Banner Portal
Desempenho térmico de habitação emergencial por simulação evolutiva
PDF

Palavras-chave

Habitação emergencial
Conforto térmico
Simulações computacionais
NSGA-II
Embalagens tetra pak

Como Citar

SEBBEN, Thaíse; LEITZKE, Rodrigo Karine; MACIEL, Thalita dos Santos; SILVA, Thaísa Leal da; CUNHA, Eduardo Grala da; RIBEIRO, Lauro André. Desempenho térmico de habitação emergencial por simulação evolutiva. PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção, Campinas, SP, v. 13, n. 00, p. e022015, 2022. DOI: 10.20396/parc.v13i00.8665539. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/parc/article/view/8665539. Acesso em: 22 jul. 2024.

Resumo

A problemática do déficit habitacional no país e a necessidade de construção de moradias emergenciais de caráter provisório geram inúmeras consequências, tanto para o território com a falta de infraestrutura urbana, como para os moradores, relacionados à saúde e ao conforto em virtude das condições construtivas inadequadas. O objetivo deste trabalho foi encontrar soluções técnicas de projeto para a estrutura de uma habitação emergencial de madeira existente, revestida internamente com embalagens Tetra Pak®, de modo a minimizar o desconforto térmico em virtude das baixas temperaturas no sul do Brasil. Para isso, utilizou-se dos processos de otimização do algoritmo evolutivo NSGA-II e a análise de Pareto com a implementação de soluções construtivas simples. Dados iniciais de desempenho térmico da moradia realizados por simulação computacional simplificada mostraram o baixo percentual em horas de conforto, atingindo cerca de 22% para 80% de aceitabilidade de indivíduos, de acordo com a ASHRAE 55 (2017). Com a implementação de estratégias passivas de projeto e de material para otimização de desempenho da edificação por simulações computacionais multiobjetivo, foi possível atingir percentuais de conforto térmico de até 58,88% para uma aceitabilidade de 80% da população. Este trabalho serve como embasamento para futuras pesquisas sobre habitações emergenciais e o uso de embalagens cartonadas como isolante térmico e a busca por melhoria na qualidade de vida dos moradores.

https://doi.org/10.20396/parc.v13i00.8665539
PDF

Referências

ABNT. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15220-2: Desempenho Térmico de Edificações/ Métodos de cálculo da transmitância térmica, da capacidade térmica, do atraso térmico e do fator solar de elementos e componentes de edificações. Rio de Janeiro. 2005a.

ABNT. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 15220-3: Desempenho Térmico de Edificações/ Zoneamento Bioclimático brasileiro e diretrizes construtivas para habitações unifamiliares de interesse social. Rio de Janeiro. 2005b.

AMADO, M. Wall-up: Method for the regeneration of settlements and housing in the Developing World. Sustainable Cities and Society, Amsterdã, v. 41, p. 22-34, Aug. 2018. DOI: https://doi.org/10.1016/j.scs.2018.05.024

ASHRAE. AMERICAN SOCIETY OF HEATING, REFRIGERATING AND AIR- CONDITIONING ENGINEERS. Standard 55-2017: Thermal Environmental Conditions for Human Occupancy. Atlanta: ASRAE 2017.

BRASIL Sem Frestas (Projeto). Curitiba, 2018. Disponível em: Acesso em: http://brasilsemfrestas.com.br/. Acesso em: 15 jul. 2020.

BRE, F.; FACHINOTTI, V. D. A computational multi-objective optimization method to improve energy efficiency and thermal comfort in dwellings. Energy and Buildings, v. 154, p. 283–294, nov. 2017. DOI: https://doi.org/10.1016/j.enbuild.2017.08.002

CARLUCCI, S.; CATTARIN, G.; CAUSONE, F.; PAGLIANO, L. Multi-objective optimization of a nearly zero-energy building based on thermal and visual discomfort minimization using a non-dominated sorting genetic algorithm (NSGA-II). Energy and Buildings, v. 104, p. 378–394, 2015. DOI: https://doi.org/10.1016/j.enbuild.2015.06.064.

CHEN, X.; YANG, H. Sensitivity analysis and optimization of a typical passively designed residential building with hybrid ventilation in hot and humid climates. Energy Procedia, v. 142, p. 1781–1786, Dec. 2017. DOI: https://doi.org/10.1016/j.egypro.2017.12.563.

COELLO, C. C.; LAMONT, G.B.; VAN VELDHUIZEN, D.A. Evolutionary algorithms for solving multi-objective problems. 2. ed. Boston: Springer, 2007. (Genetic algorithms and evolutionary computation. Series, 5).

DALBEM, R. Desempenho de edificação residencial no Sul do Brasil sob a ótica energética e econômica: da NBR 15575 à Passive House. 2018. 122 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2018. Disponível em: https://wp.ufpel.edu.br/prograu/files/2021/04/dissertacao_renata_dalbem_UFPEL.pdf. Acesso em: 8 abr. 2021.

