Banner Portal
Professora e pesquisadora: um encontro na sala de aula
Remote

Palavras-chave

Formação. Pesquisa. Alteridade

Como Citar

CHALUH, Laura Noemi. Professora e pesquisadora: um encontro na sala de aula. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 20, n. 1, p. 225–239, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643444. Acesso em: 18 jun. 2024.

Resumo

Estive inserida como pesquisadora em uma escola de Ensino Fundamental da Rede Municipal de Campinas-SP de 2003 a 2005. Opto, neste trabalho, por narrar o meu encontro em sala de aula com uma professora cujo trabalho acompanhei no ano letivo de 2004. Esta escolha está motivada por eu ter sido convidada por essa professora para participar semanalmente das suas aulas e pelas inquietações surgidas a partir do diálogo por nós estabelecido. Problematizo o lugar de uma pesquisadora quando entra na sala de aula, as expectativas da professora diante da presença da pesquisadora na sua sala e os sentidos produzidos pelos alunos com a presença de uma outra professora. A partir de uma pesquisa de orientação sócio-histórica, trago para reflexão a questão da alteridade e do diálogo, a fim de pensarmos na formação de professores e pesquisadores.

 

Abstract

During the period from 2003 to 2005 I worked as a researcher in an elementary school from the Municipal Education Network of Campinas. This paper is about my contact with a teacher whose classes I attended during the school year of 2004. This choice was motivated by this teachers invitation to participate in her classes on a weekly basis and by the doubts that arised from our dialogue. The condition of a researcher in a classroom, a teachers expectations in the presence of a researcher in her classroom and the students senses in the presence of another teacher are questioned. From a socio-historical research, the alterity and the dialogue issues are discussed to foster a reflection about teachers and researchers education.

Key words: Teacher education. Research. Alterity

Remote

Referências

AMORIM, Marília. Vozes e silêncio no texto de pesquisa em Ciências Humanas. Caderno de Pesquisa, n. 116, p. 7-19, julho 2002.

AMORIM, Marília. A contribuição de Mikhail Bakhtin: a tripla articulação ética, estética e epistemológica. In: FREITAS, M. T.; JOBIM E SOUZA, S.; KRAMER, S. (Org.). Ciências humanas e pesquisa: leitura de Mikhail Bakhtin. São Paulo: Cortez, 2003.

AMORIM, Marília. O pesquisador e seu outro: Bakhtin nas ciências humanas. São Paulo: Musa Editora, 2004.

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

BAKHTIN, Mikhail. Para uma filosofia do ato. Tradução de Carlos Alberto Faraco e Cristóvão Tezza, para uso didático e acadêmico, de Toward a philosophy of the act (Austin: University of Texas Press, 1993). Mimeo. (Original de 1926).

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. 7. ed. São Paulo: Editora Brasiliense, 1996. (Obras escolhidas. v.1).

CHALUH, Laura Noemi. Formação e alteridade: pesquisa na e com a escola, 2008. 318p. Tese (Doutorado em Educação) Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

CHALUH, Laura Noemi. Leitura e escrita: possibilidades para a reflexão. In: TOLEDO, G.; SOLIGO, R. (Org.) Porque escrever é fazer história. Campinas, SP: Graf. FE, 2005.

FREITAS, Maria Teresa. A abordagem sócio-histórica como orientadora da pesquisa qualitativa. Cadernos de Pesquisa, n. 116, p. 21-39, julho 2002.

FREITAS, Maria Teresa. A perspectiva sócio-histórica: uma visão humana da construção do conhecimento. In: FREITAS, Maria Teresa; JOBIM e SOUZA, Solange; KRAMER, Sonia (Org.). Ciências humanas e pesquisa: leitura de Mikhail Bakhtin. São Paulo: Cortez, 2003a (Coleção questões da nossa época. v. 107).

FREITAS, Maria Teresa. A pesquisa na perspectiva sócio-histórica: um diálogo entre paradigmas. 2003b. Disponível em: <http://www.anped.org.br/reunioes/26/outrostextos/ semariateresaassuncaofreitas.rtf.>. Acesso em: maio de 2007.

FREITAS, Maria Teresa. Nos textos de Bakhtin e Vygotsky: um encontro possível. In: BRAIT (Org.). Bakhtin, dialogismo e construção do sentido. Campinas: Editora da Unicamp, 1997.

GARCIA, Regina Leite. A difícil arte/ciência de pesquisar com o cotidiano. In: GARCIA, Regina Leite (Org.). Método; métodos; contramétodos. São Paulo: Cortez, 2003.

GERALDI, João Wanderley. A diferença identifica. A desigualdade deforma. Percursos bakhtinianos de construção ética e estética. In: FREITAS, Maria Teresa; JOBIM e SOUZA, Solange; KRAMER, Sonia. (Org.): Ciências humanas e pesquisa: Leituras de Mikhail Bakhtin. São Paulo: Cortez, 2003a. p.39-56.

GERALDI, João Wanderley. Paulo Freire e Mikhail Bakhtin, o encontro que não houve. In: ALMEIDA, N. S. Leitura: um cons/certo. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2003b.

GERALDI, João Wanderley. Encontro na alteridade: um diálogo entre Vigotski e Bakhtin. In: BENITES, Maria. FICHTNER, Bernd; GERALDI, João Wanderley. Transgressões convergentes Vigotski, Bakhtin e Bateson: coletânea de textos. Campinas, SP: [s.n.], 2005. p. 100-111. (Referência com base nos originais).

GINZBURG, Carlo. Sinais. Raízes de um paradigma indiciário. In: GINZBURG, Carlo. Mitos, emblemas, sinais: morfologia e história. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

JOBIM e SOUZA, Solange. Mikhail Bakhtin e Walter Benjamin: polifonia, alegoria e o conceito de verdade no discurso da ciência contemporânea. In: BRAIT, B. (Org.) Bakhtin, dialogismo e construção do sentido. Campinas, São Paulo: Editora da Unicamp, 1997.

LARROSA, Jorge. Notas sobre a experiência e o saber da experiência. In: GERALDI, Corinta Maria Grisolia; RIOLFI, Claudia Rosa; GARCIA, Maria de Fátima (Org.). Escola viva: elemento para a construção de uma educação de qualidade social. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2004a. p.113-132.

LARROSA, Jorge. Experiencia y alteridad en educación. [Buenos Aires: FLACSO, 2006] Disponível em: <http://virtual.flacso.org.ar/mod/book/print.php?id=3908>. Acesso em: 16 de maio de 2006.

LARROSA, Jorge. Pedagogia profana: danças, piruetas e mascaradas. Tradução de Alfredo Veiga-Neto, 4. ed., 2ª imp. Belo Horizonte: Autêntica, 2004b.

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE CAMPINAS. Educação Municipal investe em formação para reduzir repetência. Notícias da educação, 04 fev. 2004. Disponível em: <http://www.campinas.sp.gov.br/smenet/noticias/noticia_2004_02_04b.htm>. Acesso em 10 de março de 2004

Proposições utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.