Banner Portal
A produção científica sobre CIM no planejamento e gestão urbana no Brasil
PDF

Palavras-chave

Modelagem da informação da cidade
Planejamento urbano
Gestão urbana
Brasil
CIM

Como Citar

BARBOSA, I. S. .; PEREIRA FILHO, Z. R. . A produção científica sobre CIM no planejamento e gestão urbana no Brasil. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, SP, v. 12, n. 00, p. e021013, 2021. DOI: 10.20396/parc.v12i00.8658544. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8658544. Acesso em: 3 mar. 2024.

Resumo

As complexas e dinâmicas relações sociais observadas atualmente nos espaços urbanos e o cenário de ubiquidade das novas tecnologias, colocam a prova o padrão utópico e centralizador historicamente empregado no planejamento e na gestão das cidades brasileiras. Nesse sentido, novos conceitos e ferramentas emergem à medida em que as tecnologias computacionais avançam, logo, o ato de planejar e gerir cidades ganham novas possibilidades. Nesse contexto, surge o paradigma City Information Modeling (CIM), modelos de informação utilizados na escala da cidade no armazenamento de dados, desenvolvimento de projetos, gestão e planejamento, capazes de auxiliar nos processos decisórios de políticas urbanas. Diante disso, se propõe neste artigo avaliar, por meio da Revisão Sistemática da Literatura (RSL), a produção científica sobre o CIM referente, restritamente, as abordagens na escala do planejamento e da gestão urbana no Brasil, entre os anos 2008 e 2018, desconsiderando outros enfoques como projeto e desenho urbano. Os resultados demonstram que existem poucas publicações nas abordagens escolhidas. A primeira delas aconteceu no ano de 2015, alcançando o maior índice no ano de 2018. A maioria na área do planejamento urbano com enfoque na conceituação do CIM aplicado ao processo de desenvolvimento da cidade e no uso de ferramentas computacionais para o planejamento baseado em dados. Na gestão urbana inferiu estudos teóricos e práticos do modelo de CIM no auxílio a gestão e crescimento sustentável. Os meios de publicações mais utilizados foram os periódicos e o evento ENANPARQ. Por fim, revela-se baixo o índice de pesquisas avançadas nestas abordagens.

https://doi.org/10.20396/parc.v12i00.8658544
PDF

Referências

ALMEIDA, Fernando Antonio da Silva. Modelando a informação da cidade: do estudo da arte à construção de um conceito de City Information Modeling (CIM). 2018. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Urbano) – Centro de Artes e Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/32185 . Acesso em: 4 mar. 2021.

AMORIM, Arivaldo Leão. Estabelecendo requisitos para a Modelagem da Informação da Cidade (CIM). In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO, 4., 2016, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2016a. Disponível em: http://www.anparq.org.br/dvd-enanparq-4/SESSAO%2014/S14-02-AMORIM,%20A.pdf . Acesso em: 04 mar. 2021.

AMORIM, Arivaldo Leão. Cidades Inteligentes e City Information Modeling. In: CONGRESS OF THE IBEROAMERICAN SOCIETY OF DIGITAL GRAPHICS, 20, 2016b, Buenos Aires. Proceedings [...]. Buenos Aires: FADU, 2016b. DOI: http://dx.doi.org/10.5151/despro-sigradi2016-440.

ARAÚJO, Adolfo; OLIVEIRA, Francisco; BERTONCINI, André; SENA, Pedro. Certificado de potencial adicional de construção a partir de dados LIDAR e parametrização no CityEngine. Revista Brasileira de Cartografia, v.67, n.11, p. 1587-1605, 2015. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/revistabrasileiracartografia/article/view/49231 . Acesso em: 4 mar. 2021.

ASCHER, François. Os novos princípios do urbanismo. 1.ed. São Paulo: Romano Guerra, 2010.

BENEVIDES, Caroline; RIBEIRO, Suellen; FALCÃO, Ana Paula; SILVA, Jorge; MOURA, Ana Clara. The use of 3D GIS models for spatial analysis: A Case study from the city of Fortaleza, Brazil. Scientific Journal on Architecture and Cultural Heritage, v. 11, n.20, p.13.1 – 13.13, Jun. 2018. Disponível em: http://disegnarecon.univaq.it/ojs/index.php/disegnarecon/article/view/365 . Acesso em: 4 mar. 2021.

CARDOSO, Daniel Ribeiro; FREITAS, Clarissa Figueiredo Sampaio. Apresentação sessão temática. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO, 4., 2016, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2016. Disponível em: https://enanparq2016.files.wordpress.com/2016/09/s14-00-cardoso-d-sampaio-freitas-c.pdf . Acesso em: 04 mar. 2021.

