Banner Portal
Análise da ventilação natural
PDF

Palavras-chave

Ventilação natural
Modelo físico reduzido
Simulação CFD
Projeto arquitetônico
Processo de ensino.

Como Citar

BEVILAQUA, C. P.; BRESSIANINI, B.; AZUMA, M. H.; LUKIANTCHUKI, M. A. Análise da ventilação natural: simulações CFD e ensaios em um modelo físico reduzido. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, SP, v. 10, p. e019022, 2019. DOI: 10.20396/parc.v10i0.8652835. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8652835. Acesso em: 1 mar. 2024.

Resumo

Apesar das inúmeras vantagens da integração dos conceitos bioclimáticos ao projeto arquitetônico, estudos demonstram que para a maioria dos arquitetos existe uma dificuldade em sua real aplicação. Isso indica a existência de uma lacuna entre o conhecimento acadêmico e a prática de projeto, principalmente no que se refere à ventilação natural. Muitas das estratégias de ventilação natural são apresentadas por meio de desenhos visionários que não representam claramente o seu desempenho nos ambientes internos. O objetivo dessa pesquisa é comprovar a materialização de princípios básicos de ventilação natural por meio de um método simplificado, visando facilitar o entendimento desses fenômenos pelos alunos durante o ensino da ventilação natural e, posteriormente, sua aplicação no projeto arquitetônico. O estudo comparativo dividiu-se em três etapas a fim de comprovar a eficiência do modelo proposto para uso no processo de ensino: (i) construção de um modelo físico flexível e simplificado para uso no ensino da ventilação natural; (ii) ensaios experimentais no modelo proposto, com relação ao impacto da localização das aberturas no desempenho do fluxo de ar interno nas edificações; (iii) simulações computacionais com base na Dinâmica dos Fluídos Computacional (CFD) dos mesmos cenários avaliados pelo método simplificado. A comparação dos resultados experimentais e numéricos demonstrou uma compatibilidade entre as duas ferramentas utilizadas, mostrando que é possível o uso desse modelo simplificado para o ensino de princípios básicos da ventilação natural como, por exemplo, a definição da localização das aberturas.

https://doi.org/10.20396/parc.v10i0.8652835
PDF

Referências

BLOCKEN, B.; STATHOPOULOS, T.; CARMELIET, J. CFD simulation of the atmospheric boundary layer: wall function problems. Atmospheric Environment, v. 41, n.2, p. 238-252, 2007. DOI: https://doi.org/10.1016/j.atmosenv.2006.08.019

BRANDÃO, R. S. As interações espaciais urbanas e o clima. 2009. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

CÂNDIDO, C.; DEAR, R. J. de; LAMBERTS, R.; BITTENCOURT, L. Air movement acceptability limits and thermal comfort in Brazil’s hot humid climate zone. Building and environment, v. 45, p. 222-229, jan. 2010. DOI: https://doi.org/10.1016/j.buildenv.2009.06.005

COST. Cost Action 14: recommendations on the use of CFD in predicting pedestrian wind environment. Bruxelas: Cost, 2004.

COSTA, L. Aproveitamento da ventilação natural nas habitações: um estudo de caso na cidade de Aracaju – SE. Dissertação (Mestrado em Tecnologia da Arquitetura) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

CÓSTOLA, D. Ventilação por ação do vento no edifício: procedimentos para quantificação. Dissertação (Mestrado em Tecnologia da Construção) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2006.

CÓSTOLA, D.; ALUCCI, M. Pressure coefficient simulated by CFD for wind-driven ventilation analysis. Proceedings Building Simulation, Beijing, China, 2007.

EDWARDS, B.; HYETT, P. Guía básica de la sostenibilidad. Barcelona, G. Gilli, 3° edição, 2005.

FIGUEIREDO, C. A. Ventilação natural em edifícios de escritórios na cidade de São Paulo: limites e possibilidades do ponto de vista do conforto térmico. Dissertação (Mestrado em Tecnologia da Construção) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007.

HARRIES, A. Notas de aula. In: Workshop: CFX – FAU/USP. São Paulo, 2005.

KOWALTOWSKI, D. C. C. K.; LABAKI, L. C.; PINA, S. M. G.; BERTOLLI, S. R. A visualização do conforto ambiental no projeto arquitetônico. In: ENCONTRO DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO E QUALIDADE NO PROCESSO CONSTRUTIVO, 7., 1998, Florianópolis. Anais [...]. Porto Alegre: ANTAC, 1998. p. 371-379.

KOWALTOWSKI, D. C. C. K.; CELANI, M. G. C.; MOREIRA, D. C.; PINA, S. A. M. G.; RUSCHEL, R. C.; DA SILVA, V. G.; LABAKI, L. C.; PETRECHE, J. R. D. Reflexão sobre metodologias de projeto arquitetônico. Revista ambiente construído, v. 6, n. 2, p. 07-19, 2006.

LABAKI, L. C.; MATSUMOTO, E. CARAM, R. M. Túnel de vento de camada limite atmosférica: calibração e ensaios de aberturas em edificações utilizando modelos reduzidos. Relatório de projeto de pesquisa, 2012

LAMBERTS, R.; DUTRA, L.; PEREIRA, F. O. R. Eficiência energética na Arquitetura. 3º edição. São Paulo: ProLivros, 2014.

LEITE, C. G. Alterações da ventilação urbana frente ao processo de verticalização de avenidas litorâneas: o caso da avenida litorânea de São Luís/MA. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2008.

LÔBO, D. G. F.; BITTENCOURT, L. S. A influência dos captadores de vento na ventilação natural de habitações populares localizadas em climas quentes e úmidos. Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 3, n. 2, p. 57-67, 2003.

LUKIANTCHUKI, M. A. A evolução das estratégias de conforto térmico e ventilação natural na obra de João Filgueiras Lima, Lelé: Hospitais Sarah de Salvador e do Rio de Janeiro. Dissertação (mestrado) – Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2010.

MACIEL, A. A. Integração de conceitos bioclimáticos ao projeto arquitetônico. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.

PRATA, A. R. Impacto da altura de edifícios nas condições de ventilação natural no meio urbano. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

RAMPONI, R.; BLOCKEN, B. Simulation of cross-ventilation for a generic isolated building: impact of computational parameters. Building and environment, v. 53, p. 34-48, jul. 2012. DOI: https://doi.org/10.1016/j.buildenv.2012.01.004

TREBILCOCK, M. (2007). The integration of environmental sustainability issues in the design process of contemporary architectural practice. Tese de doutorado, University of Nottingham, 2007.

TRINDADE, S. C.; PEDRINI, A.; DUARTE, R. N. C. Métodos de aplicação da simulação computacional em edifícios naturalmente ventilados no clima quente e úmido. Revista do ambiente construído, v. 10, n. 4, p. 37-58, 2010.

A PARC Pesquida em Arquitetura e Construção utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.