Banner Portal
Esboços e modelos como ferramentas úteis no projeto arquitetônico na fase de concepção: contribuições da psicologia cognitiva e da abordagem BIM
PDF

Palavras-chave

Representação do Projeto. Processo de Projeto arquitetônico. Criatividade.

Como Citar

KIATAKE, Marly; PETRECHE, João Roberto Diego; FEREIRA, Sergio Leal. Esboços e modelos como ferramentas úteis no projeto arquitetônico na fase de concepção: contribuições da psicologia cognitiva e da abordagem BIM. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, SP, v. 2, n. 7, p. 80–97, 2011. DOI: 10.20396/parc.v2i7.8634584. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8634584. Acesso em: 19 maio. 2024.

Resumo

A partir da definição das formas de representação como instrumentos mediadores da criação, conceitua-se projeto como uma atividade essencialmente criativa e dependente de processamentos complexos de representações da mente. Os avanços tecnológicos têm permitido o uso de ferramentas inovadoras de auxílio ao processo de projeto também na fase de concepção. Este artigo discute essas ferramentas e faz uma classificação dos tipos de instrumentos voltados ao suporte do projeto arquitetônico, focando especialmente a fase de concepção, onde a atividade projetual depende não apenas da representação gráfica como também de conteúdos conceituais.

https://doi.org/10.20396/parc.v2i7.8634584
PDF

A PARC Pesquida em Arquitetura e Construção utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.