O ensino secundário e a formação das elites

Autores

  • Rosa Fátima de Souza-Chaloba Universidade Estadual Paulista
  • Norberto Dallabrida Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.20396/resgate.v29i00.8666906

Palavras-chave:

Educação, Elites

Resumo

A historiografia nacional e internacional da educação tem posto em relevo o caráter elitista do ensino secundário, predominante desde o seu nascimento até a primeira metade do século XX, evidenciado no reduzido número de escolas e de alunos matriculados, nas políticas discricionárias voltadas para esse ramo de ensino e nas finalidades orientadas para a seletividade materializadas no currículo. Como “o todo poderoso império do meio” (FEBVRE, 1939 apud LUC, 2005), o ensino secundário identificou-se como uma estratégia cultural das elites, que visava sua modernização e reprodução.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosa Fátima de Souza-Chaloba, Universidade Estadual Paulista

Professora titular de História da Educação da Universidade Estadual Paulista, (Araraquara, SP - Brasil).

Norberto Dallabrida, Universidade do Estado de Santa Catarina

Professor titular da Universidade do Estado de Santa Catarina (Florianópolis, SC - Brasil).

Referências

ABREU, Jayme. A educação secundária no Brasil (Ensaios de identificação de suas características principais). n. 9. Rio de Janeiro: MEC/CILEME, 1955.

BERRIO, Julio Ruiz. Proyecto de Reforma de la Enseñanza Langevin-Wallon. In: BERRIO, Julio Ruiz (Ed.). La educación en los tiempos modernos. Madrid: Editorial: Actas, 1996. p. 328-333.

BOURDIEU, Pierre. Escritos de educação. Seleção, organização, introdução e notas de Maria Alice Nogueira e Afrânio Catani. Petrópolis: Vozes, 1998.

BRUNEAU, Thomas. O catolicismo brasileiro em época de transição. São Paulo: Loyola, 1974.

LUC, Jean-Noël. À la recherche du “tout puissant empire du milieu”: l`histoire des lycées et leur historigraphie. In: CASPARD, Pierre; LUC, Jean-Noël; SAVOIE, Philippe. Lycées, lycéens, lycéennes: deux siècles d`histoire. Paris: Institut National de Recherche, 2005. p.11-56.

SCHWARTZMAN, Simon; BOMENY, Helena Maria Bousquet; COSTA, Vanda Maria Ribeiro. Tempos de Capanema. Rio de Janeiro: Paz e Terra; São Paulo: Edusp, 2000.

Downloads

Publicado

2021-09-17

Como Citar

SOUZA-CHALOBA, R. F. de .; DALLABRIDA, N. O ensino secundário e a formação das elites. Resgate: Revista Interdisciplinar de Cultura, Campinas, SP, v. 29, n. 00, p. e021002, 2021. DOI: 10.20396/resgate.v29i00.8666906. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/resgate/article/view/8666906. Acesso em: 17 out. 2021.

Edição

Seção

Apresentação