A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) e o projeto universidade nova: como ficam as licenciaturas?

  • Eliana Povoas Pereira Estrela Brito Universidade Federal do Sul da Bahia
Palavras-chave: Formação de professores. Políticas educacionais. Universidade nova

Resumo

O presente trabalho se inscreve no terreno das atuais políticas públicas para a educação superior brasileira focando, neste conjunto, as políticas públicas voltadas à formação de professores. Constitui, como lugar de investigação, o processo de implantação dos Cursos de Licenciaturas Interdisciplinares da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). A essa processualidade, questiona-se: Como, no contexto da prática, estão sendo significadas as diretrizes e demais orientações normativas à serviço da organização dos cursos de licenciaturas no Brasil? Quais ações podem ser identificadas como estratégias institucionais voltadas à subversão destes textos políticos? Quais práticas indicam o efetivo atendimento às normativas legais? Em resposta a essas problematizações, a análise identificou a utilização de estratégias institucionais que priorizam o atendimento das dimensões “quantitativas” exigidas pelos textos políticos (distribuição da carga horária da prática como componente curricular e estágio obrigatório) em detrimento das dimensões qualitativas e seus prováveis avanços na perspectiva da formação de professores para atuarem na educação básica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliana Povoas Pereira Estrela Brito, Universidade Federal do Sul da Bahia

Graduada em Licenciatura em Pedagogia pela Fundação Universidade do Rio Grande (FURG), Mestre e Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atualmente, é professora associada da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), tendo vindo redistribuída, em 2014, da Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

Publicado
2017-08-09
Como Citar
Brito, E. P. P. E. (2017). A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) e o projeto universidade nova: como ficam as licenciaturas?. Revista Internacional De Educação Superior, 3(3), 563-581. https://doi.org/10.22348/riesup.v3i3.7779