Práticas pedagógicas inovadoras na formação docente: ciborguização do currículo do curso de pedagogia

Palavras-chave: Formação de professores. Tecnologias digitais. Inovação. Currículo. Ciborguização.

Resumo

Vivemos em um contexto de rápidas transformações em inúmeras práticas sociais. Dentre elas, merece destaque a incorporação das tecnologias digitais nos processos cotidianos da condução da vida. Crianças e jovens estão cada vez conectadas/os ao ciberespaço. Temos uma geração ciborgue. Para atender às necessidades dessa geração, reivindica-se dentre outras coisas, uma formação docente que prepare efetivamente as/os novas/os professoras/es para o trabalho com esses sujeitos da contemporaneidade. Buscando atender a essa demanda, o objetivo do trabalho desenvolvido foi ciborguizar a formação docente. Para isso, as metodologias desenvolvidas incorporaram as tecnologias digitais nas atividades curriculares do curso de graduação em Pedagogia, alcançando 150 licenciandas/os. Nas práticas curriculares inovadoras aqui analisadas utilizaram-se diversificadas ferramentas tecnológicas para favorecer a aprendizagem efetiva e contribuir para a produção de conteúdo colaborativo. Conclui-se que a ciborguização curricular tende a favorecer os processos de aprendizagem das/os futuras/os docentes, motivando-as/os e aumentando o envolvimento delas/es com sua própria formação, além de prepará-las/os para inserir as tecnologias digitais no contexto da Educação Básica. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Shirlei Rezende Sales, Universidade Federal de Minas Gerais
Professora Adjunta do Departamento de Administração Escolar, da Faculdade de Educação da UFMG. Doutorado em educação, vinculado à linha de pesquisa: Educação Escolar: Instituições, Sujeitos e Currículos. Integra o Conselho Editorial do Periódico Educação em Revista e o Conselho Consultivo da Revista Docência no Ensino Superior.
Rafaela Esteves Godinho Leal, Universidade Federal de Minas Gerais
Mestre em educação pela Universidade Federal de Minas Gerais. Pedagoga em atuação na Diretoria de Inovação e Metodologias de Ensino (Giz), vinculado à Pró-Reitoria de Graduação da UFMG. Membro do GEEC (Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Currículos e Culturas).

Referências

ALMEIDA, Maria Isabel de; PIMENTA, Selma Garrido. Pedagogia universitária: caminhos para a formação de professores. São Paulo: Cortez, 2011.

CARLINI, Alda Luiza. O professor do ensino superior e a inclusão digital. In: CARLINI, Alda Luiza; SCARPATO, Marta (Org.). Ensino Superior: questões sobre a formação do professor. São Paulo: Avercamp, 2008.

CUNHA, Maria Isabel. Inovações pedagógicas: o desafio da reconfiguração de saberes na docência universitária. Cadernos pedagogia universitária. São Paulo: USP, 2008.

DAYRELL, Juarez. Uma diversidade de sujeitos. O aluno do Ensino Médio: o jovem desconhecido. Salto para o futuro, Brasília, v19, boletim 18, p. 16-23, nov. 2009. (Juventude e escolarização: os sentidos do Ensino Médio). Disponível em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/materiais/0000012176.pdf Acesso em: 02 mai. 2015.

FREITAS, Christiana Soares de; MENDES, Nilda; MIRANDA, Cecília. In: ALFINITO, Solange; PASCHOAL, Alexandre Maduro-Abreu; CANTAL, Clara Brasiliana Ribeiro. Aplicações e tendências do uso de tecnologias de informação e comunicação na educação superior presencial no Brasil. Brasília: Universidade de Brasília, Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, 2012.

GATTI, Bernadete A. A formação inicial de professores para a educação básica: as licenciaturas. Revista USP, São Paulo. n.100, p.33-46, dez./fev. 2013-2014.

GARBIN, Maria Elisabete. Participação juvenil nas escolas. Conectados por um fio: alguns apontamentos sobre internet, culturas juvenis contemporâneas e escola. Salto para o futuro, Brasília. v.19, boletim 18, p.30-40, nov, 2009. (Juventude e escolarização: os sentidos do Ensino Médio). Disponível em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/

materiais/0000012176.pdf Acesso em: 02 mai. 2015.

