A expansão do ensino secundário no Paraná (1942-1961)

Autores

  • Thais Bento Faria Universidade Estadual de Londrina

DOI:

https://doi.org/10.20396/resgate.v29i00.8663638

Palavras-chave:

Paraná, Ensino secundário, Modernidade

Resumo

A expansão do ensino secundário no estado do Paraná (entre 1942 e 1961) é o objeto de análise deste escrito.No período em que Moysés Lupion (1947-1951 e 1956-1961) e Bento Munhoz da Rocha Neto (1951-1955) estiveram à frente da administração pública paranaense ocorreram a (re)ocupação do território e a criação de novos municípios, permeado pelo discurso de progresso e modernização. Esta pesquisa de cunho bibliográfico-documental analisa uma diversidade de documentos. Percebe-se o contraste do Paraná em relação às demais unidades federativas, pois em 1955 era o único que superava a quantidade de escolas particulares, oferecendo mais ensino secundário público e o fez em duas frentes de atuação: especialmente, com a criação de cursos ginasiais e a transformação de ginásios municipais em estaduais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thais Bento Faria, Universidade Estadual de Londrina

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Maringá. Integra o Grupo de Estudos e Pesquisas História da Educação: Intelectuais e Instituições Escolares da Universidade Estadual de Maringá (Maringá, PR - Brasil).

Referências

ABREU, Jayme. A educação secundária no Brasil. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v. XXIII, n.58, p. 26-104, abr./jun. 1955.

ARQUIVO PÚBLICO DO PARANÁ. História administrativa do Paraná (1853-1947): criação, competências e alterações das unidades administrativas da Província e do Estado. Curitiba: Imprensa Oficial/DEAP, 2000. Disponível em: http://www.arquivopublico.pr.gov.br/arquivos/File/pdf/HistoriaAdministrativaParana_1853a1947.pdf. Acesso em: 16 jul. 2014.

BRAGHINI, Katya Mitsuko Zuquim; BONTEMPI JUNIOR, Bruno. As reformas necessárias ao ensino secundário brasileiro nos anos 1950, segundo a Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 28, n. 03, p. 241-261, set. 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/edur/v28n3/a12v28n03.pdf. Acesso em: 12 dez. 2020.

BRAGHINI, Katya Mitsuko Zuquim. O ensino secundário brasileiro nos anos 1950 e a questão da qualidade de ensino. Dissertação (Mestrado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005. Disponível em: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10277?mode=full. Acesso em: 12 dez. 2020.

BRASIL. Lei Orgânica do Ensino Secundário. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/1937-1946/Del4244.htm. Acesso em: 06 dez. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. A educação nas mensagens presidenciais (1890-1986). Brasília, DF, 1987, v. 1. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me002962.pdf. Acesso em: 08 dez. 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais. A educação nas mensagens presidenciais (1890-1986). Brasília, DF, 1987, v. 2. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me001499.pdf. Acesso em: 08dez. 2020.

CAINELLI, Marlene Rosa. Entre a roça e o ditado: a Campanha Nacional de Educação Rural – Londrina: 1952/1963. 1994. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 1994.

CAPELO, Maria Regina Clivati. Educação, escola e diversidade cultural no meio rural de Londrina: quando o presente reconta o passado. 2000. Tese (Doutorado em Educação, Sociedade e Cultura) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000.

CASTRO, Elizabeth Amorim de. Arquitetura das escolas públicas do Paraná (1853-1955). 2010. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2010. Disponível em: https://acervodigital.ufpr.br/handle/1884/25984. Acesso em: 12 dez. 2020.

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano. 3. ed. Trad. Ephraim Ferreira Alves. Petrópolis, RJ: Vozes, 1998.

CHAVES JR., Sérgio Roberto. A inspiração nos trabalhos “dos grandes Centros de Estudos Pedagógicos”: considerações sobre as Classes Integrais do Colégio Estadual do Paraná (1960-1967). Hist. Educ. (Online), Porto Alegre, v. 22, n. 55, p. 81-100, mai./ago. 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S2236-34592018000200081&lng=en&nrm=iso&tlng=em. Acesso em: 12 dez. 2020.

CHAVES JR., Sérgio Roberto. “Um embrião de laboratório de Pedagogia”: as Classes Integrais do Colégio Estadual do Paraná no contexto das inovações pedagógicas no ensino secundário (1960-1967). 2017. Tese (Doutorado em Educação)–Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017. Disponível em: repositorio.ufmg.br/bitstream/1843/BUOS-AQQRBA/1/tese_sergio_roberto_chaves_junior___versao_final.pdf. Acesso em: 12 dez. 2020.

ESCOLANO, Agustín. Arquitetura como programa: espaço-escola e currículo. In: VIÑAO FRAGO, Antonio; ESCOLANO, Agustín. Currículo, espaço e subjetividade: a arquitetura como programa. Trad. Alfredo Veiga-Neto. 2. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2001. p. 21-57.

FARIA, Thais Bento. Paraná: território de “vocação agrícola”?! Interiorização do Curso Normal Regional (1946-1968). 2017. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2017.CD-ROM.

FARIA, Thais Bento; SCHELBAUER, Analete Regina. Modernização do “sertão” paranaense: atuação de Erasmo Pilotto e Diva Vidal na inovação de práticas pedagógicas (1940-1960). Diálogo Educacional, Curitiba, v. 19, n. 61, p. 502-526, abr./jun. 2019.

HOFF, Sandino. A ocupação do norte. In: PAZ, Francisco (Org.). Cenários de economia e política – Paraná. Curitiba: Prephacio, 1991.

