Materialidade da cultura escolar. A importância da museologia na conservação/comunicação da herança educativa

Autores

Palavras-chave:

Culrura marerial. Património. Herança educariva. Museologia da educação. Memórias

Resumo

Na abordagem da marerialidade da culrura escolar,parrimos das noções de passado, memórias, recordação e dos conceiros de culrura marerial, parrimónio e herança t:ducariva, para inscrever as produções escolares como um parrimónio marerial e imarerial, consriruindo uma herança a preservar. Como qualquer acrividade humana, a educação escolar urilizou e produziu arrefacros, gesros, lugares concreros e simbólicos, alojados na sociedade e na menralidade de cada época e com ela manrendo a osmose, que lhe permiria exisrir. Conservar, conhecer, criricar e comunicar a herança da acrividade educariva, hoje indispensável nas nossassociedades, exige invesrigação hisrórica e cuidados específicos. Conservar os arquivos escolares e musealizar objecros da acrividade escolar aparecem como rarefas que os historiadores da educação não podem descurar. Esra tem sido a nossa experiência em diversos projectos de invenrariação do espólio de escolas do 10Ciclo do Ensino Básico em Porrugal.

Abstract:

On rhe approach ro culrural scholar marerialiry, we begin wirh pasr norions, memories, recollections and marerial culrural conceprs, i.e., rhe educarive herirage and legacy,to register scholar producrions as a marerial and immarerial herirage. Through this process ir becomes a legacy to preserve. As any orher human acriviry, the scholar educarion used and produced arrefacrs, gesrures, concrere and symbolic places, lodged in sociery and in the menrality of rhe period, keeping an osmosis which allows ir to exisr.To preserve, ro know, ro criticize and ro communicare rhe herirage of rhe educarional acriviry, essenrial on today's society, demands an hisrorical invesrigarion and specific care. To preserve scholar activities and objects from rhe educarional activiry, are chores which cannor be disregarded by educarional hisrorians, such has been our experience in several projecrs on rhe invenrorying of primary schools assers.

Key words: Material culrure. Parrimony. Educarional heritage. Educarional museology. Memones

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Margarida Louro Felgueiras, Universidade do Porto

2002 – Doutoramento em Ciências da Educação - Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, Universidade do Porto, Portugal. 1979 – Licenciatura em História - Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Portugal

Referências

ANDRÉS-GALLEGO, J. História da gente pOI/COimportante. Lisboa: Editorial Estampa, 1993.

BABELON, J.-P.; CHASTEL, ALa notion depatrimoine. Paris: Liana Levi, 1994, p.49.

CHILDE, V. Gordon. IntroduçãoàArqueologia.Lisboa: Publicações Europa-América, 1961, p. 9-20.

CUCHE, D. A noçãode Cltltttranas CiênciasSociais.Lisboa: Fim de Século Edições, 1999.

FERNANDES, Rogério. A História da Educação e o Saber Histórico. Conferência proferida no congresso O Ensino da História: problemas da diddctica e do saber histórico. Lisboa/ Porto: AP.H. Our.1997, p.lO-lI.

FERRElRA, AG. (org.) Escolas,Culturas e identidades. III Congresso Luso-Brasileiro de História da Educação. Comunicações- 3 vol. Coimbra: Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação, 2004.

GONÇALVES, A Custódio. Questõesdeantropologiacultural esocial.Porto: Afrontamento, 19')2, p. 127-130.

MARROU, H.-!. Do conhecimento histórico. Lisboa: Editorial Aster, s.d.

MEYER, J.W; RAMlREZ, F. O.; SOYSAL, Y. N. World Expansion ofMass Education, 1870-1980. Soci%gy of Edllcation, 1992, v. 65, pp.128-149.

GASSET, J.Onega. História como sistema. Madrid: Editora Revista Ocidente, 1970.

PESEZ,J.-Marie. Histoire de Ia culture matérielle. In: LE GOF. J.(dir.).LaNouvelleHistoire. Paris: Retz-CEPL, 1978, p. 130.

THINES, G.; LEMPEREUR, A. (dir.). Diciondrio Geral das Ciências HUmarltlS.Lisboa: Edições 70, 1984, p. 231.

UNESCO. Convençãopara a protecção dopatrimónio cultttral e natural mundial 1972.

Downloads

Publicado

2016-03-01

Como Citar

FELGUEIRAS, M. L. Materialidade da cultura escolar. A importância da museologia na conservação/comunicação da herança educativa. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 16, n. 1, p. 87–102, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643756. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê