O procedimento de análise em projeto: do programa arquitetônico à avaliação de edifícios

Autores

  • Daniel de Carvalho Moreira universidade Estadual de Campinas
  • Regina Coeli Ruschel Universidade Estadual de Campinas.

DOI:

https://doi.org/10.20396/parc.v6i2.8641793

Palavras-chave:

Análise. Programa de necessidades. Intervenção. Construção.

Resumo

Testemunho da permanência das ideias descritas em o “Discurso do Método”, as iniciativas de arquitetos e engenheiros da década de 1960 em estabelecer uma base científica para os estudos em processo de projeto partiram da mesma tríade. Ainda hoje, as etapas de análise, síntese e avaliação regem os processos de concepção de objetos e de edifícios e permitem elucidar a ação do projetista durante o processo de projeto. O primeiro movimento em projeto é o da análise, onde são identificadas as partes que constituem o contexto em que ocorre a intervenção do projetista ou as partes daquilo que será a forma proposta. Independentemente da primeira ação permitir a compreensão da situação ou dar início ao desenvolvimento do produto, ela é inequivocamente uma análise. Este número da PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção apresenta artigos que abordam o procedimento de análise em projeto, abrangendo do programa arquitetônico à avaliação da edificação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel de Carvalho Moreira, universidade Estadual de Campinas

Arquiteto. Doutor em Engenharia Civil (UNICAMP). Professor Doutor II (UNICAMP).

Regina Coeli Ruschel, Universidade Estadual de Campinas.

Engenheira Civil. Doutor em Engenharia Elétrica e da Computação (UNICAMP). Livre Docente em Projeto Auxiliado por Computador (UNICAMP)

Referências

ANDRADE, Max L. V. X. de; RUSCHEL, Regina Coeli; MOREIRA, Daniel de Carvalho. O processo e os métodos. In: KOWALTOWSKI, D.C.C.K.; MOREIRA, D.C.; PETRECHE, J.R.D.; FABRICIO, M.M.. (Org.). O processo de projeto em arquitetura: da teoria à tecnologia. 1ed. São Paulo: Oficina de Textos, 2011, p. 80-100.

BELTRAMIN, Renata Maria Geraldini. Caracterização e sistematização de quatro modelos de análise gráfica: Clark, Pause, Ching, Baker e Unwin. 2015. 148 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Campinas, SP.

DESCARTES, Renè. Discurso do Método. In: DESCARTES - Vida e Obra. São Paulo: Nova Cultural, 2004, p. 33–100. (Os Pensadores, 11).

JONES, John Christopher. A Method of Systematic Design. In: JONES, J. C. e THORNLEY, D. G. (Ed.). Conference on design methods. Oxford: Pergamon Press, 1963, p. 53-73.

MOREIRA, Daniel de Carvalho. Os princípios da síntese da forma e a análise de projetos arquitetônicos. 2007. 351 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo, Campinas, SP.

UNWIN, S. Analysing Architecture. London: Routledge, 1997.

VAN DER VOORDT, Theo J. M; VAN WEGEN, Herman B. R. Arquitetura sob o olhar do usuário: programa de necessidades, projeto e avaliação de edificações. São Paulo: Oficina de Textos, 2013.

Downloads

Publicado

2015-06-30

Como Citar

MOREIRA, D. de C.; RUSCHEL, R. C. O procedimento de análise em projeto: do programa arquitetônico à avaliação de edifícios. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, SP, v. 6, n. 2, p. 69–71, 2015. DOI: 10.20396/parc.v6i2.8641793. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8641793. Acesso em: 25 jun. 2022.

Edição

Seção

Editorial

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>