DEB, K.; PRATAP, A.; AGARWAL, S.; MEYARIVAN, T. A fast and elitist multiobjective genetic algorithm: NSGA-II. IEEE transactions on evolutionary computation, v.6, n.2, p.182–197, 2002. DOI: https://doi.org/10.1109/4235.996017.

DIDONÉ, E. L.; PEREIRA, F. O. R. Simulação computacional integrada para a consideração da luz natural na avaliação do desempenho energético de edificações. Ambiente Construído, v.10, n.4, p. 139–154, 2010. DOI: https://doi.org/10.1590/S1678-86212010000400010.

EVINS, R. A review of computational optimisation methods applied to sustainable building design. Renewable and sustainable energy reviews, v.22, p. 230–245, 2013. DOI: https://doi.org/10.1016/j.rser.2013.02.004.

FAURE, G.; CHRISTIAANSE, T.; EVINS, R.; BAASCH, G.M. BESOS: A Collaborative Building and Energy Simulation Platform. In: ACM INTERNATIONAL CONFERENCE ON SYSTEMS FOR ENERGY-EFFICIENT BUILDINGS, CITIES, AND TRANSPORTATION, 6, New York. Proceedings [...]. New York: ACM, 2019. p. 350-351. DOI: https://doi.org/10.1145/3360322.3360995.

FIGUEIREDO, A.; KAMPF, J.; VICENTE, R. Passive House Optimization for Portugal: overheating evaluation and energy performance. Energy and Buildings, v. 118, p. 181-196, 2016. DOI: https://doi.org/10.1016/j.enbuild.2016.02.034.

FONSECA, L. P. G.; NUNES, V. D. L.; SANTANA, L. O.; CARLO, J. C.; Cesar Junior, K. M. L. Otimização multiobjetivo das dimensões dos ambientes de uma residência unifamiliar baseada em simulação energética e estrutural. Ambiente Construído, v. 17, n. 1, p. 267-288, 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/s1678-86212017000100135.

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO. Déficit habitacional no Brasil 2015. Belo Horizonte: FJP/ Diretoria de Estatística e Informações, 2018. 78 p. (Estatística & Informações, n. 6). Disponível em: http://www.bibliotecadigital.mg.gov.br/consulta/consultaDetalheDocumento.php?iCodDocumento=76871. Acesso em: 8 abr. 2021.

GOU, S.; NIK, V.M.; SCARTEZZINI, J. L.; ZHAO, Q.; LI, Z. Passive design optimization of newly-built residential buildings in Shanghai for improving indoor thermal comfort while reducing building energy demand. Energy and Buildings, v. 169, p. 484–506, June 2018. DOI: https://doi.org/10.1016/j.enbuild.2017.09.095.

IBGE. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Aglomerados Subnormais 2019: Classificação preliminar e informações de saúde para o enfrentamento à COVID-19. Notas Técnicas. Rio de Janeiro: IBGE, 2020a. 13 p. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101717_notas_tecnicas.pdf. Acesso em: 8 abr. 2021.

IBGE. INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Síntese de indicadores sociais: Uma análise das condições de vida da população brasileira: 2020. Rio de Janeiro: IBGE, 2020b. (Estudos e Pesquisas Informação Demográfica e Socioeconômica, n. 43). 153 p. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101760.pdf. Acesso em: 8 abr. 2021.

INMET. INSTITUTO NACIONAL DE METEOROLOGIA. Normais climatológicas: período 1981-2010. Brasília: INMET, 2010. Disponível em: https://portal.inmet.gov.br/normais. Acesso em: 8 abr. 2021.

INMETRO. INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL. Regulamento Técnico da Qualidade para o Nível de Eficiência Energética de Edificações Residenciais, RTQ-R. INMETRO, 2012. 136 p. (Anexo da Portaria INMETRO nº 018/2012). Disponível em: http://www.pbeedifica.com.br/sites/default/files/projetos/etiquetagem/residencial/downloads/RTQR.pdf. Acesso em: 8 abr. 2021.

JAHNKE, Karin A. Análise do desempenho térmico de painéis de vedação e mantas para subcobertura com a reutilização de embalagem LV. 2006. 125 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo. Centro Tecnológico. Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/88997. Acesso em: 8 abr. 2021.

LAMBERTS, R; DUARTE, V.C.P. Desempenho Térmico de Edificações: Disciplina: ECV 5161. Florianópolis: UFSC: Departamento de Engenharia Civil: LabEEE, 2016. 238 p. Disponível em: https://labeee.ufsc.br/sites/default/files/disciplinas/ApostilaECV5161_v2016.pdf. Acesso em: 8 abr. 2021.

LINCZUK, V. C. C.; BASTOS, L. E. G. Otimização multiobjetivo orientada ao desempenho térmico para o projeto de edificações de baixo consumo de energia na Região Sul do Brasil. Ambiente Construído, v.20, n.4, 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/s1678-86212020000400485.