CASTRO, Marina; HERCULANO, Renata; AGUIAR, Tatiana; MOURA, Ana Clara; OLIVEIRA, Francisco. Parametric Modeling as an alternative tool for planning and management of the urban landscape in Brazil - case study of Balneário Camboriú. Scientific Journal on Architecture and Cultural Heritage, v. 11, n.20, p.17.1 – 17.13, Jun. 2018. Disponível em: http://disegnarecon.univaq.it/ojs/index.php/disegnarecon/article/view/375 . Acesso em: 4 mar. 2021.

CAVALCANTI, Ana Cláudia Rocha; SOUZA, Flávio Antonio Miranda de. O uso do CIM e a difusão das ideias no campo das políticas públicas no setor do gerenciamento das cidades. In: ENCONTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA CONSTRUÇÃO, 7, 2015, Recife. Proceedings [...]. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2015. Disponível em: http://pdf.blucher.com.br.s3-saeast1.amazonaws.com/engineeringproceedings/tic2015/037.pdf Acesso em: 11 jun. 2021.

CORRÊA, Fabiano Rogerio; SANTOS, Eduardo Toledo. Na direção de uma modelagem da informação da cidade (CIM). In: ENCONTRO DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NA CONSTRUÇÃO, 7, 2015, Recife. Proceedings [...]. Recife: Universidade Federal de Pernambuco, 2015. DOI: http://dx.doi.org/10.5151/engpro-tic2015-032.

FARIAS, André; MINGOTI, Rafael; VALLE, Laura; SPADOTTO, Cláudio; FILHO, Elio. Identificação, mapeamento e quantificação das áreas urbanas do Brasil. Campinas, 2017. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/176016/1/20170522-COT-4.pdf . Acesso em: 9 jun. 2021.

HARVEY, David. CIDADES REBELDES: DO DIREITO A CIDADE A REVOLUÇAO URBANA. São Paulo: Martins Fontes, 2014.

IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Rio de Janeiro: IBGE, Coordenação de população e Indicadores Sociais, 2016. ISBN 978852404392. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/index.php/biblioteca-catalogo?view=detalhes&id=298579 . Acesso em: 11 mar. 2019.

JACOBS, J. Morte e Vida de Grandes Cidades. Tradução de Carlos S. Mendes Rosa. Revisão da tradução de Maria Estela Heider Cavalheiro; revisão técnica de Cheila Aparecida Gomes Bailão. 3. ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2011. 532p. Edição do Kindle.

LIMA, Mariana Quezado Costa. Limites e possibilidades do City Information Modeling (CIM) em planejamento urbano. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO, 4., 2016, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2016. Disponível em: http://www.anparq.org.br/dvd-enanparq-4/SESSAO%2014/S14-05-LIMA,%20M.pdf . Acesso em: 04 mar. 2021.

MARICATO, Erminia. Cidades rebeldes: passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil. Col. Tinta Vermelha. 1. ed. São Paulo: Editora: Boitempo Editorial, 2013.

MARCONI, Mariana; LAKATOS, Eva. Fundamentos de metodologia científica. 7. Ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MOREIRA, Eugênio; ANDRADE, Davi. Construção e cidade: diferenças ontológicas na elaboração de um conceito de CIM. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO, 5., 2018, Salvador. Anais [...]. Salvador: UFBA, 2018. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/27744 . Acesso em: 4 mar. 2021.

ONU - ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Word Population Prospects: Highlights. New York, 2019. Disponível em: https://population.un.org/wpp/Publications/Files/WPP2019_Highlights.pdf . Acesso em: 4 mar. 2021.

PEREIRA, Augusto Pimentel. Os desafios para a implementação do City Information Modelling como instrumento na gestão urbana: o caso de Curitiba, Paraná. 2018. Dissertação (Mestrado em Gestão Urbana) – Escola de Arquitetura e Design, Pontifica Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2018. Disponível em: https://archivum.grupomarista.org.br/pergamumweb/vinculos//000069/0000691b.pdf . Acesso em: 4 mar. 2021.

SILVA, Jadson; SILVA, Rutt Keles; SANTOS, Marcelo; LOPES, Mariana; BARROS, Isabela; MOREIRA, Elvis; FERREIRA, Henrique. Análise conceitual do Building Information Modeling – BIM e City Information Modeling – CIM e contribuição na construção das cidades sustentáveis. Journal of Environmental Analysis and Progress, v.2, n.3, p. 341 – 348, Jul. 2017. Disponível em: http://www.ead.codai.ufrpe.br/index.php/JEAP/article/view/1473/1415 . Acesso em: 4 mar. 2021.

SOUZA, Carlos Eugênio Moreira de. Modelando a percepção: o ambiente do patrimônio cultural edificado na regulação da forma urbana. 2018. Dissertação (Mestrado em Arquitetura, Urbanismo e Design) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37245 . Acesso em 04 mar. 2021.

SOUZA, Marcelo Lopes de. Mudar a cidade: uma introdução crítica ao planejamento e à gestão. RJ: Bertrand Brasil, 2002.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção

Downloads

Não há dados estatísticos.