Classificação e distribuição de Requisições De Informação baseadas em BIM: dois estudos de caso de torres residenciais

Autores

  • João Bosco Pinheiro Dantas Filho Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará http://orcid.org/0000-0003-2106-8242
  • Bruno Maciel Angelim FortBIM Engenharia
  • Joana Pimentel Guedes Universidade Federal do Ceará
  • José de Paula Barros Neto Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.20396/parc.v7i2.8646358

Palavras-chave:

Projeto e Construção Virtual. Requisições de informação. Modelagem da Informação da Construção. BIM. Coordenação de projetos. Coordenação 3D. Prototipagem virtual

Resumo

Requisição de Informação (RFI) é uma ferramenta de comunicação para facilitar a resolução de, ou para esclarecer, questões de execução da construção. Tradicionalmente, as equipes de construção geram RFIs, mas com o BIM estas são antecipadas sendo geradas antes da construção pelos projetistas. O objetivo deste estudo é melhorar a compreensão de como os conflitos de projeto acontecem através da lente das Requisições de Informação e motivar uma abordagem de revisão proativa do projeto. O estudo foi desenvolvido como um estudo de caso caracterizando a distribuição e classificação de RFI no projeto de torres residenciais usando a abordagem de Projeto e Construção Virtual (VDC). Foram realizadas entrevistas semiestruturadas com o coordenador da equipe de construção virtual. As entrevistas foram transcritas e transformadas em mapa de processo, especialmente, explicitando como a Requisição de Informação foi gerada e como ocorre a interação entre os participantes. A análise documental foi realizada em modelos de coordenação caracterizando o tipo de RFI, sua localização e distribuição quantitativa entre disciplinas de projeto. O mapa de processo de projeto desenhado mostra um VDC parcialmente implementado onde o projeto é tradicionalmente desenvolvido com ferramentas CAD e se beneficia de um processo de revisão de projeto em BIM com o desenvolvimento de protótipos virtuais e a coordenação 3D. Os padrões de distribuição de quantidades de RFI denotam onde ocorreu o maior esforço de revisão, expondo a complexidade do projeto. A análise aqui apresentada pode ser aplicada a novas situações que não as estudadas, a fim de promover aprendizagem entre projetos com o VDC e métricas para VDC.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Bosco Pinheiro Dantas Filho, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Graduado em arquitetura e urbanismo na Universidade Federal do Ceará, MBA em Construção Sustentável pela Universidade Paulista e Mestre em Engenharia pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil: Estruturas e Construção Civil (PEC/UFC). Desenvolve pesquisas na área de gerenciamento de empresas e empreendimentos, processo de projeto, Lean Design, Building Information Modeling, virtual design and construction. Autor de trabalhos publicados na Annual Conference of the International Group for Lean Construction, 2016, em Boston; no Encontro Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído, 2016, em São Paulo; na International Conference on Engineering - Engineering for Society, 2015, em Covilhã, Portugal; no Encontro de Tecnologia de Informação e Comunicação na Construção Edificações, Infraestrutura e Cidade: Do BIM ao CIM, 2015, no Recife; e no World Congress on Housing Science: Sustainable Housing Construction, em Funchal, Madeira, Portugal, 2014. Atuou como professor dos cursos de Arquitetura e Urbanismo e de Engenharia Civil da Faculdade DeVry Fanor. Arquiteto e Urbanista do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE e Consultor parceiro do GBFOR. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase nas áreas de Projeto Arquitetônico, licitação, elaboração de orçamento, execução, fiscalização e condução de obras públicas.

Bruno Maciel Angelim, FortBIM Engenharia

Engenheiro civil. Especialista em gestão de projetos de engenharia.

Joana Pimentel Guedes, Universidade Federal do Ceará

Arquiteta Urbanista.

