Banner Portal
Vidas secas: subalternidade, palavra e poder
PDF

Palavras-chave

Representação. Poder. Subalternidade. Graciliano Ramos. Vidas secas.

Como Citar

RIBEIRO, Gustavo Silveira. Vidas secas: subalternidade, palavra e poder. Remate de Males, Campinas, SP, v. 36, n. 2, p. 343–356, 2016. DOI: 10.20396/remate.v36i2.8647906. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8647906. Acesso em: 25 jun. 2024.

Resumo

O artigo pretende discutir o complexo problema da representação dos excluídos no Vidas secas, de Graciliano Ramos, a partir da análise da posição ambígua ocupada pelo narrador – ao mesmo tempo solidário e conscientemente distante do mundo empobrecido de seus personagens – e das implicações ideológicas (mas também estéticas) desse ambiguidade, que indica, segundo propomos, o esforço do autor em tornar visível a existência miserável dos retirantes, mas resguardando-os de uma representação autoritária, que mistificasse, naturalizando-a, a diferença irredutível que separa o universo letrado do narrador da vida silenciada e bruta dos personagens. A interlocução teórica principal se dará com os chamados Estudos da Subalternidade, particularmente com o trabalho de Gayatri Spivak.
https://doi.org/10.20396/remate.v36i2.8647906
PDF

Referências

ALMEIDA, Sandra Regina Goulart. Apresentando Spivak. In: Pode o subalterno falar? Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2010; pp. 7-18.

BOSI, Alfredo. Céu, inferno. São Paulo: 34, 2003.

BUENO, Luís. Uma história do romance de 30. Campinas: Ed. UNICAMP, 2006.

CANDIDO, Antonio. Ficção e confissão. São Paulo: 34, 1992.

DERRIDA, Jacques. Adeus a Emmanuel Lévinas. Trad. Fábio Landa. São Paulo: Perspectiva, 2004.

DERRIDA, Jacques. Margens da filosofia. Trad. Joaquim T. Costa. Campinas: Papirus, 1994.

MAGALHÃES, Belmira. Os desejos de sinha Vitória. Curitiba: HD Livros, 2001.

MOURÃO, Rui. Estruturas. Curitiba: Ed. UFPR, 2003.

RAMOS, Graciliano. Linhas tortas. São Paulo: Record, 2011.

RAMOS, Graciliano. Vidas secas. São Paulo: Record, 2008.

SCHWARZ, Roberto. Duas meninas. São Paulo: Companhia das Letras, 1997.

SCHWARZ, Roberto. Um mestre na periferia do capitalismo. São Paulo: 34, 2000.

SPIVAK, Gayatri. Pode o subalterno falar? Trad. Sandra Goulart. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2010.

VILLAÇA, Alcides. Imagem de Fabiano. Estudos Avançados, vol. 21, n 60, 2007, pp. 235-246.

Licença Creative Commons
O periódico Remate de Males utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.