A produção científica sobre CIM no planejamento e gestão urbana no Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/parc.v12i00.8658544

Palavras-chave:

Modelagem da informação da cidade, Planejamento urbano, Gestão urbana, Brasil, CIM

Resumo

As complexas e dinâmicas relações sociais observadas atualmente nos espaços urbanos e o cenário de ubiquidade das novas tecnologias, colocam a prova o padrão utópico e centralizador historicamente empregado no planejamento e na gestão das cidades brasileiras. Nesse sentido, novos conceitos e ferramentas emergem à medida em que as tecnologias computacionais avançam, logo, o ato de planejar e gerir cidades ganham novas possibilidades. Nesse contexto, surge o paradigma City Information Modeling (CIM), modelos de informação utilizados na escala da cidade no armazenamento de dados, desenvolvimento de projetos, gestão e planejamento, capazes de auxiliar nos processos decisórios de políticas urbanas. Diante disso, se propõe neste artigo avaliar, por meio da Revisão Sistemática da Literatura (RSL), a produção científica sobre o CIM referente, restritamente, as abordagens na escala do planejamento e da gestão urbana no Brasil, entre os anos 2008 e 2018, desconsiderando outros enfoques como projeto e desenho urbano. Os resultados demonstram que existem poucas publicações nas abordagens escolhidas. A primeira delas aconteceu no ano de 2015, alcançando o maior índice no ano de 2018. A maioria na área do planejamento urbano com enfoque na conceituação do CIM aplicado ao processo de desenvolvimento da cidade e no uso de ferramentas computacionais para o planejamento baseado em dados. Na gestão urbana inferiu estudos teóricos e práticos do modelo de CIM no auxílio a gestão e crescimento sustentável. Os meios de publicações mais utilizados foram os periódicos e o evento ENANPARQ. Por fim, revela-se baixo o índice de pesquisas avançadas nestas abordagens.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Iara Salles Barbosa, Instituto Federal Fluminense

Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.  Mestrado profissional em andamento em Arquitetura, Urbanismo e Tecnologia no Instituto Federal Fluminense.

Zander Ribeiro Pereira Filho, Instituto Federal Fluminense

Mestrado em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professor do Instituto Federal Fluminense. 

Referências

ALMEIDA, Fernando Antonio da Silva. Modelando a informação da cidade: do estudo da arte à construção de um conceito de City Information Modeling (CIM). 2018. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Urbano) – Centro de Artes e Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/32185 . Acesso em: 4 mar. 2021.

AMORIM, Arivaldo Leão. Estabelecendo requisitos para a Modelagem da Informação da Cidade (CIM). In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO, 4., 2016, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2016a. Disponível em: http://www.anparq.org.br/dvd-enanparq-4/SESSAO%2014/S14-02-AMORIM,%20A.pdf . Acesso em: 04 mar. 2021.

AMORIM, Arivaldo Leão. Cidades Inteligentes e City Information Modeling. In: CONGRESS OF THE IBEROAMERICAN SOCIETY OF DIGITAL GRAPHICS, 20, 2016b, Buenos Aires. Proceedings [...]. Buenos Aires: FADU, 2016b. DOI: http://dx.doi.org/10.5151/despro-sigradi2016-440.

ARAÚJO, Adolfo; OLIVEIRA, Francisco; BERTONCINI, André; SENA, Pedro. Certificado de potencial adicional de construção a partir de dados LIDAR e parametrização no CityEngine. Revista Brasileira de Cartografia, v.67, n.11, p. 1587-1605, 2015. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/49231 . Acesso em: 4 mar. 2021.

ASCHER, François. Os novos princípios do urbanismo. 1.ed. São Paulo: Romano Guerra, 2010.

BENEVIDES, Caroline; RIBEIRO, Suellen; FALCÃO, Ana Paula; SILVA, Jorge; MOURA, Ana Clara. The use of 3D GIS models for spatial analysis: A Case study from the city of Fortaleza, Brazil. Scientific Journal on Architecture and Cultural Heritage, v. 11, n.20, p.13.1 – 13.13, Jun. 2018. Disponível em: http://disegnarecon.univaq.it/ojs/index.php/disegnarecon/article/view/365 . Acesso em: 4 mar. 2021.

CARDOSO, Daniel Ribeiro; FREITAS, Clarissa Figueiredo Sampaio. Apresentação sessão temática. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO, 4., 2016, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2016. Disponível em: https://enanparq2016.files.wordpress.com/2016/09/s14-00-cardoso-d-sampaio-freitas-c.pdf . Acesso em: 04 mar. 2021.

CASTRO, Marina; HERCULANO, Renata; AGUIAR, Tatiana; MOURA, Ana Clara; OLIVEIRA, Francisco. Parametric Modeling as an alternative tool for planning and management of the urban landscape in Brazil - case study of Balneário Camboriú. Scientific Journal on Architecture and Cultural Heritage, v. 11, n.20, p.17.1 – 17.13, Jun. 2018. Disponível em: http://disegnarecon.univaq.it/ojs/index.php/disegnarecon/article/view/375 . Acesso em: 4 mar. 2021.