MAGNIER, L. Multiobjective optimization of building design using artificial neural network and multiobjective evolutionary algorithms. 2008. Dissertação (Mestrado em Ciências Aplicadas = Degree of Master of Applied Science- Building Engineering) - The Department of Building, Civil and Environmental Engineering, Concordia University, Montréal/ Québec, 2008. Disponível em: https://spectrum.library.concordia.ca/id/eprint/976218/1/MR63229.pdf. Acesso em: 8 abr. 2021.

MAKACHIA, Peter A. Evolution of urban housing strategies and dweller-initiated transformations in Nairobi. City, Culture and Society. v. 2, n. 4, p. 219-234, Dec. 2011. DOI: https://doi.org/10.1016/j.ccs.2011.11.001.

NGUYEN, A. T.; REITER, S.; RIGO, P. A review on simulation-based optimization methods applied to building performance analysis. Applied Energy, v. 113, p. 1043-1058, Jan. 2014. DOI: https://doi.org/10.1016/j.apenergy.2013.08.061.

NICOL, Fergus. The limits to accepted indoor temperatures. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON COMFORT AT THE EXTREMES: Energy, Economy and Climate, 1., 2019, Dubai. Proceedings [...]. Dubai: Heriot Watt University, 2019. P. 23-31. Disponível em: https://windsorconference.com/wp-content/uploads/2019/04/CATE2019_Proceedings-compressed.pdf. Acesso em: 8 abr. 2021.

ONU-HABITAT. Déficit Habitacional em América Latina Y El Caribe: Una herramienta para el diagnóstico y el desarrollo de políticas efectivas em vivenda y hábitat. Nairobi; ONU-HABITAT, 2015. 82 p. Disponível em: https://unhabitat.org/deficit-habitacional-en-america-latina-y-el-caribe. Acesso em: 8 abr. 2021.

PAL, S. K.; TAKANO, A.; ALANNE, K.; SIREN, K. A life cycle approach to optimizing carbon footprint and costs of a residential building. Building and Environment, v. 123, p.146–162, 2017. DOI: 10.1016/j.buildenv.2017.06.051.

SALATA, F.; CIANCIO, V.; DELL’OLMO, J.; GOLASI, I.; PALUSCI, O.; COPPI, M. Effects of local conditions on the multi-variable and multi-objective energy optimization of residential buildings using genetic algorithms. Applied Energy, v. 260, 114289, 2020. DOI: https://doi.org/10.1016/j.apenergy.2019.114289 .

SANTANA, L. O. Otimização multiobjetivo da geometria de edificações residenciais energeticamente eficientes por meio de algoritmos genéticos. Viçosa, 2016. 81 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Departamento de Arquitetura e Urbanismo, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2016. Disponível em: https://locus.ufv.br//handle/123456789/11536. Acesso em: 8 abr. 2021.

SANTOS, Alyne R. C. Avaliação da emissividade de embalagens cartonadas por termografia e modelagem computacional. 2019. 67 f. Dissertação (Mestre em Ciências Ambientais) - Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu Mestrado em Ciências Ambientais, Universidade de Cuiabá, Cuiabá, 2019. Disponível em: https://repositorio.pgsskroton.com/handle/123456789/23094. Acesso em: 8 abr. 2021.

SEBBEN, T.; SILVA, T. L.; CUNHA, E. G. Análise do nível de conforto térmico em habitação vulnerável revestida com embalagens Tetra Pak® e proposições de projeto. In: ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO, 18., 2020, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: ANTAC, 2020. p. 1-8. Disponível em: https://eventos.antac.org.br/index.php/entac/article/view/896/553. Acesso em: 8 abr. 2021.

SOUSA, J. Energy simulation software for buildings: review and comparison. In: INTERNATIONAL WORKSHOP ON INFORMATION TECHNOLOGY FOR ENERGY APPLICATIONS, 1., 2012, Lisboa. Proceedings [...]. Lisboa: Ordem dos Engenheiros, 2012. Disponível em: http://ceur-ws.org/Vol-923/paper08.pdf. Acesso em: 8 abr. 2020.

WHO. WORLD HEALTH ORGANIZATION. Who housing and health guidelines. Genebra: WHO Press, 2018. Disponível em: https://www.who.int/publications/i/item/9789241550376. Acesso em: 8 abr. 2021.

YU, W.; LI, B.; JIA, H.; ZHANG, M.; WANG, D. Application of multi-objective genetic algorithm to optimize energy efficiency and thermal comfort in building design. Energy and Buildings, v. 88, p.135–143, 2015. DOI: https://doi.org/10.1016/j.enbuild.2014.11.063.

ZHOU, Y.; CAO, S.; KOSONEN, R.; HAMDY, M. Multi-objective optimization of an interactive building sharing network with high energy flexibility using the Pareto archive NSGAII algorithm. Energy Conversion and Management, v. 218, 113017, 2020. DOI: https://doi.org/10.1016/j.enconman.2020.113017.

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Copyright (c) 2022 PARC Pesquisa em Arquitetura e Construção

Downloads

Não há dados estatísticos.