O "modelo japonês" e a educação do trabalhador

  • Eneida Oto Shiroma Universidade Estadual de Campinas

Resumo

o

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eneida Oto Shiroma, Universidade Estadual de Campinas
Possui doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1993) e doutorado sanduíche em Industrial Relations na London School of Economics And Political Sciences (1992). Realizou pós-doutorado na Universidade de Nottingham e na Univerisdade de Oxford. É Professora Titular da Universidade Federal de Santa Catarina e vice-líder do Grupo de Estudos sobre Política Educacional e Trabalho (GEPETO). Foi Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Educação da UFSC (2006-2008), Coordenadora do Fórum Sul de Coordenadores de Programas de Pós-graduação em Educação (2007-2008) e Editora Associada da Revista Perspectiva (2011- 2012). Tem experiência na área de Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: política educacional, trabalho e educação, redes de políticas públicas.
Publicado
2016-03-22
Como Citar
Shiroma, E. O. (2016). O "modelo japonês" e a educação do trabalhador. Pro-Posições, 2(2), 61-67. Recuperado de https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8644456
Seção
Artigos