CAVALCANTI, Ana Cláudia Rocha; SOUZA, Flávio Antonio Miranda de. O uso do CIM e a difusão das ideias no campo das políticas públicas no setor do gerenciamento das cidades. In: ENCONTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA CONSTRUÇÃO, 7, 2015, Recife. Proceedings [...]. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2015. Disponível em: http://pdf.blucher.com.br.s3-saeast1.amazonaws.com/engineeringproceedings/tic2015/037.pdf Acesso em: 11 jun. 2021.

CORRÊA, Fabiano Rogerio; SANTOS, Eduardo Toledo. Na direção de uma modelagem da informação da cidade (CIM). In: ENCONTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA CONSTRUÇÃO, 7, 2015, Recife. Proceedings [...]. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2015. DOI: http://dx.doi.org/10.5151/engpro-tic2015-032.

FARIAS, André; MINGOTI, Rafael; VALLE, Laura; SPADOTTO, Cláudio; FILHO, Elio. Identificação, mapeamento e quantificação das áreas urbanas do Brasil. Campinas, 2017. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/176016/1/20170522-COT-4.pdf . Acesso em: 9 jun. 2021.

HARVEY, David. CIDADES REBELDES: DO DIREITO A CIDADE A REVOLUÇAO URBANA. São Paulo: Martins Fontes, 2014.

IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Rio de Janeiro: IBGE, Coordenação de população e Indicadores Sociais, 2016. ISBN 978852404392. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=298579 . Acesso em: 11 mar. 2019.

JACOBS, J. Morte e Vida de Grandes Cidades. Tradução de Carlos S. Mendes Rosa. Revisão da tradução de Maria Estela Heider Cavalheiro; revisão técnica de Cheila Aparecida Gomes Bailão. 3. ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2011. 532p. Edição do Kindle.

LIMA, Mariana Quezado Costa. Limites e possibilidades do City Information Modeling (CIM) em planejamento urbano. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO, 4., 2016, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2016. Disponível em: http://www.anparq.org.br/dvd-enanparq-4/SESSAO%2014/S14-05-LIMA,%20M.pdf . Acesso em: 04 mar. 2021.

MARICATO, Erminia. Cidades rebeldes: passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil. Col. Tinta Vermelha. 1. ed. São Paulo: Editora: Boitempo Editorial, 2013.

MARCONI, Mariana; LAKATOS, Eva. Fundamentos de metodologia científica. 7. Ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MOREIRA, Eugênio; ANDRADE, Davi. Construção e cidade: diferenças ontológicas na elaboração de um conceito de CIM. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO, 5., 2018, Salvador. Anais [...]. Salvador: UFBA, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27744 . Acesso em: 4 mar. 2021.

ONU - ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Word Population Prospects: Highlights. New York, 2019. Disponível em: https://population.un.org/wpp/Publications/Files/WPP2019_Highlights.pdf . Acesso em: 4 mar. 2021.

PEREIRA, Augusto Pimentel. Os desafios para a implementação do City Information Modelling como instrumento na gestão urbana: o caso de Curitiba, Paraná. 2018. Dissertação (Mestrado em Gestão Urbana) – Escola de Arquitetura e Design, Pontifica Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2018. Disponível em: https://archivum.grupomarista.org.br/pergamumweb/vinculos//000069/0000691b.pdf . Acesso em: 4 mar. 2021.

SILVA, Jadson; SILVA, Rutt Keles; SANTOS, Marcelo; LOPES, Mariana; BARROS, Isabela; MOREIRA, Elvis; FERREIRA, Henrique. Análise conceitual do Building Information Modeling – BIM e City Information Modeling – CIM e contribuição na construção das cidades sustentáveis. Journal of Environmental Analysis and Progress, v.2, n.3, p. 341 – 348, Jul. 2017. Disponível em: http://www.ead.codai.ufrpe.br/index.php/JEAP/article/view/1473/1415 . Acesso em: 4 mar. 2021.

SOUZA, Carlos Eugênio Moreira de. Modelando a percepção: o ambiente do patrimônio cultural edificado na regulação da forma urbana. 2018. Dissertação (Mestrado em Arquitetura, Urbanismo e Design) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37245 . Acesso em 04 mar. 2021.

SOUZA, Marcelo Lopes de. Mudar a cidade: uma introdução crítica ao planejamento e à gestão. RJ: Bertrand Brasil, 2002.

Downloads

Publicado

2021-07-04

Como Citar

BARBOSA, I. S. .; PEREIRA FILHO, Z. R. . A produção científica sobre CIM no planejamento e gestão urbana no Brasil. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, SP, v. 12, n. 00, p. e021013, 2021. DOI: 10.20396/parc.v12i00.8658544. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8658544. Acesso em: 25 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos de revisão