Banner Portal
Diferença sexual, dimensão interpessoal e afetividade nos contextos educacionais para a infância
PDF

Palavras-chave

Relações de gênero. Creche. Pré-escola. Itália. Criança pequena. Educação infantil. Pedagogia'da diferença

Como Citar

CIPOLLONE, Laura. Diferença sexual, dimensão interpessoal e afetividade nos contextos educacionais para a infância. Pro-Posições, Campinas, SP, v. 14, n. 3, p. 25–39, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643859. Acesso em: 15 jun. 2024.

Resumo

Na perspectiva da pedagogia da diferença, o artigo traz resultados de pesquisas realizadas em creches e pré-escolas italianas sobre a relação educadora-menina e educadoramenino, assim como entre meninos e meninas. Oferece, então, pistas para a programação de percursos educativos nestas instituições para delinear os contornos de formação da identidade feminina desde os primeiros anos de vida.

Abstract:

This study presents the results of the research performed in Italian childcare institutions and preschools regarding the girl-educator and boy-educator relationships, as well as the relation berween boys and girls, from the framework of the pedagogy of the difference. Therefore, it is a source of clues for programming the educational course to be taken in these institutions in order to oudine the formation of the feminine identiry since the first years of life.

Key-words: Gender relations. Childcare institution. Preschool. Italy. Small children. Early childhood education. Pedagogy of the difference

PDF

Referências

BECCHI, E. Per una controstoria delle bambine. Parescuolal4 Ia donna. Scandicci: Nuova Italia, 1986, p.31.

BECCHI, E.; BONDIOLI, A. Luoghi per crescere o scuole preelementari? Riforma della scuola,7/8,1989.

BERTOLINI, P.(org.). Comunicazione e infanzia. Bolonha: li Mulino, 1979.

BERTOLINI, P.;CALLARI GALLI, M. (org.). Come comunicano i bambini, Bolonha: li Mulino, 1980.

BOCCHETTI, A. La mia guerra. Memoria, 28 de maio de 1990, "Bambine, racconti d'infanzia", p. 45.

CALLARI GALLI, M. (org.). Voglia di giocare. Milão: Angeli, 1982.

CAMAIONI, L.; ATTILI, G. Cooperazione e non cooperazione: differenze sessuali nell'interazione tra coetanei. Età evolutiva. 1 de Novembro de 1978, p. 45.

CHODOROW; N. The reproduction of mothering. Berkeley: U.P., 1978.

DONATI, D. La scuola degli spechi. Cooperazione educativa, 1, 1984, p. 12.

GALLINO, Tilde Giani. I1sistema bambino. Turim: Bollati, Boringhieri, 1990.

GILLI GAN, C. Con voce di donna. Etica e formazione dellapersonalità. Tradução italiana. Milão: Feltrinelli, 1987.

GINZBURG,A. Dare corpo ai corpo. Cooperazioneeducativa, 1, 1984,p.7.

HINDE, R Relazioneinterpersonali e sviluppo infantile. Età evolutiva, 21, junho de 1985, p.5 IRIGA.RAY,L. Sessi e genealogia. Tradução italiana. Milão: LaTartaruga, 1989.

MURARa, L. Insegnare Ia libertà. Magistrale, 2, abril-junho, 1989, p.23. Muraro, L. lntellettuali e popolo. Rinascita, 22 de Julho de 1990.

MASSINI, M. F. Maschi e femmine: differenze nel comportamento spaziale in contesti diversi. Età evolutiva. 25 de outubro de 1986.

PENSO, D. Lo spazio dell'attesa. Cooperazioneeducativa, 6/7,1987, p. 34.

PIAGET, J. I1giudizio morale nel fanciullo. Florença: Giunti Barbera, 1972.

WALLON, H. I..:EvoluzionePsicologicadel Bambino. Tradução italiana. Turim: Boringhieri, 1973.

Proposições utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.