IPARDES – INSTITUTO PARANAENSE DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO SOCIAL. O Paraná reinventado: política e governo. Curitiba: IPARDES, 1989.

KUNHAVALIK, José Pedro. Bento Munhoz da Rocha Neto: trajetória política e gestão no governo do Paraná. In: OLIVEIRA, Ricardo da Costa de (Org.). A construção do Paraná moderno: políticos e política de governo do Paraná de 1930 a 80. Curitiba: Seti, 2004. p. 141-225.

NUNES, Clarice. O “velho”e “bom”ensino secundário: momentos decisivos.Revista Brasileira de Educação [online], n.14, p.35-60, mai./jun./jul./ago. 2000.

OLIVEIRA, Dennison de. Urbanização e industrialização no Paraná. Curitiba: SEED, 2001. (Coleção História do Paraná: textos introdutórios). Disponível em: http://www.humanas.ufpr.br/portal/historiapos/files/2011/05/Urbaniza%C3%A7%C3%A3o-e-Industrializa%C3%A7%C3%A3o-no-Paran%C3%A1.pdf. Acesso em: 04 jul. 2016.

OLIVEIRA, Kevin Lino de; CHAVES JUNIOR, Sérgio Roberto. História(s) do ensino secundário no Paraná (1942-1961): um estado da arte. Holos, v.3, Ano 36, 2020. Disponível em: http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/9689. Acesso em: 12 dez. 2020.

PARANÁ. Assembleia Legislativa. Mensagem apresentada à Assembleia Legislativa do Estado por ocasião da abertura da sessão legislativa ordinária pelo senhor Moysés Lupion, Governador do Paraná. Curitiba: Arquivo Público do Paraná, 1950.

PARANÁ. Assembleia Legislativa. Mensagem apresentada a Assembléia Legislativa do Estado por ocasião da abertura da sessão legislativa ordinária de 1956 pelo senhor Moysés Lupion, Governador do Estado. Curitiba: Arquivo Público do Paraná, 1956.

PARANÁ. Assembleia Legislativa. Mensagem apresentada a Assembléia Legislativa do Estado por ocasião da abertura da sessão legislativa ordinária de 1957 pelo senhor Moysés Lupion, Governador do Paraná. Curitiba: Arquivo Público do Paraná, 1957.

PARANÁ. Assembleia Legislativa. Mensagem apresentada a Assembléia Legislativa do Estado por ocasião da abertura da sessão legislativa ordinária de 1958 pelo senhor Moysés Lupion, Governador do Paraná. Curitiba: Arquivo Público do Paraná, 1958.

PILOTTO, Erasmo. A educação no Paraná: síntese sobre o ensino público elementar e médio. Rio de Janeiro: Marques Saraiva, MEC, INEP, CILEME, 1954. (Campanha de inquéritos e levantamentos do ensino médio e elementar. Publicação, n. 3).

PRIORI, Angelo; POMARI, Luciana Regina; AMÂNCIO, Silvia Maria; IPÓLITO, Veronica Karina. História do Paraná: séculos XIX e XX. Maringá: Eduem, 2012. Disponível em: http://books.scielo.org/id/k4vrh. Acesso em: 12 dez. 2020.

ROSA, Fabiana Teixeira da; DALLABRIDA, Norberto. Circulação de ideias sobre a renovação do ensino secundário na Revista Escola Secundária (1957-1961). Hist. Educ.(Online), Porto Alegre, v. 20, n. 50, p. 259-274, set./dez. 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/heduc/v20n50/2236-3459-heduc-20-50-00259.pdf. Acesso em: 12 dez. 2020.

SCHELBAUER, Analete Regina. Da roça para a escola: institucionalização e expansão das escolas primárias rurais no Paraná (1930-1960). Hist. Educ. [Online], v. 18, n. 43, p. 71-91, mai./ago. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/heduc/v18n43/05.pdf. Acesso em: 11dez. 2020.

SOUZA, Rosa Fátima de. A renovação do currículo do ensino secundário no Brasil: as últimas batalhas pelo humanismo (1920–1960).Currículo sem Fronteiras, v.9, n.1, p.72-90, jan./jun. 2009. Disponível em: http://www.curriculosemfronteiras.org/vol9iss1articles/4-souza.pdf. Acesso em: 12 dez. 2020.

SOUZA, Rosa Fátima de. História da organização do trabalho escolar e do currículo no Século XX: ensino primário e secundário no Brasil. São Paulo: Cortez, 2008. (Biblioteca básica da história da educação brasileira, v. 2).

SOUZA, Vânia de Fátima Matias de. Políticas públicas para a educação nos governos de Moysés Lupion (1947-1951 e 1956-1961): a Instrução Básica no Estado do Paraná. 2014. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2014.Disponível em: http://www.ppe.uem.br/teses/2014%20-%20Vania.pdf. Acesso em: 11 dez. 2020.

TOMAZI, Nelson Dacio. “Norte do Paraná”: História e fantasmagorias. 1997. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 1997.

VIEIRA, Carlos Eduardo. O movimento pela Escola Nova no Paraná: trajetória e idéias educativas de Erasmo Pilotto. Educar, Curitiba, n. 18, p. 53-73, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/er/n18/n18a06.pdf. Acesso em: 11 dez. 202

Downloads

Publicado

2021-12-22

Como Citar

FARIA, T. B. A expansão do ensino secundário no Paraná (1942-1961). Resgate: Revista Interdisciplinar de Cultura, Campinas, SP, v. 29, n. 00, p. e021017, 2021. DOI: 10.20396/resgate.v29i00.8663638. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/resgate/article/view/8663638. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos e Ensaios