Chororô, sabidão e poetaço

Autores

  • Pedro Marques Universidade Federal de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.20396/remate.v34i2.8635870

Palavras-chave:

Poesia. Prosa. Chororô.

Resumo

Um naco de poesia e ensino. Três dentes de troça que isso é do homem, diz Rabelais. Desde que mirei a poesia, corro de chororô, sabidão e poetaço como sabiá da gaiola. “Poesia não deve dar nada”. “Ninguém lê”. “Vai de prosa”. “Máquina de sentir ou pensar”. “Vide teoria, crença”. “É Pound, é pedra, é o fim...” Queixume de plantão, frases formulares, tipo autoajuda intelectual tão longe do coletivo quão perto do totalitário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Marques, Universidade Federal de São Paulo

Professor de Literatura Brasileira da EFLCH-UNIFESP. Bacharel e Licenciado em Letras pelo IEL-UNICAMP (2000). Mestre (2003) e Doutor (2007) em Teoria e História Literária pelo IEL-UNICAMP. Desde 2013, desenvolve pós-doutoramento multidisciplinar em Culturas e Identidades Brasileiras pelo IEB-USP. Ações e publicações voltadas, em geral, para composição e apreciação de poesia. Atuou na graduação, pós-graduação e extensão de instituições como UNICAMP e UNITAU. Atuou na gestão educacional de empresas como Anhanguera e Kroton. Editor das revistas de poesia Salamandra (2001), Camaleoa (2002) e Lagartixa (2003). Editor dos sites Poesia à Mão e Crítica&Companhia. Participou do volume Palavra Cantada: Ensaios sobre Poesia, Música e Voz (2008). Gravações em álbuns: A Cidade e seus Compositores (Helena Porto, 2009), SM, XLS (Juliana Amaral, 2012), Vias de Encontro (Rodrigo Duarte, 2014) e Correnteza de Ar (Martina Marana, 2014). Livros: Antologia da Poesia Romântica Brasileira (crítica e organização, 2007), Antologia da Poesia Parnasiana Brasileira (crítica e organização, 2007), Manuel Bandeira e a Música (ensaio, 2008), Clusters (poesia, 2010) e Olegário Mariano - Série Essencial da ABL (crítica e organização, 2012), A Formação Docente Interdisciplinar

Downloads

Publicado

2015-03-06

Como Citar

MARQUES, P. Chororô, sabidão e poetaço. Remate de Males, Campinas, SP, v. 34, n. 2, p. 655–657, 2015. DOI: 10.20396/remate.v34i2.8635870. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8635870. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Depoimentos