Banner Portal
Da militância ao estudo do militantismo: a trajetória de um politólogo
Remote

Como Citar

TOMIZAKI, Kimi. Da militância ao estudo do militantismo: a trajetória de um politólogo. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 20, n. 2, p. 129–138, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643411. Acesso em: 30 maio. 2024.

Resumo

Bernard Pudal é professor de ciências políticas na Université de Paris X — Nanterre — e autor do livro Prendre parti — pour une sociologie historique du PCF (resultado da tese de doutorado que foi premiada pela Chancellerie des Universités de Paris em 1987), a partir do qual esse pesquisador iniciou uma extensa e rica produção intelectual que, entre outras coisas, primou pela preocupação em não assumir uma postura analítica restritiva diante das múltiplas dimensões dos processos de politização. Sem dúvida alguma, é justamente essa maneira de conceber a análise das práticas de militância que dá sentido à inclusão de sua entrevista neste dossiê.
Remote

Proposições utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.