José de Paula Barros Neto, Universidade Federal do Ceará

Possui graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal do Ceará (1989), especialização em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Ceará (1992), mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal Fluminense (1991) e doutorado em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1999). Atualmente está realizando Estágio-Pós-Doutoral na University of Texas at Austin, com apoio da CAPES. Professor Titular da Universidade Federal do Ceará; Vice-Presidente da Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído (ANTAC); Ex-Diretor do Centro de Tecnologia/UFC. Professor do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Administração e Controladoria (PPAC) e do Mestrado em Estruturas e Construção Civil (PEC). Ex-Diretor-Presidente da Associação Técnico-Científica Paulo de Frontin; Coordenador Geral do Grupo de Pesquisa e Assessoria em Gerenciamento da Construção Civil (GERCON); Coordenador técnico do Programa de Inovação da Construção Civil do Ceará (INOVACON). Pesquisador e consultor ad hoc (FINEP, FUNCAP e CNPq); Coordenador de vários eventos nacionais e internacionais (SIBRAGEC, CONENX, ENTAC, IGLC). Avaliador de artigos para vários periódicos (RAE, Ambiente Construído, Alcance, Contextus, Gestão e Produção) e anais de congresso (SIBRAGEC, ENTAC, ENEGEP, ENANPAD, SIMPOI). Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Administração da Produção, atuando principalmente nos seguintes temas: construção civil, construção enxuta, estratégia de produção, estratégia empresarial e pequenas empresas.

Referências

AL HATTAB, M.; HAMZEH, F. Using social network theory and simulation to compare traditional versus BIM–lean practice for design error management. Automation in Construction, v. 52, p. 59–69, abr. 2015. Disponível em: http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0926580515000333. Acesso em: 4 jan. 2016.

AL HATTAB, M.; HAMZEH, F. R. Information flow comparison between traditional and BIM-based projects in the design phase. Proceedings for the 21st Annual Conference of the International Group for Lean Construction, n. June 2015, p. 761–770, 2013. Disponível em: https://www.dropbox.com/s/ztfesa6s7anq1na/HATTAB HAMZEH 2013 Information flow comparison between traditional and BIM-based projects in the .pdf.

ANTUNES, C. E.; SCHEER, S. Requisitos de informação e mapas do processo de projeto de estruturas em concreto armado: um estudo de caso utilizando a metodologia IDM. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, v. 5, n. 1, p. 18–34, 2014. Disponível em: http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8634541/2462.

ARAM, S.; EASTMAN, C.; SACKS, R. Requirements for BIM platforms in the concrete reinforcement supply chain. Automation in Construction, v. 35, p. 1–17, nov. 2013. Disponível em: http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S092658051300023X. Acesso em: 23 ago. 2015.

AZHAR, S.; NADEEM, A.; MOK, J. Y.; LEUNG, B. H. Building Information Modeling (BIM): A new paradigm for visual interactive modeling and simulation for construction projects. In: Proc., First International Conference on Construction in Developing Countries, Karachi, Pakistan. Anais... Karachi, Pakistan: 2008. Disponível em: http://goo.gl/iBbPf7.p.435–446

BELLAN, M.; FABRICIO, M. M. Práticas e ferramentas gerenciais de apoio a integração e coordenação de projetos. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, v. 1, n. 5, p. 27, 2010. Disponível em: http://www.fec.unicamp.br/~parc/vol1/n5/vol1-n5-BELLAN-FABRICIO.pdf.

BIOTTO, C. N.; FORMOSO, C. T.; ISATTO, E. L. O Uso da Modelagem BIM 4D no Projeto e Gestão de Sistemas de Produção em Empreendimentos de Construção. Ambiente Construído, v. 15, n. 2, p. 65–77, 2015. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/index.php/ambienteconstruido/article/view/38333.

BRITO, D. M. De; ANDRADE, E. De; FERREIRA, M. Avaliação de estratégias para representação e análise do planejamento e controle de obras utilizando modelos BIM 4D. Ambiente Construído, v. 15, p. 203–223, 2015. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/s1678-86212015000400047.

BUILDINGSMART. Information Delivery Manual Guide to Components and Development Methods. buildingSMART, p. 1–84, 2010.

CHEN, L.; LUO, H. A BIM-based construction quality management model and its applications. Automation in Construction, v. 46, p. 64–73, 2014. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.autcon.2014.05.009.

CHIN, C. Work-in-Process and Construction Project Information Flows. In: Proceedings for the 17th Annual Conference of the International Group for Lean Construction, Table 1, Taipei, Taiwan. Anais... Taipei, Taiwan: 2009. Disponível em: http://www.iglc.net/Papers/Details/629.p.257–266

CHUA, D. K. H.; YEOH, J. K. W. Understanding the Science of Virtual Design and Construction: What It Takes to Go beyond Building Information Modeling. Computing in Civil Engineering 2015, p. 1, 2015. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1061/9780784407943.

CURT. Collaboration, Integrated Information and the Project Lifecycle in Building Design, Construction and Operation. [s.l: s.n.]. Disponível em: http://codebim.com/wp-content/uploads/2013/06/CurtCollaboration.pdf.

