Proposta integrada de acessibilidade e design de interior: estudo de caso em ambiente de supermercado

Autores

  • Marco Antonio Rossi Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação. Universidade Estadual Paulista.
  • Bruna de Brito Prado Curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação. Universidade Estadual Paulista.
  • Juliana Cavalini Martins Curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação. Universidade Estadual Paulista.
  • Laís Bim Romero Curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação. Universidade Estadual Paulista.

DOI:

https://doi.org/10.20396/parc.v1i5.8634495

Palavras-chave:

Design de interiores. Projeto arquitetônico. Desenho universal. Acessibilidade.

Resumo

Pessoas com limitações temporárias, dificuldades de locomoção, cadeirantes, crianças e idosos percebem e utilizam os espaços de diferentes maneiras. Para que isso ocorra, devem-se elaborar projetos arquitetônicos associados ao design de interiores, a fim de tornar esses espaços, sejam eles públicos ou privados, acessíveis a todos ou a maior quantidade de usuários possíveis. O design de interiores representa o contato mais direto entre os usuários e a arquitetura. É através dele que as pessoas interpretam as funções e sensações de determinado ambiente. É aqui que se insere o conceito de desenho universal, responsável por permitir que o usuário utilize os ambientes sem o tratamento discriminatório que a falta de acessibilidade nos edifícios provoca. No design de interiores de supermercado, tema desenvolvido neste artigo, foram aplicados os conceitos de desenho universal com o objetivo de aperfeiçoar o pouco espaço disponível para exposição dos produtos no estabelecimento e garantir a acessibilidade dos clientes. Quanto ao projeto arquitetônico, adotaram-se características similares aos armazéns de antigamente, com a aplicação de materiais rústicos. Essa identidade do projeto deu-se devido às preferências do público-alvo encontrado na cidade de Lucianópolis - SP, onde se localiza o supermercado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marco Antonio Rossi, Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação. Universidade Estadual Paulista.

Designer Industrial pela Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação FAAC-UNESP, mestre em Desenho Industrial pelo Programa de Pós-Graduação em Design da FAAC-UNESP, doutor em Agronomia pela Faculdade de Ciências Agronômicas FCA-UNESP, professor assistente doutor da FAAC-UNESP.

Bruna de Brito Prado, Curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação. Universidade Estadual Paulista.

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação FAAC-UNESP

Juliana Cavalini Martins, Curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação. Universidade Estadual Paulista.

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação FAAC-UNESP

Laís Bim Romero, Curso de Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação. Universidade Estadual Paulista.

Graduanda em Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação FAAC-UNESP

Downloads

Publicado

2010-11-01

Como Citar

ROSSI, M. A.; PRADO, B. de B.; MARTINS, J. C.; ROMERO, L. B. Proposta integrada de acessibilidade e design de interior: estudo de caso em ambiente de supermercado. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, SP, v. 1, n. 5, p. 59-82, 2010. DOI: 10.20396/parc.v1i5.8634495. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8634495. Acesso em: 31 out. 2020.