Banner Portal
A inconstância da forma selvagem
PDF

Palavras-chave

Poesia modernista
Metamorfose
Autoria

Como Citar

ROSA, Victor Luiz da. A inconstância da forma selvagem: oito versões de "Cobra Norato". Remate de Males, Campinas, SP, v. 43, n. 2, p. 392–408, 2023. DOI: 10.20396/remate.v43i2.8672236. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/remate/article/view/8672236. Acesso em: 21 jun. 2024.

Resumo

Desde sua primeira publicação em 1931 até a morte de Raul Bopp, em 1984, Cobra Norato foi apresentado em oito diferentes versões. Quando se compara essas versões, logo se percebe que as alterações feitas pelo poeta foram contínuas, às vezes profundas e, mais do que isso, se relacionam de diferentes maneiras com a própria natureza do poema. Por outro lado, a crítica em torno de Cobra Norato, se já nas primeiras resenhas logo reconheceu a existência dessas alterações, jamais buscou compreender a sua natureza e as possíveis consequências desse singular procedimento. A partir de um comentário de Drummond, publicado em 1947, até as reflexões mais recentes sobre o poema, esse caráter metamórfico de Cobra Norato foi negligenciado ou diminuído, em privilégio sempre de uma única edição, tomada sempre como definitiva. O presente artigo, se não tem a ambição de fazer uma análise detalhada de todas as versões do poema, se propõe a especular sobre algumas das causas e dos efeitos dessas transformações, assim como discutir aspectos da singularidade do procedimento de Bopp. E defender a hipótese de que as contínuas alterações feitas pelo poeta são o princípio formal que potencializa as metamorfoses do poema, que também troca de pele como a própria cobra do mito.

https://doi.org/10.20396/remate.v43i2.8672236
PDF

Referências

ANDRADE, Carlos Drummond. Raul Bopp: cuidados da arte. In: BOPP, Raul. Poesia completa. Org. e notas Augusto Massi. Rio de Janeiro: José Olympio, 2013, pp. 44-48.

AVERBUCK, Lígia Morrone. Cobra Norato e a revolução caraíba. Rio de Janeiro: José Olympio, 1985.

BOPP, Raul. Poesia completa. Org. e notas Augusto Massi. Rio de Janeiro: José Olympio, 2013.

FACÓ, Américo. Poesia das terras do sem-fim. In: BOPP, Raul. Cobra Norato e outros poemas. Rio de Janeiro: Bloch Editores, 1951, pp. IX-XIV.

GARCIA, Othon Garcia. Cobra Norato: o poema e o mito. Rio de Janeiro: Livraria São José, 1962.

GUMBRECHT, Hans Ulrich. A modernização dos sentidos. Trad. Lawrence Flores Pereira. São Paulo: Editora 34, 1998.

HOUAISS, Antônio. Nota introdutória de Antônio Houaiss. In: BOPP, Raul. Cobra Norato e outros poemas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1973, [s.p.].

PAES, José Paulo. Mistério em casa. In: BOPP, Raul. Poesia completa. Organização e notas de Augusto Massi. Rio de Janeiro: José Olympio, 2013, pp. 67-71.

PINTÓ, Alfonso. Nota editorial. In: BOPP, Raul. Cobra Norato e outros poemas. Edición dispuesta por Alfonso Pintó. Barcelona: Dau al Set, 1954, pp. 7-8.

PROENÇA, Cavalcanti. Cobra Norato. In: BOPP, Raul. Antologia poética. Rio de Janeiro: Editora Leitura, 1967, pp. 8-15.

SÁ, Lúcia. Literaturas na floresta: textos amazônicos e cultura latino-americana. Rio de Janeiro: Ed. UERJ, 2012.

SCHULER, Donaldo. Cobra Norato: escritura, leitura. Porto Alegre: Graphé, 1976.

STERZI, Eduardo. O copista canibal. In: Saudades do mundo: notícias da Antropofagia. São Paulo: Todavia, 2022.

Versões de Cobra Norato:

BOPP, Raul. Cobra Norato. São Paulo: Gráfico Irmãos Ferraz, 1931.

BOPP, Raul. Poesias. Zurique: Oficinas Gráficas Orel Fussli, 1947.

BOPP, Raul. Cobra Norato e outros poemas. Rio de Janeiro: Bloch Editores, 1951.

BOPP, Raul. Cobra Norato e outros poemas. Edición dispuesta por Alfonso Pintó. Barcelona: Dau al Set, 1954.

BOPP, Raul. Cobra Norato e outros poemas. Rio de Janeiro: Livraria São José, 1956.

BOPP, Raul. Antologia poética. Rio de Janeiro: Editora Leitura, 1967.

BOPP, Raul. Putirum. Rio de Janeiro: Editora Leitura, 1969.

BOPP, Raul. Cobra Norato e outros poemas. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1973.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Licença Creative Commons

Downloads

Não há dados estatísticos.