A celebração da utopia contemporânea do capitalismo

Autores

  • Renata Latuf de Oliveira Sanchez Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/parc.v2i7.8634588

Palavras-chave:

Utopia. Disney. Novo Urbanismo. Pós-Modernidade.

Resumo

Os anos 1960 e 1970 foram marcados por uma crítica à urbanidade existente através da arquitetura experimental, super focada em tecnologia e computação; já os anos 80 e 90, quando um modelo de cidade contemporâneo se consolidava, deram lugar ao surgimento de uma nova discussão baseada no valor da história e cultura local, com forte apelo nostálgico: o Novo Urbanismo. Pode-se considerar tanto a arquitetura experimental quanto o Novo Urbanismo formas de utopia arquitetônica; no entanto, a última, apesar de não ter muitos exemplos, é uma utopia provável e consolidada, totalmente inserida no capitalismo. E é por isso que consegue progredir dentro de cada cidade idealizada. Proponho neste trabalho estudar a urbanidade criada por Walt Disney e sua Empresa, tanto na questão dos parques temáticos, mas principalmente na cidade de Celebration, FL, USA, dentro do conceito de Novo Urbanismo e também no contexto das “ressemantizações” do pós-modernismo designadas por Manfredo Tafuri. Mostrá-la como um exemplo que, ao contrário de utopias dos anos 60, baseadas em arquitetura experimental de aspecto tecnológico exacerbado, constitui-se em nova linguagem arquitetônica, ainda que irreal. Ainda, entendê-la como um projeto baseado nos princípios de uma Empresa, e também como reprodução em escala maior de uma ideia do gênio Walt Disney, que pensava na urbanidade de seus parques temáticos a fim de criar locais em que se estabelecessem relações diferentes daquelas das cidades de seu tempo, locais que estimulassem percepções e sensações únicas, afetando inclusive a psicologia de seus visitantes, transformando o que se entende por uma cidade típica do século XX – ideia essa transmitida da Main Street fictícia para uma Main Street real. Pretende-se enfatizar principalmente a relação de Celebration com o sistema capitalista de consumo, relacionado ao discurso de Tafuri, bem como sua validação como cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Latuf de Oliveira Sanchez, Universidade Estadual de Campinas

Estudante do quinto semestre do Curso de Graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Downloads

Publicado

2011-10-31

Como Citar

SANCHEZ, R. L. de O. A celebração da utopia contemporânea do capitalismo. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, SP, v. 2, n. 7, p. 174–194, 2011. DOI: 10.20396/parc.v2i7.8634588. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8634588. Acesso em: 4 out. 2022.