DANTAS FILHO, J. B. P.; ANGELIM, B. M.; GUEDES, J. P.; FARIAS DE CASTRO, M. A.; BARROS NETO, J. de P. Virtual Design and Construction of Plumbing Systems. In: International Conference on engineering - Engineerinf for Society, COVILHÃ. Anais... COVILHÃ: 2015. Disponível em: https://goo.gl/nZeYfV.

DANTAS FILHO, J. B. P.; ANGELIM, B. M.; GUEDES, J. P.; SILVEIRA, S. S.; NETO, J. de P. B. Constructability Analysis of Architecture–Structure Interface Based on BIM. In: 24th Annual Conference of the International Group for Lean Construction, Boston. Anais... Boston: 2016. Disponível em: http://www.iglc.net/papers/details/1273.

DEBS, L. de C. El; FERREIRA, S. L. Diretrizes para processo de projeto de fachadas com painéis pré-fabricados de concreto em ambiente BIM. Ambiente Construído, v. 14, n. 2, p. 41–60, 2014. Disponível em: http://ref.scielo.org/h6ccwm.

DEZAN, W. V. BIM no desenvolvimento de projeto: o caso prático do Centro de Engenharia Molecular e Celular do Centro Infantil Boldrini. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, v. 5, p. 52–61, 2014. Disponível em: http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8634544.

DEZEN-KEMPTER, E.; SOIBELMAN, L.; CHEN, M.; VICTOR, A.; FILHO, M. Escaneamento 3D a laser, fotogrametria e modelagem da informação da construção para gestão e operação de edificações históricas. Gestão e Tecnologia de Projetos, v. 10, n. 2, p. 113–124, 2015. Disponível em: http://dx.doi.org.br/10.11606/gtp.v10i2.102710nhttp://dx.doi.org/10.11606/gtp.v10i2.102710.

EASTMAN, C. M. C.; TEICHOLZ, P.; SACKS, R.; LISTON, K. Bim handbook: a guide to building information modeling for owners, managers, designers, engineers and contractors. 2nd ed. ed. New Jersey: John Wiley & Sons, 2011.

FARINA, H.; COELHO, K. M. Impactos Na Coordenação De Projetos Assistida Pela Modelagem Da Informação Da Construção. In: VII Encontro de Tecnologia de Informação e Comunicação na Construção - Edificações, Infra-estrutura e Cidade: Do BIM ao CIM, 2, Recife. Anais... Recife: 2015. Disponível em: http://www.proceedings.blucher.com.br/article-details/impactos-na-coordenao-de-projetos-assistida-pela-modelagem-da-informao-da-construo-20516.p.61–74

HANLON, E. J.; SANVIDO, V. E. Constructability information classification scheme. Journal of construction engineering and management, v. 121, n. 4, p. 337–345, 1995. Disponível em: http://ascelibrary.org/doi/abs/10.1061/(ASCE)0733-9364(1995)121:4(337).

HUGHES, N.; WELLS, M.; NUTTER, C.; ZACK, J. Impact & control of RFIs on construction projects.Navigant Construction ForumTM. [s.l: s.n.]. Disponível em: http://goo.gl/unXqaU.

JIANG, L.; SOLNOSKY, R.; LEICHT, R. M. Virtual Prototyping for Constructability Review. In: 4th Construction Specialty Conference, Montreal. Anais... Montreal: 2013. Disponível em: https://goo.gl/hTsCEk.p.11

KAM, C.; FISCHER, M. Capitalizing on early project decision-making opportunities to improve facility design, construction, and life-cycle performance - POP, PM4D, and decision dashboard approaches. Automation in Construction, v. 13, n. 1, p. 53–65, 2004.

KEHL, C.; ISATTO, E. L. Barreiras e oportunidades para a verificação automática de regras da produção na fase de projeto com uso da tecnologia BIM. VII Encontro de Tecnologia de Informação e Comunicação na Construção - Edificações, Infra-estrutura e Cidade: Do BIM ao CIM, v. 2, n. 2, p. 13–26, 2015. Disponível em: http://www.proceedings.blucher.com.br/article-details/barreiras-e-oportunidades-para-a-verificao-automtica-de-regras-da-produo-na-fase-de-projeto-com-uso-da-tecnologia-bim-20512.

LEITE, F.; AKCAMETE, A.; AKINCI, B.; ATASOY, G.; KIZILTAS, S. Analysis of modeling effort and impact of different levels of detail in building information models. Automation in Construction, v. 20, n. 5, p. 601–609, 2011. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.autcon.2010.11.027.

