Entre ovídio e pessoa

a “obra perfeita” de John Milton

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/remate.v41i2.8661491

Palavras-chave:

Milton, Ovídio, Pessoa

Resumo

Shakespeare, de acordo com Pessoa a partir de Rita Patrício, “é causa da ausência de construção a que a modernidade está condenada e que passa a caracterizá-la. Nessa medida, Pessoa retoma a imagem de Shakespeare como uma figura da modernidade que a representa no que esta tem de imperfeição construtiva” (PATRÍCIO, 2012:201). Poderíamos aproximar a expressão de Pessoa a Milton e considerá-lo um “supra-Ovídio” ou criador de uma “supra-Bíblia”. A escrita de Milton altera o cânone e questiona a auctoritas do texto religioso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Fernando Ferreira Sá, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutorado em Estudos Literários pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professor Titular da Faculdade de Letras (FALE) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Referências

ANTUNES, Madalena Lobo. Fernando Pessoa: entre Milton e Shakespeare. Revista Estranhar Pessoa, n. 3, out. 2016.

BOTHE, Pauly Ellen. Apreciações literárias de Fernando Pessoa. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2013.

DERRIDA, Jacques. Archive Fever: A Freudian Impression. Chicago: The University of Chicago Press, 1996.

DERRIDA, Jacques. Paper machine. Stanford: Stanford University Press, 2005.

KILGOUR, Maggie. Milton and the Metamorphosis of Ovid. Oxford: Oxford UP, 2012.

MILTON, John. John Milton: Paradise Regained, the Minor Poems and Samson Agonistes. New York: The Odyssey Press, 1937.

MILTON, John. The Complete Works of John Milton. 4 vols. Oxford: Oxford University Press, 2014.

PATRÍCIO, Rita. Episódios: Da Teorização Estética em Fernando Pessoa. Famalicão, Edições Húmus, 2012.

PESSOA, Fernando. Apreciações literárias de Fernando Pessoa. Lisboa: Imprensa Nacional, 2013.

TAYLOR, Anthony Brian (Ed.). Shakespeare’s Ovid. Cambridge: Cambridge UP, 2000.

THE ENGLISH Standard Version Bible: Containing the Old and New Testaments with Apocrypha. Oxford: Oxford UP, 2009.

Downloads

Publicado

2021-12-30

Como Citar

SÁ, L. F. F. Entre ovídio e pessoa: a “obra perfeita” de John Milton. Remate de Males, Campinas, SP, v. 41, n. 2, p. 337–352, 2021. DOI: 10.20396/remate.v41i2.8661491. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8661491. Acesso em: 23 maio. 2022.