Psicologia e Licenciatura: crenças, dilemas e contribuições

Autores

  • Ana Maria Falcão de Aragão Sadalla Universidade Estadual de Campinas

Palavras-chave:

Psicologia Educacional. Licenciarura. Cursos de graduação. Crenças

Resumo

Uma das contribuições que a Psicologia oferece à formação de professores é a análise das crenças - idéias sobre experiências que afetam diretamente as ações - dos envolvidos nesse processo. Este trabalho teve como proposta identificar não apenas as crenças de licenciandos de uma universidade pública acerca dos saberes que julgavam necessários para a atuação docente, mas também as contribuições da Psicologia para sua docência. A análise dessas crenças apontou para a necessidade de uma gestão pedagógica democrática, como base para reflexão, diálogo, trabalho coletivo, formação de senso crítico, formação contínua e respeiro às diferenças como forma de promover auronomia profissional. É fundamental que se tenha um novo olhar sobre a disciplina Psicologia da Educação, presente nos cursos de Licenciarura, concebendo-a como uma disciplina que, dotada de conhecimentos pCl)prios, considere tanto os farores psicológicos, quanto a realidade dos processos educativos, admitindo-os numa inter-relação, ao invés de uma simples aplicação de teorias à prática educativa.

Abstract:

One of (he contriburions oHcred by Psychology ro the formation of teachers is rhe analysis of bcliefs - ideas about experiences that directly affecr the action - of those involved in rhis processoThis work was aimed at identifYing bcliefs oflicenciaring students from a public universiry, regarding the knowledge thought as necessary for the teaching practice and rhe contriburions of Psychology ro teaching. The analysis of these beliefs indicated the need for a democratic pedagogic management as a basisfor reflection, dialogue, group work, devclopment of critical sense, continuous formation and respect for the differences as a way of promoting professional auronomy. Ir'sextremely necessary to regard educational psychology, present in licenciateship courses (graduation courses) as a discipline which, endowed with its own knowledge, takes into account not only the psychological aspects, but also the facts of the learning processes, taking them rogether inter-related, instead of regarding them as a simplc application of theories ro the educational practicc.

Key words: Educational Psychology. Licenciateship courses. Graduatio. Courses. Beliefs

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Maria Falcão de Aragão Sadalla, Universidade Estadual de Campinas

Possui graduação em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1981), Licenciatura em Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (1980), mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1989) e doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1997). Livre-docente em Psicologia Educacional pela Unicamp (2010). Bolsista Produtividade em Pesquisa pelo CNPq (2008-2016). Realizou estágio pós-doutoral pelo Departamento de Didáctica e Tecnologia Educativa da Universidade de Aveiro (Portugal), em 2006-2007.

Referências

BZUNECK, José AJoyseo.A PsicologiaEducacional e a Formação de Professores:Tendências Contemporâneas. PsicologiaEscolare Educacional. v.3, n.l, pAI-52, 1999.

COLL, C Psicologia e educação: aproximação aos objetivos e conteúdos da Psicologia da Educação. In: COLL; PALACIOS e MARCHESI (org.). Desenvolvimento psicológico e educação- Psicologiada Educação. Porto Alegre: Artes Médicas, v.2. 19%.

DIAS-DA-SIlYA, M.H.G.E Sabedoria Docente: repensando a prática pedagógica. Cadernos de Pesquisa. n. 48, 1994.

GATTI, Bernadete. Formaçãodeprofessorese carreira.Campinas: Autores Associados, 2000.

GERALDI, CM.G., FIORENTINI, D. e PEREIRA, E.M.A. (org.). Cartografias do trabalho docente:professor(a)-pesquisador(a).Campina:s: Mercado de Letras eAssociação de Leitura do Brasil, 1998.

LAROCCA, Priscila. A Psicologiana FormaçãoDocente. Campinas: Editora Alínea, 1999.

MONTEIRO, Ana Maria Ferreira da Costa. Professores: entre saberes e práticas. Revista Educação e Sol'ÍetÚlde.Campinas: Cedes, 2001, n.74.

NUNES, Célia Maria Fernandes. Saberes docentes e formação de professores: um panorama da pesquisa brasileira. Revista Educação e Sociedade. Campinas: Cedes, 2001, n.74.

PEREIRA, Júlio Emílio. A formação de professores nas licenciaturas: velhos problemas, novas questões. Anais do IX ENDIPE. Águas de Lindóia: 1998, v. 11.

PEREIRA, Júlio Emílio. Formação de Professores:pesquisa, representaçõese poder. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

PIMENTA, Selma Garrido. Formação de professores - Saberes da Docência e Identidade do Professor".RevistadaFaculrladedeEducaçãoda USP.São Paulo, 1996, v.22, n.2 PERRENOUD, Philippe. Ensinar:agir na urgência,decidir na incerteza. São Paulo: Artmed, 2001.

RAYMOND, A.M.; SANTOS, V. Preservice elementary teachers and self-reflection: how innovation in Mathematics teacher preparation challenges mathematics beliefs. Journal of TeacherEducation, jan-feb, vol 46, n.l. 1995.

SADALLA, A.M.F.A.; AZZI, R., Contribuições da afetividade para a Educação. In: RIBEIRO DO VALLE (org.). TemasMultidisciplinares de Neuropsicologia eAprendizagem.

São Paulo: Robe EditOrial, 2003.

SADALLA, AM.F.A; SARETTA, P.;ESCHER,C.A, Análise de Crenças e SuasImplicações para a Educação. In: AZZI; SADALLA (org.). Psicologiae Formação Docente: desafios e conversas.São Paulo:Casa do Psicólogo,2002.

SIMÃO, L.M. Estudo descritivo de relações professor-aluno I: a questão do procedimento de coleta de dados. Psicologia,São Paulo, 8(2): 19-38, 1982 a.

SIMÃO. L.M. EstUdo descritivo de relações professor-aluno 11:alguns resultados. Psicologia, São Paulo, 8(3): 37-59,1982 b.

TUNES, E. Identificação da natureza e origem das dificuldades de alunos de pós-graduação para formularem problemas de pesquisa, através de seus relaros verbais. 1981. Tese (DoutOrado) - Universidade de São Paulo.

ZANELLI, J.c. Formação profissional e atividades de trabalho: análise das necessidades identificadas por psicólogos organizacionais. Tese (DoutOrado). 1992. Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP.

Downloads

Publicado

2016-03-01

Como Citar

SADALLA, A. M. F. de A. Psicologia e Licenciatura: crenças, dilemas e contribuições. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 16, n. 1, p. 241–257, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643768. Acesso em: 5 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos