Recomendações projetuais para edificações de madeira no clima quente e úmido

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/parc.v13i00.8655766

Palavras-chave:

Arquitetura em madeira, Pré-fabricação, Método multicritério, Clima quente e frio

Resumo

Este artigo apresenta diretrizes projetuais para a implementação de construções em madeira em clima quente e úmido, a partir de um método multicritério aplicado em quatro estudos de caso. A inovação da pesquisa está na cartilha com as recomendações projetuais que abordam os aspectos que devem ser incorporados na fase projetual e de execução das edificações. Para isto, esta pesquisa analisa quatro edificações em madeira construídas no clima quente e úmido, sob a ótica do processo projetual (programação, projeto e execução) e, a partir disso, identifica e caracteriza as diretrizes projetuais na execução da estrutura, piso, envoltória e cobertura. Esta pesquisa visa capacitar projetistas para elaborar projetos arquitetônicos e construir edificações em madeira nas regiões de clima quente e úmido. E a partir disso, difundir sistemas construtivos em madeira no litoral e nos centros do nordeste do Brasil. Os resultados confirmam a viabilidade de edificações em madeira no clima quente e úmido e as diretrizes são identificadas com base nos aspectos que podem comprometer esta viabilidade, como preço da estrutura, qualidade da madeira, condições de transporte, o impacto ambiental e da relação de custo/benefício.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bárbara Laís Felipe de Oliveira, Universidade Federal Rural do Semi Árido

Mestre em arquitetura e urbanismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Professora na Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Pau dos Ferros - RN, Brasil). 

Aldomar Pedrini, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutor em Arquitetura pela Universidade de Queensland. Professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Natal - RN, Brasil).

Edna Moura Pinto, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutora em Ciências e Engenharia de Materiais pela Universidade de São Paulo. Professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (Natal - RN, Brasil).

Referências

ABNT. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15.220-3 Desempenho Térmico de edificações - Parte 3: Zoneamento bioclimático brasileiro e diretrizes construtivas para habitações unifamiliares de interesse social. Rio de Janeiro: ABNT, 2005.

ABNT. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15.575-1 - Edifícios habitacionais de até cinco pavimentos - Desempenho - Parte 1: Requisitos gerais. Rio de Janeiro: ABNT, 2013.

AMARAL, Izabel. Quase tudo que você queria saber sobre tectônica, mas tinha vergonha de perguntar. PosFAUUSP, n. 26, p. 148-167, 1 Dec. 2009. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v0i26p148-167. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v0i26p148-167

ARAÚJO, Márcio Augusto. A moderna construção sustentável. Revista Digital: conteúdo especializado para profissionais da Construção Civil, São Paulo: AECweb, 2020. Disponível em: https://www.aecweb.com.br/cont/a/a-moderna-construcao-sustentavel_589. Acesso em: 1 set. 2020.

BARBOSA, Juliana Cortez; INO, Akemi. Madeira, material de baixo impacto ambiental na construção civil: análise do ciclo de vida. 2001. In: ENCONTRO NACIONAL E I ENCONTRO LATINO AMERICANO SOBRE EDIFICAÇÕES E COMUNIDADES SUSTENTÁVEIS, 2., Canela, 2001. Anais [...]. Canela: ANTAC, 2001.

BENEVENTE, Varlete Aparecida. Durabilidade em construções de madeira: uma questão de projeto. 1995. 231 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura) - Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos, 1995.

BITTENCOURT, Leonardo; CÂNDIDO, Chisthina. Ventilação Natural em Edificações. Rio de Janeiro: PROCEL EDIFICA - EFICIÊNCIA ENERGÉTICA EM EDIFICAÇÕES, 2010. Disponível em: https://labcon.ufsc.br/anexosg/425.pdf. Acesso em: 25 out. 2017.

BITTENCOURT, Rosa Maria. Concepção arquitetônica da habitação em madeira. 1995. 257 f. Tese (Doutorado em Engenharia) - Escola Politécnica, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1995.

