Colônia correcional de Dois Unidos: comunidade e repressão em Pernambuco

Autores

  • Elaine Michelly da Silva Faculdades Integradas da Vitória de Santo Antão
  • Matheus Amilton Martins Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.20396/rap.v8i2.8635654

Palavras-chave:

Ditadura civil-militar brasileira. Abusos policiais nos regimes de exceção. Colônia Penal de Dois Unidos

Resumo

O presente trabalho tenciona apresentar um estudo de caso sobre a colônia penal localizada no bairro de Dois Unidos, Recife. Para sua inserção no contexto pré-golpe de 64, buscamos o entendimento das ações da SSP-PE sob a gestão do Cel. Costa Cavalcanti, a fim de apreender os panoramas de sua construção e uso, entendendo suas relações com o bairro em que se localiza.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elaine Michelly da Silva, Faculdades Integradas da Vitória de Santo Antão

Graduação em História pela Universidade Federal de Pernambuco(2014). Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil.

Matheus Amilton Martins, Universidade Federal de Pernambuco

Licenciatura em História pela Universidade Federal de Pernambuco no ano de 2014 ( semestre 2013.2). Mestrando História na área de Cultura, Memória e Cidade pela Universidade Estadual de Campinas. Aluno vinculado ao PIBIC/CNPQ (voluntário) nos anos de 2011-2012; 2013-2014 . Estagiário do Arquivo do Tribunal de Justiça de Pernambuco (DIDOC/TJPE), trabalhando na catalogação documental, entre os anos de 2012-2014. Realizou o estágio de docência no Colégio de Aplicação da Universidade Federal de Pernambuco (CAP/UFPE) no ano de 2013. Desenvolveu, sob a orientação do prof. Dr. Renato Pinto (UFPE), a pesquisa de monografia intitulada: "Um toga para Bolívar: Usos do Passado a partir de seus escritos e de suas imagens", defendida em 2014.

Referências

BARCELLOS, F. H. G. Francisco Julião e as ligas camponesas: uma análise das narrativas e usos do passado, Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura, 2011. Disponível em http://www.iica.int/Esp/regiones/sur/brasil/Lists/Documentos-TecnicosAbertos/Attachments/452/Fernando_Henrique_Guimar%C3%A3es_Barcellos_-_NEAD_-_Artigo_Mem%C3%B3ria_Camponesa.pdf, acesso em 03 de fev. de 2014.

CARVALHO, C. P. Intelectuais, cultura e repressão política na ditadura brasileira (1964-1967): relações entre direito e autoritarismo. 2013. Dissertação (Mestrado em Direito). Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Direito. Universidade Nacional de Brasília, 2013.

CAVALCANTI,E. V. “Narrativas do medo: Histórias e memórias das ameaças comunistas em Pernambuco (1960 – 1964)”. In: X Encontro nacional de história oral: testemunhos; história e política, 2010, Recife: Anais eletrônicos. Recife, UFPE, 2010. Disponível em: http://www.encontro2010.historiaoral.org.br/resources/anais/2/1269101964_ARQUIVO_Narrativasdo-Medo.pdf>, acesso em 03 de fev. de 2014.

COELHO, F.V. Direita, volver: o golpe de 1964 em Pernambuco. 2.ed. Recife: Bagaço, 2012.

MONTENEGRO, A. T. “História política e cultura do medo”. In: Confluenze, Vol. 1, No. 2, pp 212-226, Dipartimentodi Lingue e Letterature Straniere Moderne, Universitàdi Bologna, 2009.

NASCIMENTO, D. F. do. “O Serviço Nacional de Informações (SNI) e a Polícia Militar de Pernambuco: O aparelhamento e centralização das forças de repressão”. In: XXVII Simpósio Nacional de História, ANPUH-Brasil, 2013, Natal: Anais eletrônicos. Disponível em http://snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1364836023_ARQUIVO_artigoanpuh.pdf, acesso em PROJETO CONTEMOS NOSSA HISTÓRIA, Memória dos trabalhadores metalúrgicos de São Paulo. Investigando os crimes da ditadura civil-militar. s/d. Disponível em: http://www.marxists.org/portugues/tematica/livros/diversos/investigando.pdf Acesso em 03 de fev. de 2014.

ROLLENBERG, D. “Esquerdas revolucionárias e luta armada”. In: FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucilia de Almeida Neves. O Brasil Republicano. O tempo da ditadura : regime militar e movimentos sociais em fins do século XX. 2. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

Downloads

Publicado

2015-06-01

Como Citar

SILVA, E. M. da; MARTINS, M. A. Colônia correcional de Dois Unidos: comunidade e repressão em Pernambuco. Revista Arqueologia Pública, Campinas, SP, v. 8, n. 2[10], p. 161–175, 2015. DOI: 10.20396/rap.v8i2.8635654. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/view/8635654. Acesso em: 18 out. 2021.