Banner Portal
Resgate histórico das pioneiras mestras de capoeira no Brasil
capa 2023 com foto das primeiras edições da revista impressas
PDF

Palavras-chave

Capoeira
Mulheres
Mestras

Como Citar

FRANÇA, Ábia Lima de. Resgate histórico das pioneiras mestras de capoeira no Brasil. Conexões, Campinas, SP, v. 21, n. 00, p. e023033, 2024. DOI: 10.20396/conex.v21i00.8674321. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8674321. Acesso em: 26 maio. 2024.

Resumo

Objetivo: A pesquisa buscou resgatar a história das primeiras mestras de capoeira no Brasil. Metodologia: Trata-se de um estudo, de natureza qualitativa, do tipo documental. O mapeamento das mestras de capoeira ocorreu por intermédio de distintas fontes como: livros, filmes, redes sociais, artigos científicos, dissertações e teses sobre a capoeira. Resultados e discussão: De um total de 296 mestras de capoeira, que estão espalhadas pelo Brasil e fora dele, foi possível identificar três mestras, como possíveis pioneiras, quais sejam: Tonha Rolo do Mar, Sandrinha e Cigana. A Mestra Tonha Rolo do Mar (in memoriam) ensinou o Mestre Cobrinha Verde a jogar a navalha no cordão, nas mãos e nos pés, em Santo Amaro (BA), mudou-se para o bairro do Tomba, em Feira de Santana (BA), e não há mais notícias sobre ela; a Mestra Sandrinha nascida em 1959, no Rio de Janeiro (RJ), lecionou no Grupo Bantus de Capoeira, fundado pelo Mestre Roque, e participou de shows com o Grupo Sabata, foi reconhecida mestra na década de 1970. Já a Mestra Cigana, Fátima Colombiano, nasceu em 1956 em Volta Redonda (RJ). Ela iniciou na capoeira em 1970, no estado do Pará, com o Mestre Bezerra; cinco anos depois, conheceu o Mestre Canjiquinha em São Paulo, e foi para Salvador (BA) treinar com ele, sendo consagrada mestra em 1980. Ela é responsável pela Associação de Mestre Canjiquinha em Volta Redonda e pela formação das Mestras Luana e Arara em seu estado natal. Considerações finais: As mestras têm colaborado para a manutenção da capoeira e têm conquistado seus espaços dentro e fora dessa manifestação cultural.

https://doi.org/10.20396/conex.v21i00.8674321
PDF

Referências

ARAS, Lina Maria Brandão de; OLIVEIRA, Josivaldo Pires de. Sob a pena da lei: mulheres pobres e marginais. Politeia: História e Sociedade, Vitória da Conquista, v. 3, n. 1, p. 163-174, 2003. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/politeia/article/view/3941/3245. Acesso em: 31 jul. 2023.

ARAÚJO, Pâmela Figueiredo de; SOUZA, Mauro José; MARANI, Vitor Hugo. Corpo, Gênero e Capoeira: Experiências Autoetnográficas a partir dos Estudos Culturais Físicos. Licere - Revista Do Programa De Pós-graduação Interdisciplinar Em Estudos Do Lazer, v. 25, n. 1, p. 343–368, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/licere/article/view/39109/30199. Acesso em: 31 jul. 2023.

ARAÚJO, Rosângela Costa. Iê, viva meu mestre: a capoeira angola da ‘escola pastiniana’ como práxis educativa. 2004. 272 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004.

BELTRÃO, Mônica. Das mulheres desordeiras, valentes e capoeiras. Campina Grande: Plural, 2021.

BORGES, Joacelmo Barbosa; GRANDO, Beleni Saléte. Os desafios da mestria em capoeira: as barreiras para a mulher ser mestra. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 8, n. 10, p. 68703-68715, 2022. Disponível em: https://ojs.brazilianjournals.com.br/ojs/index.php/BRJD/article/view/53394/39681. Acesso em: 31 jul. 2023.

BOSI, Ecléa. Memória e sociedade: lembranças de velhos. São Paulo: T. A Queiroz, 1979.

