Banner Portal
Revisões sistemáticas da literatura: parte I
PDF

Palavras-chave

Revisão sistemática da literatura. Flexibilidade em projeto. Henri Lefebvre. Envoltórias verdes. Decaimento sonoro. Elementos perfurados. Cobogós.

Como Citar

NEVES, Leticia de Oliveira; BERNARDINI, Sidney Piochi; RUSCHEL, Regina Coeli; MOREIRA, Daniel de Carvalho. Revisões sistemáticas da literatura: parte I. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, SP, v. 8, n. 3, p. 141–143, 2017. DOI: 10.20396/parc.v8i3.8651561. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8651561. Acesso em: 15 abr. 2024.

Resumo

A PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção realizou, em 2017, uma chamada específica para artigos de Revisão Sistemática da Literatura (RSL). RSLs são estudos secundários com vistas a mapear, encontrar, avaliar criticamente, consolidar e agregar os resultados de estudos primários identificando ênfase, tendências e lacunas de pesquisa. Esta chamada teve grande repercussão, tendo a revista recebido aproximadamente 50 submissões. Desta forma, serão publicados em 2017 dois números especialmente dedicados a RSLs, sendo este denominado de Parte I. Foi também acrescida à revista uma seção para continuamente divulgar este tipo de estudo acadêmico. O presente número apresenta Revisões Sistemáticas da Literatura  realizadas por pesquisadores dos estados brasileiros de São Paulo, Paraná e Mato Grosso. As instituições de origem dos autores abrangem a Universidade Estadual de Campinas, a Universidade de São Paulo, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, a Universidade Federal da Integração Latino-Americana e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso. As áreas de formação envolvidas concentram-se em Arquitetura e Urbanismo interagindo com a Engenharia Civil, Física, Música e Educação Física. As temáticas abordadas são: flexibilidade em projetos de arquitetura, transporte cicloviário, a relação entre os conceitos de Henri Lefebvre (HL) e a arquitetura no debate acadêmico contemporâneo, o comportamento térmico de ambientes construídos internos sob a influência das envoltórias verdes, características arquitetônicas e o decaimento sonoro de salas acopladas e a origem, evolução e importância dos elementos vazados (cobogós).
https://doi.org/10.20396/parc.v8i3.8651561
PDF

Referências

COOPER, H. M.; HEDGES, L. V.; VALENTINE, J. C.. The handbook of research synthesis and meta-analysis. United Kingdom: Russell Sage Foundation Publications. 2009. Cap. 1, p. 1-14.

DRESCHE, A.; LACERDA, D.P.; ANTUNES Jr., J.A.V.. Systematic Literature Review Method adapted to Design Science Research. In: DRESCHE, A. Design Science Research: A Method for Science and Technology Advancement. Cham, Heidelberg, New York, Dordrecht, London: Springer. 2015. p. 153-156.

GOUGH, D.; THOMAS, J.. Commonality and diversity in reviews. In: GOUGH, D.; OLIVER, S.; THOMAS, J. (Eds.). An introduction to systematic reviews. London: Sage Publications Ltd. 2012, p. 35–65.

MARCONI, M. D. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodología científica. 5. ed.-São Paulo: Atlas. 2003.

SMITH, V. et al.. Methodology in conducting a systematic review of systematic reviews of healthcare interventions. BMC Medical Research Methodology, v.11, n. 15, p. 1-6, fev. 2011. https://doi.org/10.1186/1471-2288-11-15

A PARC Pesquida em Arquitetura e Construção utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.