BRANCO, Jorge M. Casas de madeira: da tradição aos novos desafios In: LOURENÇO, Paulo B.; BRANCO, Jorge M.; CRUZ, Helena; NUNES, Lina (ed.). Casas de madeira: livro de Atas. Lisboa: Universidade do Minho, 2013. p. 75-86. Disponível em: http://www.hms.civil.uminho.pt/events/casas_madeira/fulltext_casas_madeira.pdf. Accesso em: 25 out. 2017.

CASTRO, Eduardo Breviglieri Pereira. Método de auxílio à concepção arquitetônica baseado na análise multicritério e em dados simulados dos comportamentos da edificação. 2005. Tese (Doutor em Ciências em Engenharia Mecânica) - Programas de Pós-graduação de Engenharia, COPPE/ Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2005.

CORBELLA, Oscar; YANNAS, Simos. Em busca de uma arquitetura sustentável para os trópicos: conforto ambiental. 2. ed. rev. e ampl. Rio de Janeiro: Revan, 2009. 308 p.

ESPÍNDOLA, Luciana da Rosa. Habitação de interesse social em madeira conforme os princípios de coordenação modular e conectividade. 2010. 147 f. Dissertação (Mestre em Engenharia Civil) -Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Centro Tecnológico, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2010. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/93836. Acesso em: 17 ago. 2017.

FONTENELLE, Marilia Ramalho. A abordagem multicritério na concepção arquitetônica: um estudo sobre as aberturas laterais em edifício de escritórios no Rio de Janeiro. 2012. 151 f. Dissertação (Mestre em Arquitetura) - Programa de Pós-Graduação em Arquitetura, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2012. Acesso em: http://objdig.ufrj.br/21/teses/776621.pdf. Acesso em: 17 ago. 2017.

GREVEN, Hélio Adão; BALDAUF, Alexandra Staudt Follmann. Introdução à coordenação modular na construção no Brasil: uma abordagem atualizada. ANTAC. Porto Alegre: ANTAC, 2007. (Coleção Habitare, 9). Disponível em: http://www.habitare.org.br/pdf/publicacoes/arquivos/colecao10/livro_completo.pdf. Acesso em: 17 ago. 2017.

HERZOG, Thomas. ¿Por qué la madera? Revista Tectónica, n. 13, Madera (II) Estructuras, 2001. Disponível em: http://www.tectonica.es/arquitectura/madera/estructuras/madera.html. Acesso em: 17 ago. 2017.

HOLANDA, Armando de. Roteiro para construir no nordeste: arquitetura como lugar ameno nos trópicos ensolarados. Recife: UFPE, 1976. 48 p.

ISATTO, Eduardo Luís; FORMOSO, Carlos T.; CESARE, Claudia Monteiro de; HIROTA, Ercilia. Lean Construction: diretrizes e ferramentas para o controle de perdas na construção civil. Porto Alegre: SEBRAE/RS, 2000. 177 p. (Construção Civil, 5).

LAMBERTS, Roberto; DUTRA, Luciano; PEREIRA, Fernando Oscar Ruttkay. Eficiência energética na arquitetura. 3. ed. Rio de Janeiro: ELETROBRAS/PROCEL, 2014. 361 p. Disponível em: https://labeee.ufsc.br/sites/default/files/apostilas/eficiencia_energetica_na_arquitetura.pdf. Acesso em: 1 set 2020.

LAROCA, Christine. Habitação social em madeira: uma alternativa viável. 2002. 93 f. Dissertação (Mestre em Ciências Florestais) - Escola de Ciências Agrárias, Programa de Pós Graduação em Engenharia Florestal, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2002. Disponível em: https://acervodigital.ufpr.br/bitstream/handle/1884/3461/R%20-%20D%20-%20CHRISTINE%20LAROCA.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 2 jul. 2020.

MATEUS, Ricardo. Novas tecnologias construtivas com vista à sustentabilidade da construção. 2004. Dissertação (Mestre em Engenharia Civil) - Escola de Engenharia, Universidade do Minho, Minho, 2004. Disponível em: http://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/817. Acesso em: 2 jul. 2020.