CELLARD, André. A Análise Documental. In: POUPART, Jean, Deslauriers, Jean-Pierre; Groulx, Lionel-H; Laperrière, Anne; Mayer, Robert; Pires, Álvaro; Jaccoud, Mylène; Cellard, André; Houle, Gilles; Giorgi, Amedeo; Kérisit, Michèle (Orgs.). A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008. p. 295-316.

FIALHO, Paula Juliana Foltran. Mulheres incorrigíveis: capoeiragem, desordem e valentia nas ladeiras da Bahia (1900 – 1920). 2019. 301 f. Tese (Doutorado em História) — Faculdade de História, Universidade de Brasília, Brasília, DF, 2019.

FIRMINO, Camila Rocha. Capoeiras: gênero e hierarquias em jogo. 2011. 111 f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) Faculdade de Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, SP, 2011.

FALCÃO, José Luiz Cirqueira. Do Brasil para o mundo: a prática corporal da capoeira na articulação de processos formais e não-formais de educação. Revista Tempos e Espaços em Educação, São Cristóvão, Sergipe, Brasil, v. 11, n. 24, p. 73 – 86, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufs.br/revtee/article/view/7642/pdf. Acesso em: 31 jul. 2023.

FRANÇA, Ábia Lima de. O protagonismo da mulher nas produções científicas sobre capoeira como temática. Revista Ibamò, Rio de Janeiro, v. 1, n. 1, p. 90-103, 2018. Disponível em: https://mariasfelipas.files.wordpress.com/2020/03/franc387a-c381bia-lima-de.-o-protagonismo-da-mulher-nas-produc387c395es-cientc38dficas-sobre-capoeira-como-temc381tica.pdf. Acesso em: 31 jul. 2023.

FRANÇA, Ábia Lima de. Trajetórias formativas e registros biográficos de mestras de capoeira. 2021. 299f. Tese (Doutorado em Educação e Contemporaneidade) - Faculdade de Educação, Universidade do Estado da Bahia, Salvador, BA, 2021.

FRANÇA, Ábia Lima de. Mapeamento de mestras de capoeira. In: MELO, Renata Santos (Org.). Mulheres potentes: a escrita como ferramenta de denúncia, resistência e empoderamento. Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos da Universidade Federal da Bahia. 2022. p. 7-13.

FRANÇA, Ábia Lima de. Mapeamento de mestras de capoeira que atuam no Brasil e Exterior em jogo. In: SIMPÓSIO SOBRE INTERNACIONALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO, 1. 2019, Salvador. Anais [...]. Salvador: Faced/UFBA, 2019. (Banner). Mimeo.

FRANÇA, Ábia Lima de; GUEDES, Josenice dos Santos. A (in)visibilidade da mulher em jogo: mapeamento de mestras de capoeira. In: SEMINÁRIO GRIÔ, 2. 2017, Salvador. Anais [...]. Salvador: Faced/UFBA, 2017. (Comunicação oral). Mimeo.

FRANÇA, Ábia Lima de; SANTOS, Elis Souza dos. Mulher, mãe e capoeira: interseccionalidades em jogo. Revista de Humanidades e Letras, v. 1, n. 1, 2022, p. 5-26.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Vértice, 1968.

LIMA, Ana Carolina Lacorte. O Ofício Educador do Mestre de Capoeira. 2021. 110p. Dissertação (Mestrado em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares) - Instituto de Educação/Instituto Multidisciplinar, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica/Nova Iguaçu, RJ, 2021.

MARTINS, Sama Escobar; LUIZ, Maria Eduarda Tomaz; FRANZONI, Wihanna de Castro Cardozo; TAVARES, Laís Mendes; MARINHO, Alcyane. Um olhar feminino sobre a mestria e a participação da mulher na Capoeira da Grande Florianópolis. Licere, Belo Horizonte, v. 24, n. 1, p. 385-407, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/licere/article/view/31340/24955. Acesso em: 31 jul. 2023.

