Interações da tectônica no ensino de projeto de arquitetura

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/parc.v12i00.8658502

Palavras-chave:

Tectônica, Ensino-aprendizagem, Projeto de arquitetura, Design thinking, Ambiente virtual de aprendizagem

Resumo

Considerando a interdisciplinaridade proposta nos ateliês de projeto de arquitetura, um dos temas desafiadores para professores e estudantes é a abordagem da tectônica no ensino de projeto arquitetônico. Este trabalho tem como objetivo compreender as necessidades, expectativas e demandas da tectônica em um ateliê de projeto de arquitetura de um curso de Graduação em Arquitetura e Urbanismo, com proposição de solução para a demanda exposta, adotando a abordagem do design thinking. Para a coleta de dados, optou-se pelas técnicas de observação participante, entrevistas dirigidas e aplicação do mapa de empatia, sendo a análise de dados documental, caracterizando uma pesquisa qualitativa. Os resultados demonstram que as três principais demandas da tectônica em ateliê de projeto de arquitetura estão relacionadas aos conteúdos de concepção estrutural, entendimento sobre contenções estruturais e sobre qual a melhor solução técnica para cada projeto. Como contribuição, foi elaborado um protótipo em ambiente de aprendizagem virtual, que contemplou conteúdos sobre os principais temas solicitados pelo público-alvo da pesquisa. A solução incentiva a autonomia e proatividade dos estudantes na busca pelo conhecimento, reduz a competitividade, promove a comunicação e compartilhamento de conhecimentos entre estudantes e professores, minimizando as dificuldades relatadas no ateliê de projeto de arquitetura envolvendo a tectônica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leticia Mattana, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Doutorado em andamento em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Santa Catarina.  Professora Assistente na Universidade Federal de Santa Catarina.

João Carlos Souza, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutorado em Engenharia de Produção Universidade Federal de Santa Catarina, Professor Titular na Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Departamento de Arquitetura.

Andrea Holz Pfützenreuter, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Professora na Universidade Federal de Santa Catarina.

Anna Freitas Portela de Souza Pimenta, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina. Docente Assistente na Universidade Federal de Santa Catarina.

Referências

AGUIAR, Monica; SPENCER, Carlos Eduardo; FAVERO, Marcos. Da ideia à matéria. Uma experiência pedagógica no ensino de estruturas em ateliê integrado de projeto. Arquitextos, São Paulo, ano 18, n. 213.05, Vitruvius, fev. 2018. Disponível em: https://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/18.213/6900. Acesso em 15 Set. 2019

AMARAL, I. Quase tudo que você queria saber sobre tectônica, mas tinha vergonha de perguntar. Pós. Revista do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da FAUUSP, [S. l.], n. 26, p. 148-167, 2009. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2317-2762.v0i26p148-167.

ANDRADE, Rogério Pontes. Matrizes tectônicas da arquitetura moderna brasileira 1940 – 1960. 2016. 182 f., il. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade de Brasília, Brasília, 2016. Disponível em: http://repositorio.unb.br/handle/10482/22327. Acesso em: 21 jan. 2021.

BECKMAN S.; BARRY, M. Innovation as a Learning Process: Embedding Design thinking. California Management review. v. 50, n. 1, 2007. DOI: https://doi.org/10.2307/41166415

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Câmara de Educação Superior. Resolução nº 2, de 17 de Junho de 2010. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Arquitetura e Urbanismo, alterando dispositivos da Resolução CNE/CES nº 6/2006. Brasília, DF: Diário Oficial da União de 18/06/2010, Seção 1, pp. 37-38.

BOYD DAVIS, S.; GRISTWOOD, S. The Structure of Design Processes: ideal and reality in Bruce Archer’s 1968 doctoral thesis. In: 2016 DESIGN RESEARCH SOCIETY 50TH ANNIVERSARY CONFERENCE: FUTURE-FOCUSED THINKING, 2016, Brighton. Proceedings […]. Brighton: University of Brighton, DRS, 2016, p. 27–30

BROWN, T. Design thinking: uma metodologia poderosa para decretar o fim das velhas ideias. 249p. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010.