LEITE, F.; AKINCI, B.; GARRETT, J. Identification of data items needed for automatic clash detection in MEP design coordination. In: 2009 Construction Research Congress, Anais...2009. Disponível em: http://ascelibrary.org/doi/pdf/10.1061/41020(339)43.p.416–425

LOPEZ, R.; LOVE, P. E. D.; EDWARDS, D. J.; DAVIS, P. R. Design error classification, causation, and prevention in construction engineering. Journal of performance of constructed facilities, v. 24, n. 4, p. 399–408, 2010. Disponível em: https://goo.gl/kw6iyz.

LOVE, P. E. D.; SMITH, J. Error management: implications for construction. Construction Innovation, v. 16, n. 4, p. 418–424, 2016. Disponível em: http://www.emeraldinsight.com/doi/10.1108/CI-01-2016-0001.

MONTEIRO, A.; FERREIRA, R. C.; SANTOS, E. T. Representation Paradigms for Masonry Modulation in Bim Tools. Gestão & Tecnologia de Projetos, v. 4, n. 2, 2009. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/gestaodeprojetos/article/view/50959.

MORORÓ, M. S. de M.; ROMCY, N. M. e S.; CARDOSO, D. R.; BARROS NETO, J. de P. Proposta paramétrica para projetos sustentáveis de Habitação de Interesse Social em ambiente BIM. Ambiente Construído, v. 16, n. 4, p. 27–44, 2016. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/s1678-86212016000400103.

NATH, T.; ATTARZADEH, M.; TIONG, R. L. K.; CHIDAMBARAM, C.; YU, Z. Productivity improvement of precast shop drawings generation through BIM-based process re-engineering. Automation in Construction, v. 54, n. JUNE, p. 54–68, 2015. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.autcon.2015.03.014.

NEIVA NETO, R. D. S.; FARIA, B. L. DE; BIZELLO, S. A. Implantação de BIM em uma construtora de médio porte: caso prático, da modelagem a quantificação. Revista Parc – Pesquisa Em Arquitetura E Construção, v. 5, p. 45–51, 2014. Disponível em: http://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8634543.

NEIVA NETO, R. da S.; RUSCHEL, R. C. BIM aplicado ao projeto de fôrmas de madeira em estrutura de concreto armado. Ambiente Construído, p. 183–201a, 2015. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/s1678-86212015000400046.

OTHMAN, A. A. E. Improving Building Performance through Integrating Constructability in the Design Process. Organization, Technology and Management in Construction: An International Journal, v. 3, n. 2, p. 333–347, 2011. Disponível em: http://www.grad.unizg.hr/otmcj/clanci/vol3_is2/Clanak_6 OTMCJ_2_2011_web-5.pdf.

PENTTILÄ, H. Describing the changes in architectural information technology to understand design complexity and free-form architectural expression. ITCON, v. 11, n. January, p. 395–408, 2006. Disponível em: http://www.itcon.org/2006/29.

RILEY, D.; HORMAN, M. The effects of design coordination on project uncertainty. Proceedings of the 9th Annual Conference of the International Group for Lean Construction (IGLC-9), Singapore, p. 1–8, 2001.

ROMCY, N. M. e S.; CARDOSO, D.; BERTINI, A. A.; PAES, A. Desenvolvimento de aplicativo em ambiente BIM, segundo princípios da Coordenação Modular. Ambiente Construído, v. 14, n. 2, p. 23–39, 2014. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/index.php/ambienteconstruido/article/view/42885.

SACKS, R.; BARAK, R. Quantitative assessment of the impact of 3D modelling of building structures on engineering productivity. In: Joint International Conference on Computing and Decision Making in Civil and Building Engineering, Montréal. Anais... Montréal: 2006. Disponível em: http://goo.gl/MivFaI.p.1186–1195

SUCCAR, B. Building information modelling framework: A research and delivery foundation for industry stakeholders. Automation in Construction, v. 18, n. 3, p. 357–375, 2009. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.autcon.2008.10.003.

TAKAHASHI, A. R. W. Pesquisa qualitativa em administração -fundamentos, métodos e usos no brasil. 1. ed. São Paulo: ATLAS, 2013.

Downloads

Publicado

2016-06-30

Como Citar

DANTAS FILHO, J. B. P.; ANGELIM, B. M.; GUEDES, J. P.; BARROS NETO, J. de P. Classificação e distribuição de Requisições De Informação baseadas em BIM: dois estudos de caso de torres residenciais. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, SP, v. 7, n. 2, p. 75–88, 2016. DOI: 10.20396/parc.v7i2.8646358. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8646358. Acesso em: 30 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos