Banner Portal
Patrimônio-gerador
PDF

Palavras-chave

Paulo Freire
Educação patrimonial
Inventário participativo
Patrimônio-gerador
Patrimônio cultural

Como Citar

DEMARCHI, J. L. Patrimônio-gerador: perspectivas de Paulo Freire no patrimônio cultural. Revista Arqueologia Pública, Campinas, SP, v. 16, n. 2, p. 71–83, 2021. DOI: 10.20396/rap.v16i2.8666577. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rap/article/view/8666577. Acesso em: 22 fev. 2024.

Resumo

O patrimônio cultural é um campo de conflito. Os grupos sociais que compõem a elite brasileira determinaram os critérios que legitimam o que pode ser reconhecido como patrimônio e, por consequência, se beneficiam dessa valoração. A educação bancária voltada ao patrimônio reforça o poder simbólico dos bens protegidos, enquanto serve para justificar a dominação de uns sobre os outros. A partir do referencial teórico de Paulo Freire, esse artigo procura denunciar as situações-limite do patrimônio e da chamada educação patrimonial. Mas também pretende anunciar as centelhas de possibilidades de atuação para um patrimônio transformador e dialógico contido em textos oficiais a partir da Constituição de 1988. Na construção teórica dessa perspectiva democrática, é apresentado o conceito de patrimônio-gerador, baseado na teoria de Paulo Freire.

https://doi.org/10.20396/rap.v16i2.8666577
PDF

Referências

ALVES, Rubem. Um céu numa flor silvestre: a beleza em todas as coisas. Campinas: Versus, 2005.

BENJAMIN, Walter. Sobre o conceito da História. In: _______. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre a literatura e história da cultural. Trad. Sérgio Paulo Rouanet. São Paulo Brasiliense, 2012, pp. 241-252.

BITTENCOURT, Agueda B. Um documento histórico: parecer do Conselho Diretor da Unicamp sobre Paulo Freire. Pro-posições, v. 25, n. 3 (75), p. 251-257, set.-dez./2014. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pp/a/Mx4rxJXXw4ScPX358SG3zYj/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 01 ago. 2021.

BIONDO, Fernanda Gabriela. Desafios da educação no campo do patrimônio cultural: Casas do Patrimônio e redes de ações educativas. Rio de Janeiro, 2016. 201 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Preservação do Patrimônio Cultural) – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Fernanda%20Biondo_Dissertação%20completa.pdf . Acesso em: 01 ago 2021.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988.

CHAUI, Marilena. A ideologia da competência. Org. André Rocha. Belo Horizonte: Autêntica; São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2014. (Escrito de Marilena Chaui, 3).

DEMARCHI, João Lorandi. O que é, afinal, a educação patrimonial? uma análise do Guia Básico de Educação Patrimonial. Revista CPC, [S. l.], v. 13, n. 25, p. 140-162, 2018. DOI: 10.11606/issn.1980-4466.v13i25p140-162. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/cpc/article/view/144337. Acesso em: 1 ago. 2021.

DEMARCHI, João Lorandi. Referências culturais da escola, na escola: contribuições do Projeto Interação para a educação patrimonial. 2020. Dissertação (Mestrado em Geografia Humana) - Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2020. doi:10.11606/D.8.2020.tde-13082020-132634. Acesso em: 01 ago. 2021.

FREIRE, Paulo. “Não sou contra as cartilhas de alfabetização”. In: Nova Escola, n. 1 (3), abril/1986.

FREIRE, Paulo. Política e educação. 8. ed. rev. e amp. Indaiatuba, SP: Villa das Letras, 2007. (Coleção Dizer a Palavra, 1).

FREIRE, Paulo. Pedagogia da solidariedade: América Latina e Educação Popular. Transcrição e trad. Walter Ferreira de Oliveira. Indaiatuba, SP: Villa das Letras, 2009. (Coleção Dizer a Palavra, 3)

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. 5.ª ed. São Paulo: Cortez, 2011a. (Coleção questões da nossa época, v. 22).

FREIRE, Paulo. Cartas à Guiné-Bissau: registros de uma experiência em processo. 5. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011b.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 2011c.

FREIRE, Paulo. À sombra desta mangueira. 11. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013a.

FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação? Trad. Rosiska D. de Oliveira. 16ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013b.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 57. ed. rev. e atual. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2014.

FREIRE, Paulo. Ação cultural para a liberdade e outros escritos. 15. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2015.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. 23. ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2016a.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da indignação: cartas pedagógicas e outros escritos. Organização Ana Maria Araújo Freire Freire. 3. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2016b.

FREIRE, Paulo. Professora sim, tia não: cartas a quem ousa ensinar. 26. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2016c.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do compromisso: América Latina e Educação Popular. Organização Ana Maria Araújo Freire. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2018.

FREIRE, Paulo; FAUNDEZ, Antonio. Por uma pedagogia da pergunta. Rev. tec. e trad. Heitor Ferreira da Costa. 8. ed. Rio de Janeiro/São Paulo: Paz e Terra, 2017.

FREIRE, Paulo; GUIMARÃES, Sérgio. A África ensinando a gente: Angola, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe. 2. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

FREIRE, Paulo; GUIMARÃES, Sérgio. Educar com a mídia: novos diálogos sobre educação. 2ª ed. São Paulo: Paz e Terra, 2021.

HADDAH, Sérgio. O educador: um perfil de Paulo Freire. São Paulo: todavia, 2019.

INSTITUTO DO PATRIMONIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL. Educação Patrimonial: inventários participativos: manual de aplicação. Texto Sônia Regina Rampim Florêncio et al., Brasília, 2016a. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/publicacao/inventariodopatrimonio_15x21web.pdf . Acesso em: 01 ago. 2021.

INSTITUTO DO PATRIMONIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL. Portaria nº 137, de 27 de abril de 2016, Brasília: 2016b. Estabelece diretrizes de Educação Patrimonial no âmbito do Iphan e das Casas do Patrimônio. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Portaria_n_137_de_28_de_abril_de_2016.pdf. Acesso em: 01 ago. 2021.

KILOMBA, Grada. Memórias da plantação: episódios de racismo cotidiano. Trad. Jess Oliveira. Rio de Janeiro: Cobogó, 2019.

SMITH, Laurajane. El “espejo patrimonial”¿Ilusión narcisista o reflexiones múltiples? Antipoda Revista de Antropologia y Arqueología no. 12, Bogotá, Enero-Junio 2011, 262 pp. 39-63. Disponível em: http://www.scielo.org.co/pdf/antpo/n12/n12a04.pdf . Acesso em: 01 ago. 2021.

MARINS, Paulo César Garcez. Novos patrimônios, um novo Brasil? Um balanço das políticas patrimoniais federais após a década de 1980. Estudos Históricos, Rio de Janeiro: vol. 29, n. 57, pp. 9-28, jan-abril 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/eh/a/Yf6CPL5tL3bMZBm4993wDLL/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 01 ago. 2021.

MENESES, Ulpiano T. B. O campo do patrimônio cultural: uma revisão de premissas. In: Fórum Nacional Do Patrimônio Cultural: Sistema Nacional de Patrimônio Cultural: desafios, estratégias e experiências para uma nova gestão, I, 2009, Ouro Preto/MG. Anais… Brasília-DF: Iphan, vol. 1, 2012. p. 25-39. Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/4%20-%20MENESES.pdf . Acesso em: 01 ago. 2021.

SANTOS, Boaventura de Sousa. Para além do Pensamento Abissal: das linhas globais a uma ecologia dos saberes. Revista Crítica de Ciências Sociais, Coimbra, 78, p. 3-46, out. 2007. Disponível em: http://www.ces.uc.pt/myces/UserFiles/livros/147_Para%20alem%20do%20pensamento%20abissal_RCCS78.pdf . Acesso em: 24 jul. 2021.

SCIFONI, Simone. Educação e patrimônio cultural: reflexões sobre o tema. In: TOLENTINO, Atila B. (Org.). Educação Patrimonial: reflexões e práticas. João Pessoa: Superintendência do IPHAN-PB, p. 30-37, 2012. (Caderno Temático 2). Disponível em: http://portal.iphan.gov.br/uploads/publicacao/EduPat_EducPatrimonialReflexoesEPraticas_ct1_m.pdf . Acesso em: 01 ago. 2021.

STRECK, Danilo R.; REDIN, Euclides; ZITKOSKI, Jaime J. (Org.). Dicionário Paulo Freire. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2017.

WALLACE, David F. Ficando longe do fato de já estar meio longe de tudo. Trad. Daniel Galera e Daniel Pellizzari. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

ZITKOSKI, Jaime J. Paulo Freire & Educação. 2ª ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2010. (Pensadores & Educação).

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2021 Revista Arqueologia Pública

Downloads

Não há dados estatísticos.