BUCHANAN, Richard. Wicked Problems in Design thinking. Design Issues, Cambridge - The MIT Press, v. 8, n. 2, p. 5-21, 1992. DOI: https://doi.org/10.2307/1511637

CAVALCANTI, C. C.; FILATRO, A. Design thinking na educação presencial, a distância e corporativa. São Paulo: Saraiva, 2016.

CAVALCANTI, Carolina Magalhães Costa. Contribuições do Desing Thinking para concepção de interfaces de ambientes virtuais de aprendizagem centradas no ser humano. 2015. Tese (Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. DOI: https://doi.org/10.11606/T.48.2015.tde-17092015-135404

DIEZ, Gloria. Projeto Estrutural na arquitetura. Porto Alegre: Masquatro e Nobuko, 2012.

D.SCHOOL. Bootcamp Bootleg. Hasso Plattner, Institute of design at Stanford, Palo-alto, p.1-44, 2011. Disponível em: https://dschool.stanford.edu/resources/the-bootcamp-bootleg. Acesso em: 13 Set. 2019

ENEEEA - ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO DE ESTRUTURAS EM ESCOLAS DE ARQUITETURA, 3., 2017, Ouro Preto. Anais […]. Ouro Preto: Editora da UFOP, 2017, p. 7-15

FLORIO, Wilson. Análise do processo de projeto sob a teoria cognitiva: sete dificuldades no atelier. Arquitetura Revista. São Leopoldo, v.7, n.2, p. 161-171, 2011. DOI: https://doi.org/10.4013/arq.2011.72.06

FRAMPTON, Kenneth. Rappel à l’ordre: the case for the tectonic. Architecture Design. v. 60, n. 3-4, p.19-25, 1990.

IDEO. HCD ‐ Human Centered Design: Kit de ferramentas. EUA: IDEO, 2009. 102 p. Disponível em: https://www.ideo.com/post/design-kit. Acesso em: Nov. de 2019

MEDEIROS, Renato. Ensino de Arquitetura, o conteúdo tecnológico e a contribuição da abordagem tectônica para o ensino de projeto. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO, 3., São Paulo, SP. Anais [...], São Paulo: ANPARQ, 2014.

OLIVEIRA, Rogério de Castro. Teoria e didática do projeto arquitetônico: uma relação permanente. Arquitetura Revista. São Leopoldo, v.3, n.1, p.57-62. ISSN 1808-5741, 2007.

REBELLO, Yopanan C. P. A concepção estrutural e a arquitetura. São Paulo: Zigurate, 2000.

SILVA, Daiçon Maciel da; SOUTO, André Kraemer. Estruturas: uma abordagem arquitetônica. Porto Alegre: Sagra- Luzzatto, 1997.

SCHON, Donald A. The reflective Practitioner: how professional think in action. United States of America: Basic Books, 1983.

VIDIGAL, Emerson José. Ensino de projeto arquitetônico: um estudo sobre as práticas didáticas no curso de arquitetura e urbanismo da Universidade Federal do Paraná. 2010. 330p.Tese (Doutorado) - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010. DOI: https://doi.org/10.11606/T.16.2010.tde-18012011-111136. Acesso em: 2021-01-22.

ZANATTO, Rinaldo. Perfil Motivacional de Alunos de Arquitetura: um estudo exploratório. 2007. 132f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2007. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.uel.br/document/?code=vtls000124869. Acesso em: 21 jan. 2021.

Downloads

Publicado

2021-02-01

Como Citar

MATTANA, L.; SOUZA, J. C.; PFÜTZENREUTER, A. . H. .; PIMENTA, A. F. P. de S. . Interações da tectônica no ensino de projeto de arquitetura. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, SP, v. 12, n. 00, p. e021008, 2021. DOI: 10.20396/parc.v12i00.8658502. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8658502. Acesso em: 24 set. 2021.