Dados científicos e a sociedade: reflexões sobre algumas crendices patrimoniais

Autores

  • Diego Lemos Ribeiro Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/rap.v11i2.8651105

Palavras-chave:

Dados científicos.

Resumo

Bom dia a todos e a todas. Meu nome é Diego, como foi falado e, de partida, eu queria agradecer muitíssimo a oportunidade de estar aqui conversando com vocês, revendo antigos amigos, fazendo novos, enfim. Está sendo um aprendizado muito grande participar deste evento, e, inclusive, isso reverberou diretamente no próprio trabalho que passo a apresentar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Diego Lemos Ribeiro, Universidade Estadual de Campinas

Professor adjunto do curso de Bacharelado em Museologia - Departamento de Museologia da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Transcrição e adaptação realizadas por Caroline Pontes Ramos, estudante de Letras da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Revisão por Prof. Dr. Frederic M. C. Pouget.

Referências

BRULON, Bruno. Da artificação do sagrado nos museus: entre o teatro e a sacralidade. An. mus. paul., São Paulo, v. 21, n. 2, p. 155-175, Dec. 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-47142013000200006&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 17 nov. 2017. http://dx.doi.org/10.1590/S0101-47142013000200006.

CHAUÍ, Marilena. Nação como Semióforo. Perseu Abramo, 2000.

GOMES, C. R. O Pensamento de Waldisa Rússio Sobre a Museologia. Informação & Sociedade: Estudos, v. 25, n. 3, 2015. Disponível em: http://www.brapci.inf.br/v/a/19455. Acesso em: 17 Nov. 2017.

GONÇALVES, José Reginaldo Santos. O Espírito e a Matéria: O Patrimônio Enquanto Categoria de Pensamento, DP&A, 2003.

GONÇALVES, José Reginaldo Santos. Ressonância, materialidade e subjetividade: as culturas como patrimônios. Horiz. antropol., Porto Alegre , v. 11, n. 23, p. 15-36, June 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-71832005000100002.

GUARNIERI, Waldisa Rússio Camargo. Alguns aspectos do patrimônio cultural: o patrimônio industrial (1983/1985). In: BRUNO, Maria Cristina Oliveira. (Org.). Waldisa Rússio Camargo Guarnieri: textos e contextos de uma trajetória profissional. v. 1. São Paulo: Pinacoteca do Estado; Secretaria de Estado de Cultura; Comitê Brasileiro do Conselho Internacional de Museus, 2010a. p. 147-159.

HUYSSEN, Andreas. Escapando da amnésia – o museu como cultura de massa. Memórias do modernismo. Rio de Janeiro: Editora da UFRJ, 1996.

HUYSSEN, Andreas. Twilight Memories: Marking Time in a Culture of Amnesia, Psychology Press, 1995.

MOSER, Stephanie. Wondrous Curiosities: Ancient Egypt at the British Museum, University of Chicago Press, 2006.

POMIAN, Krzysztof. Enciclopédia Einaudi, Porto: Imprensa Nacional/Casa da Moeda, 1984.

RENFREW, C.; BAHN, P. Archaeology: Theories, Methods and Practice, Thames & Hudson, Seventh Edition, 2016.

SHANKS, M.; TILLEY, C. Re-Constructing Archaeology: Theory and Practice, Cup Archive, 1987.

VALÉRY, Paul. Le problème des musées, Paris: Éditions Gallimard, 1960, p. 1290-1293.

BRUNO, Maria Cristina Oliveira. Museus de Arqueologia: uma história de conquistadores, abandono e mudanças. In: Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, n. 6, 1996.

CALDARELLI, S. B. A Arqueologia como Profissão. In: Anais do IX Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira. Rio de Janeiro: CDRom, 2000.

DIAS, Marjori Pacheco. Novos Métodos Curatoriais Aplicados aos Materiais Arqueológicos da Intervenção ao Acervo. VOL. I, 2013, Santa Maria, RS: Laboratório de Estudos e Pesquisas Arqueológicas Editores. 2014

Downloads

Publicado

2017-11-30

Como Citar

RIBEIRO, D. L. Dados científicos e a sociedade: reflexões sobre algumas crendices patrimoniais. Revista Arqueologia Pública, Campinas, SP, v. 11, n. 2[19], p. 264–289, 2017. DOI: 10.20396/rap.v11i2.8651105. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/view/8651105. Acesso em: 28 jan. 2023.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)