Educação Patrimonial e Arqueologia Preventiva:

uma experiência com a comunidade de Pitangueiras, Prados/MG

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/rap.v12i2.8652477

Palavras-chave:

Arqueologia, Educação Patrimonial, escola, escavação arqueológica, Pitangueiras

Resumo

Este artigo tratará sobre a Educação Patrimonial realizada no âmbito do projeto de resgate dos sítios arqueológicos SAPH Evangelista, SAPH Igrejinha, SA Ribeirão do Elvas, SAH Conjunto de canais históricos. As ações foram realizadas na Escola Estadual Francisco Antônio Pires, em Barroso/MG, e na Escola Municipal Aquino Carlos, comunidade de Pitangueiras – Prados/MG. A primeira instituição foi escolhida visto a fábrica da empresa responsável pelo empreendimento se localizar no município, enquanto a segunda se deu pela proximidade com os sítios arqueológicos, menos de 1km. A vicinalidade com os sítios arqueológicos possibilitou a realização de uma gama de ações de Educação Patrimonial, como: palestras para alunos, professores e comunidade; oficina de escavação arqueológica; oficina de pintura rupestre; e visita ao sítio arqueológico SAPH Igrejinha. Assim, apresentam-se os resultados das ações realizadas e a proximidade criada entre alunos, comunidade e o patrimônio cultural.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARBOSA, M. C. S. Por amor e por força: rotinas na Educação Infantil. Porto Alegre: Artmed, 2006.

BRASIL. Constituição, 1988.

______________. Decreto-Lei n° 25, de 30 de novembro de 1937.

______________. Decreto-Lei n° 3.551, de 04 de agosto de 2000.

______________. Lei n° 3.924 de 26 de julho de 1961.

______________. Lei n° 9.605, de 12 de fevereiro de 1998.

______________. Portaria Interministerial n° 419, de 26 de outubro de 2011.

CAMPOS, J. B.; SANTOS, M. C. P.; PESTANA, M. B.; SANTOS, J.; MATIAS, C. P. P. Patrimônio e cidadania: A Educação Patrimonial nas escolas e a formação cidadã. Revista Memorare, Tubarão, SC, v. 3, n. 1, p. 95-113, jan./abr. 2016.

CASCO, A. C. A. J. Educação Patrimonial e Sociedade. Patrimônio: Revista Eletrônica do IPHAN. N. 03, Jan – Fev. 2006.

GAZZÓLA, L. Educação Patrimonial: Teoria e Prática. IX congresso Nacional de Educação – EDUCERE, PUC – PR, 26 a 29 de outubro de 2009.

HORTA, M. L. P. Educação Patrimonial. In: I Seminário sobre o Uso Educacional de Museus e Monumentos, 1983, Petrópolis. I Seminário Uso Educacional de Museus e Monumentos. Petrópolis: Museu Imperial/ Fundação Nacional pro--Memória/ Secretaria da Cultura/ MEC, 1983. v. 0. p. 2-10.

HORTA, M. L. P.; GRUNBERG, E.; MONTEIRO, A. Q. Guia Básico de Educação Patrimonial. Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Museu Imperial – Brasília, 2006. 67 p.

INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS MINERAIS RENOVAVEIS – IBAMA. Resolução CONAMA n° 001, de 23 de janeiro de 1986

INSTITUTO DE PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL - IPHAN. Educação Patrimonial: Histórico, conceitos e processos, 2014.

______________. Portaria n° 07, de 01 de dezembro de 1988.

______________. Portaria n° 230, de 17 de dezembro de 2002.

______________. Portaria n° 28, de 31 de janeiro de 2003.

MONTEIRO OLIVEIRA, L.; LOURES OLIVEIRA, A.P.P. 2004. Educação Patrimonial, Memória e Saberes Coletivos. Revista de Arqueologia SAB, 2004:17(75-84).

SABALLA, V. A. Educação Patrimonial: “Lugares de Memória”. Revista Mouseion, v. 1, Canoas: Unilasalle, junho/2007.

SILVEIRA, F. L. A.; BEZERRA, M. IN: Antropologia e Patrimônio Cultural: Diálogos e Desafios Contemporâneos (Org. FILHO, M. F. L; BELTRÃO, J.F.; ECKERT, C.). Associação Brasileira de Antropologia. Blumenau, Nova Letra, 2007. 368p. 81-97.

Downloads

Publicado

2018-12-27

Como Citar

ENÉAS, P. E. de O.; NORONHA, I. de O. Educação Patrimonial e Arqueologia Preventiva: : uma experiência com a comunidade de Pitangueiras, Prados/MG. Revista Arqueologia Pública, Campinas, SP, v. 12, n. 2[21], p. 141–160, 2018. DOI: 10.20396/rap.v12i2.8652477. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/view/8652477. Acesso em: 27 jan. 2021.

Edição

Seção

Artigos