Piaget, Vygotsky, Wallon: Teorias psicogeneticas em discussão

  • Maria Thereza Coelho Souza Universidade Estadual de Campinas

Resumo

o

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Thereza Coelho Souza, Universidade Estadual de Campinas
Possui Graduação em Psicologia pela Universidade de São Paulo (1979), Mestrado, Doutorado e Livre Docencia (1984; 1990 e 2007) em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo. Realizou estágio de pesquisa no exterior na cidade de Lausanne, Suiça, em junho de 2004. Foi professora convidada do Departamento de Psicologia da Universidade de Fribourg, Suiça, em 2006 e 2009. Desde 2007 é Professora Livre Docente do Departamento de Psicologia da aprendizagem, do desenvolvimento e da personalidade do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Psicologia do Desenvolvimento Humano, especialmente a partir da perspectiva de Jean Piaget, com ênfase em processos cognitivos e afetivos do desenvolvimento humano, estudando principalmente os seguintes temas: afetividade, inteligência, desenvolvimento em diferentes contextos, transtornos de desenvolvimento e trajetória; É lider do grupo de pesquisas Afetividade e Cognição e membro dos grupos Contextos sociais de desenvolvimento: aspectos evolutivos e culturais e Nucleo Ciencia pela Infância (NCPI), cadastrados no Diretório de grupos de pesquisa do CNPq. É parecerista de diversas revistas cientificas e da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo).
Publicado
2016-03-17
Como Citar
Souza, M. T. C. (2016). Piaget, Vygotsky, Wallon: Teorias psicogeneticas em discussão. Pro-Posições, 4(3), 80-82. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8644352
Seção
Leituras e Resenhas