12, 2014. Disponível em: http://revista.redeunida.org.br/ojs/index.php/cadernos-educacao-saude-fisioter/article/view/5

COSTA, Pedro Henrique Antunes; COLUGNATI, Fernando Antonio Basile; RONZANI, Telmo Mota. Avaliação de serviços em saúde mental no Brasil: revisão sistemática da literatura. Ciência & Saúde coletiva, v. 20, n. 10, p. 3243-3253, 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=s1413-81232015001003243&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 18 set. 2018.

DAMICO, José Geraldo Soares; KNUTT, Alan Goularte. O des(encontro) das práticas corporais e atividade física: Hibridizações e borramentos no campo da saúde. Revista Movimento, Porto Alegre, v. 20, n. 1, p. 329-350, jan/mar de 2014. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/39474/28355

FURTADO, Roberto Pereira; OLIVEIRA, Marcos Flávio Mércio de; SOUSA, Marcel Farias de; VIEIRA, Patrícia Santiago; NEVES, Ricardo Lira de Rezende; RIOS, Gleyson Batista; SIMON, William de Jesus. O trabalho do professor de Educação Física no CAPS: aproximações iniciais. Revista Movimento, Porto alegre, v. 21, n. 1, p. 41-52, jan./mar. 2015. Disponível em: www.seer.ufrgs.br/Movimento/article/download/43457/33331. Acesso em: 03 out. 2017.

FURTADO, Roberto Pereira; CAVALARI NETO, Ranulfo; RIOS, Gleyson Batista; MARTINEZ, éssica Félix Nicácio; OLIVEIRA, Marcos Flávio Mércio de. Educação física e saúde mental: uma análise da rotina de trabalho dos profissionais dos caps de Goiânia, Revista Movimento, v. 22, n. 4, p. 1077- 1090, out./dez., 2016. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/62158. Acesso em: 30 ago. 2018.

GUARDA, Flávio Barros da; SILVA, Rafaela Niels da, ARAÚJO JÚNIOR, José Luiz, SANTANA, Paulo Roberto, SANTOS NETO, Pedro Miguel dos. Incorporação e contribuições dos profissionais de educação física ao Sistema Único de Saúde do Brasil. Revista eletrônica tempus Actas de Saúde Coletiva, v. 8, n. 3, p. 185-96, 2014. Disponível em: http://www.tempusactas.unb.br/index.php/tempus/article/view/1573. Acesso em: 18 set. 2018.

HIRDES, Alice. A reforma psiquiátrica no brasil: uma (re)visão. Ciência & Saúde coletiva, v. 14, n. 1, p. 297-305, 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=s1413-81232009000100036&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 12 set. 2018.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Cidades@ [Sistema agregador de informações do IBGE]: Ceará. Aracati. Disponível em: http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?codmun=230110. Acesso em: 21 ago. 2017.

MATOS, Robson Kleber de Souza; SANTOS, Gisele Martins dos; ROCHA, Rodrigo Marques Batista; ATHAYDE, Aldenise de Freitas; BRANDÃO, Viviane Bernadeth Granda. Projeto terapêutico singular no centro de atenção psicossocial (Caps II). Revista Intercâmbio, v. 9, p. 111-130, 2017. Disponível em: http://www.intercambio.unimontes.br/index.php/intercambio/article/view/163

MENDES, Valéria Monteiro; CARVALHO, Yara Maria de. Sem começo e sem fim ... com as práticas corporais e a Clínica Ampliada. Interface- comunicação, saúde, educação. v. 19, n. 54, p. 603-613, 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-32832015000300603&script=sci_abstract&tlng=pt

NOGUEIRA, Júlia Aparecida Devidé; BOSI, Maria Lúcia Magalhães. Saúde Coletiva e Educação Física: distanciamentos e interfaces. Ciência & Saúde Coletiva, v. 22, p. 1913-1922, 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-81232017002601913&script=sci_abstract&tlng=pt

PITTA, Ana Maria Fernandes; COUTINHO, Domingos Macedo; ROCHA, Clarissa Carvalho Moura. Direitos humanos nos Centros de Atenção Psicossocial do Nordeste do Brasil: um estudo de avaliação, tendo como referência o QualityRights - WHO. Saúde em debate, Rio de Janeiro, v. 39, n. 106, p. 760-771, jul./set.2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-11042015000300760&script=sci_abstract&tlng=pt Acesso em: 20 ago. 2018.

PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO. Movimento é vida! atividades físicas e esportivas para todas as pessoas: relatório nacional de desenvolvimento humano do Brasil. Brasília: PNUD, 2017. Disponível em: http://movimentoevida.org/

QUINDERE, Paulo Henrique Dias; JORGE, Maria Salete Bessa; FRANCO, Túlio Batista. Rede de atenção psicossocial: qual o lugar da saúde mental? Physis Revista de Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 24, n. 1, p. 253-271, 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=s0103-73312014000100253&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 18 set. 2018.

SANTOS, Fernando Teixeira dos; ALBUQUERQUE, Mariana Pelizer. O papel desinstitucionalizador da educação física na saúde mental, Motrivivência, v. 26, n. 42, p. 281-292, jun. 2014. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/.../2175-8042.2014v26n42p281. Acesso em: 29 set. 2018.

SÍCOLI, Juliana Lordello; NASCIMENTO, Paulo Roberto do. Promoção de saúde: concepções, princípios e operacionalização. Interface-Comunicação, Saúde, Educação, v. 7, p. 101-122, 2003. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=s1414-32832003000100008&script=sci_abstract&tlng=pt

SILVA, Ana Márcia. Entre o corpo e as práticas corporais. Revista arquivos em movimento, Rio de janeiro, v. 10, n. 1, p. 5-21, jan./jun. 2014. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/am/article/view/9228. Acesso em: 01 nov. 2017.

Downloads

Publicado

2020-03-01

Como Citar

ANDRADE, C. C. .; LOPES, I. E. Práticas corporais e suas relações com a saúde mental: percepções dos usuários do CAPS de Aracati/CE. Conexões, Campinas, SP, v. 17, p. e019028, 2020. DOI: 10.20396/conex.v17i0.8656684. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8656684. Acesso em: 6 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigo Original