MAXWELL, Mestre. Tributo aos Mestres. Londres: Arts Book, 2019.

Mestra Sandrinha. A mulher na roda de capoeira. Revista de Artes Marciais Dô, n. 10, p. 22-25, 1979.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec Abrasco, 1992.

MWEWA, Christian Muleka; ACORDI, Leandro de Oliveira; VAZ, Alexandre Fernandez; FERREIRA, Juliani Lucinda Caldeira. Mulheres na capoeira: afirmações, culturas, corpos. Criar Educação, v. 12, n. 2, p. 138-161, 2023. Disponível em: https://periodicos.unesc.net/ojs/index.php/criaredu/article/view/8159/6735. Acesso em: 31 jul. 2023.

OLIVEIRA, Josivaldo Pires de; LEAL, Luiz Augusto Pinheiro. Capoeira, identidade e gênero: ensaios sobre a história social da capoeiragem no Brasil. Salvador: EDUFBA, 2009.

OLIVEIRA, Josivaldo Pires de. Pelas ruas da Bahia: criminalidade e poder no universo dos capoeiras na Salvador republicana (1912-1937). 2004. 150 f. Tese (Mestrado em História) - Faculdade de História, Universidade Federal da Bahia, Salvador, BA, 2004.

PAIVA, Ilnete Porpino de. A capoeira e os mestres. 2007. 166 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Faculdade de Ciências Sociais, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal. RN, 2007.

PERROT, Michelle. Minha história das mulheres. São Paulo: Editora Contexto, 2008.

PINHEIRO, Camila Maria Gomes. Eu vou falar pra dendê tem homem e tem mulher: o feminismo angoleiro e as mudanças nas tradições. 2018. 123 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) – Faculdade de Ciências Sociais, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.

POGLIA, Marco Antônio Saretta; SALOM, Júlio Souto; CHURRASCO, Mestre. Jogo de dentro, jogo de fora: o encontro dos saberes da UFRGS e a capoeira de Mestre Churrasco. Revista Mundaú, n. 9, p. 146-167, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.28998/rm.2020.n.9.11015. Acesso em: 31 jul. 2023.

SALVATICI, Silvia. Memórias de gênero: reflexões sobre a história oral de mulheres. História Oral - ABHO, Rio de Janeiro, v. 8, n. 1, p. 29-42, 2005. Disponível em: https://www.revista.historiaoral.org.br/index.php/rho/article/view/114/109. Acesso em: 31 jul. 2023.

SANTOS, Marcelino dos. Capoeira e mandingas: Cobrinha Verde. Salvador: A Rasteira, 1991.

SILVA, Maria Zeneide Gomes da. Movimento capoeira mulher: saberes ancestrais e a práxis feminista no século XXI em Belém do Pará. 2017. 198 f. Dissertação (Mestrado em Educação e Cultura) - Faculdade de Educação, Universidade Federal do Pará, Cametá, PA, 2017.

SILVA, Ana Beatriz Matilde da. Mulheres na capoeira: resistência dentro e fora da roda. 2019. 125 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Federal de São Carlos, São Paulo, SP, 2019.

SOUZA, Eliane Glória Reis da Silva; DEVIDE, Fabiano Pries. Capoeira regional: representações sociais das mestras e formandas sobre sua inserção e atuação no ensino da luta no Rio de Janeiro. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 17; CONGRESSO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, 4. 2011, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: CBCE, 2011. p. 1-14. Disponível em: https://cev.org.br/eventos/xvii-conbrace-iv-conice/. Acesso em: 31 jul. 2023.

ZIMMERMANN, Tânia, MEDEIROS, Márcia Maria de; BARRIZO, Henning. Apontamentos sobre as relações de gênero em rodas de capoeira em Amambai/MS. Cadernos do CEOM, v. 30, n. 46, p. 63-72, 2017. Disponível em: https://bell.unochapeco.edu.br/revistas/index.php/rcc/article/view/3406. Acesso em: 31 jul. 2023.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Conexões

Downloads

Não há dados estatísticos.