Grande sertão

veredas como ficção de refundação nacional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/remate.v42i1.8666244

Palavras-chave:

Homoerotismo , Virtualidade, Grande sertão - Veredas

Resumo

O presente artigo revisita as teorias dos três amores de Grande sertão: veredas (os amores de Riobaldo por Otacília, Nhorinhá e Diadorim), para analisar o modo como a presença da donzela-guerreira (Diadorim) acaba gerando uma situação dramática no desenvolvimento do personagem-narrador do romance, que questiona o patriarcalismo e acaba por demandar uma outra ordem social à altura do amor alternativo representado por Diadorim.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alfredo César de Melo, Universidade Estadual de Campinas

Doutorado em Literaturas e Línguas Hispânicas pela Universidade da California. Professor Doutor do Departamento de Teoria Literária da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Brasil.

Referências

ALENCAR, José. O sertanejo. São Paulo: Ática, 1982.

BOLLE, Willi. grandesertão.br. São Paulo: Editora 34, 2004.

BRAGA, Teófilo. Romanceiro geral português: romances heróicos, novelescos de aventura. Lisboa: Manuel Gomes Editor, 1906.

GALVÃO, Walnice Nogueira. A donzela-guerreira: um estudo de gênero. São Paulo: Sesc SP, 1998.

IRWIN, Robert. Mexican masculinites. Minneapolis: University of Minnesota Press, 2003.

MELO, Alfredo César. Algumas relações intertextuais entre Euclides da Cunha e Guimarães Rosa. Revista do IEB, São Paulo, v. 53, 2011, pp. 69-88.

NUNES, Benedito. O dorso do tigre: ensaios. São Paulo: Perspectiva, 1969.

RONCARI, Luiz. O Brasil de Rosa: mito e história no universo rosiano. São Paulo: Editora da Unesp, 2004.

SOMMER, Doris. Foundational Fictions: The National Romances in Latin America. Berkeley: University of California Press, 1993.

STARLING, Heloísa. Lembranças do Brasil: teoria política, história e ficção em Grande sertão: veredas. Rio de Janeiro: Revam/UCAM/IUPERJ, 1999.

ROSA, João Guimarães. Grande sertão: veredas. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1994.

Downloads

Publicado

2021-12-31

Como Citar

MELO, A. C. de. Grande sertão: veredas como ficção de refundação nacional. Remate de Males, Campinas, SP, v. 41, n. 2, p. 489–501, 2021. DOI: 10.20396/remate.v42i1.8666244. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8666244. Acesso em: 23 maio. 2022.