Banner Portal
A praxiologia motriz e suas contribuições ao debate científico da educação física
PDF Português
PDF (Español (España))

Palavras-chave

Praxiologia motriz
Educação física
Ciência
Artigos
Conhecimento

Como Citar

BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; RIBAS, João Francisco Magno; SARAVÍ, Jorge Ricardo. A praxiologia motriz e suas contribuições ao debate científico da educação física. Conexões, Campinas, SP, v. 18, p. e020032, 2020. DOI: 10.20396/conex.v18i0.8661256. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8661256. Acesso em: 14 abr. 2024.

Resumo

Apresentamos o Dossiê “Praxiologia Motriz - contribuições para a Educação Física”, publicado pela revista Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde no volume 19 (2020). A Praxiologia Motriz - definida por Pierre Parlebas como ciência da ação motriz -, atualmente fundamenta múltiplas investigações científicas e realiza valiosas contribuições ao campo da Educação Física. Com base nesse marco teórico, há mais de uma década, diferentes produções de qualidade, vêm ampliando as colaborações e renovando o interesse dos estudiosos. Este número temático é a expressão e o reflexo de distintos olhares e enfoques dos estudos científicos da área. Depois de uma breve revisão histórica, na qual são considerados alguns fatos relevantes, se apresentam os vinte e três artigos do Dossiê, produto do trabalho de quarenta e cinco autores/coautores que representam sete países diferentes. Por razão desta apresentação, se agrupou os textos em três grandes eixos: artigos que se dedicam a analisar aspectos conceituais e sua articulação com o campo da Educação Física; outros que abordam o debate e a sistematização do trabalho pedagógico e da didática; e por último, textos que tratam do estudo da lógica interna das práticas corporais. O conjunto de artigos registrados neste dossiê representa um vivo testemunho da amplitude e da diversidade das produções científicas da Praxiologia Motriz. Este panorama permite identificar alguns dos desafios futuros para sua consolidação na região e possíveis contributos ao debate científico e ao diálogo com a Educação Física.

https://doi.org/10.20396/conex.v18i0.8661256
PDF Português
PDF (Español (España))

Referências

FERREIRA, Lilian Aparecida; RAMOS, Glauco Nunes Souto. (Org). Educação Física escolar e Praxiologia Motriz: compreendendo as práticas corporais. Curitiba: Editora CRV, 2017. Coleção Educação Física: formação para o cotidiano escolar, v. 22.

PARLEBAS, Pierre. Problemas teóricos y crisis actual en la Educación Física. Lecturas: Educación Física y Deportes, Buenos Aires, v. 2, n. 7, Octubre, 1997. Disponível em: https://www.efdeportes.com/efd7/pparl7.htm

PARLEBAS, Pierre. Activités physiques et éducation motrice. Dossier EPS 4, v. 27, p. 60-75. Paris, Éditions Revue Éducation Physique et Sport, 1990.

PARLEBAS, Pierre. La aventura praxiológica: ciencia, acción y educación física. Traductor y editor Raul Martinez de Santos. Junta de Andalucía, Consejería de Turismo y Deporte, 2017.

RIBAS, João Francisco Magno (Org.). Praxiologia Motriz na América Latina. Aportes para a didática na Educação Física. Ijuí: Editorial Unijuí, 2017. Coleção Educação Física.

RIBAS, João Francisco Magno; FRANCO, Flávia. Praxiologia Motriz e a organização do trabalho pedagógico e da didática na Educação Física: Entrevista com Pierre Parlebas, professor da Universidade Paris Descartes (Paris V – Sorbonne Cité). Movimento (ESEFID/UFRGS), Porto Alegre, v. 26, p. e26008, 2020. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/94580. Acesso em: 28 ago. 2020.

RUFFINO, J. D. Análisis Praxiologico del Rugby. Estudio del núcleo táctico. Tucumán: Edición de la Facultad de Educación Física, Universidad Nacional de Tucumán, 2007.

SARAVÍ, Jorge Ricardo. A praxiologia motriz: presente, passado e futuro. Entrevista com Pierre Parlebas. Movimento (ESEFID/UFRGS), Porto Alegre, v. 18, n. 1, p. 11-35, jan./mar., 2012. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/27065. Acesso em: 28 ago. 2020.

O periódico Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.