MEIRELLES, Célia Regina Moretti; DINIS, Henrique; SEGALL, Mario Lasar; SANT’ANNA, Silvio Stefanini de. Considerações sobre o uso da madeira no Brasil em construções habitacionais. In: FÓRUM DE PESQUISA FAU MACKENZIE, 3., 2007, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: PPGAU/ FAU Mackenzie, 2007.

MELLO, Lecomte Roberto; BITTENCOURT, Rosa Maria. Projetar em madeira. In: PROJETAR , 4., 2009. São Paulo. Anais [...]. São Paulo: FAU UPM, 2009.

MIRANDA, Caroline Maria Guerra de; ALMEIDA, Adiel Teixeira de. Visão multicritério da avaliação de programas de pós-graduação pela CAPES: o caso da área engenharia III baseado no ELECTRE II e MAUT. Gestão & Produção, v. 11, n. 1, p. 51–64, Apr. 2004. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-530X2004000100005. DOI: https://doi.org/10.1590/S0104-530X2004000100005

NEUFERT, Peter; NEFF, Ludwig; ; NEUFERT, Cornelius; FRANKEN, Corinna. Casa, apartamento, jardim. 2. ed. atual. amp. e rev. Barcelona: Gustavo Gilli, 2007. 255 p.

OLIVEIRA, Bárbara Laís Felipe. Edificações de baixo impacto ambiental em madeira para o clima quente e úmido. 2016. 130 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21565. Acesso em: 31 ago. 2020.

PFEIL, Walter; PFEIL, Michele. Estruturas de Madeira. 6. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2003. 240 p.

SACHS, Ignacy. Rumo à ecossocioeconomia: teoria e pratica do desenvolvimento. São Paulo: Cortez, 2007.

SALOMON, Valerio Antonio Pamplona. Contribuições para validação de tomada de decisão com múltiplos critérios. 2010. 16 f. Tese (Livre Docente em Engenharia de Produção) - Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá, Universidade Estadual Paulista, Guaratinguetá, 2010. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/106720/salomon_vap_ld_guara.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 2 jul. 2020.

SCHARLIG, Alan. Décider sur plusieurs critères: panorama de l'aide à la décision multicritère. Lausanne: Presses Polytechniques et Universitaires romandes, 1985. 304 p. apud CASTRO, Eduardo Breviglieri Pereira. Método de auxílio à concepção arquitetônica baseado na análise multicritério e em dados simulados dos comportamentos da edificação. 2005. Tese (Doutor em Ciências em Engenharia Mecânica) - Programas de Pós-graduação de Engenharia, COPPE/ Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2005.

TRIGO, J. A. T. Tecnologias da construção de habitação. Lisboa: LNEC, 1978.

VILAS BOAS, Cintia de Lima. Análise da aplicação de métodos multicritérios de decisão na gestão de recursos hídricos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE RECURSOS HÍDRICOS, 16., 2005, João Pessoa. Anais [...]. João Pessoa: ABRH, 2005.

ZANI, Antonio Carlos. Arquitetura em madeira. Londrina: Eduel, 2013. (livro digital). Disponível em: uel.br/editora/portal/pages/arquivos/arquitetura em madeira_digital.pdf. Acesso: 20 ago. 2015.

ZENID, Geraldo José. Madeira: uso sustentável na construção civil. 2. ed. São Paulo: IPT, 2009. 99 p. (Publicação IPT, 3010). Disponível em: http://www.ipt.br/centros_tecnologicos/CT-FLORESTA/livros/3-madeira:_uso_sustentavel_na_construcao_civil.htm

Downloads

Publicado

2022-03-21

Como Citar

OLIVEIRA, B. L. F. de .; PEDRINI, A. .; PINTO, E. M. Recomendações projetuais para edificações de madeira no clima quente e úmido. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, SP, v. 13, n. 00, p. e022013, 2022. DOI: 10.20396/parc.v13i00.8655766. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8655766. Acesso em: 9 dez. 2022.