GREEN, Bill; BIGUM, Chris. Alienígenas na sala de aula. In: SILVA, Tomaz Tadeu da. (Org.). Alienígenas na sala de aula: uma introdução aos estudos culturais em educação. 5. ed. Petrópolis: Vozes, 2003, p. 208-43.

FERREIRA, Aline Gonçalves; VARGAS, Francielle Alves; SALES, Shirlei Rezende. Relações de gênero e sexualidades no ciberespaço. In: RAMOS, Tânia Regina Oliveira; ZANDONÁ, Jair; DUARTE, Cláudia Renata; TELÉSFORO, Júlia. (Org.). Imagens e memória: um livro pôster. Fazendo gênero 10. 1ed.Tubarão: Copiart, 2015. p. 192-193.

LEAL, Rafaela Esteves Godinho. Dispositivo de inovação no ensino superior: produção do docentis innovatus e do discipulus iacto. 2017. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017.

MASETTO, Marcos. Formação de professores para currículos inovadores no ensino superior: um estudo num curso de Direito. E-curriculum, São Paulo, v.13, n.1, p.5- 27, jan./mar. 2015.

MENDES, Geovana Mendonça Lunardi; SOUZA NETO, Alaim; REIS, Valdeci. As experiências de professores e alunos com o uso do laptop em escolas públicas do sul do Brasil: inovações curriculares e aprendizagem colaborativa. Visão Global, Joaçaba, v. 15, n. 1-2, p. 257-268, jan./dez. 2012.

MENEZES, Marília Gabriela de; SANTIAGO, Maria Eliete. Contribuição do pensamento de Paulo Freire para o paradigma curricular crítico-emancipatório. Pro-Posições, Campinas, v. 25, n. 3 (75), p. 45-62, set./dez. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issuetoc&pid=0103-730720140003&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 02 mai. 2015.

MENGER, Amanda da Silva; VALENÇA, Vera Lúcia Chacon. A Pedagogia Histórico-Crítica no Contexto das Teorias de Educação. Poiésis, v. 6, n. 10, p. 497 - 523, jul./dez. 2012.

MOREIRA, Marco Antônio. Mapas conceituais e aprendizagem significativa. 1997. Disponível em: <http://www.if.ufrgs.br/~moreira/mapasport.pdf >. Acesso em: 10 fev. 2015.

OLIVEIRA, Michel Montandon; SAID, Camila; SALES, Shirlei Rezende. A experiência do projeto Escola da Vez: multiletramento digital no ambiente escolar. In: CONGRESSO LATINO AMERICANO DE SOCIOLOGÍA, 29.: 2013, Santiago. [Anais...]. Santiago: [s.n.], 2013. (Crisis e Emergencias Sociales en America Latina).

OLIVEIRA, Michel Montandon. Rodas de diálogo: práticas multimodais de criação colaborativa no Ensino Médio sob a perspectiva da teoria da complexidade. 2014. Dissertação (Mestrado) - Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2014.

PERRENOUD, Philippe. Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens – entre duas lógicas. Porto Alegre: Artmed,1999.

PIMENTA, Selma Garrido; ANASTASIOU, Léa das Graças Camargos. Docência no ensino superior. 4.ed. São Paulo: Cortez, 2010. 279p.

SALES, Shirlei Rezende. Orkut.com.escol@: currículos e ciborguização juvenil. 2010. Tese (Doutorado) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2010.

SALES, Shirlei Rezende. O imperativo da ciborguização no currículo do Ensino Médio. In: MORGADO, José Carlos; SANTOS, Lucíola Licínio de Castro Paixão; PARAÍSO, Marlucy Alves. Estudos curriculares: um debate contemporâneo. Curitiba: CRV, 2013. p.193-207.

SALES, Shirlei Rezende. Tecnologias digitais e juventude ciborgue: alguns desafios para o currículo do Ensino Médio. In: DAYRELL, Juarez; CARRANO, Paulo; LINHARES, Carla. Juventude e Ensino Médio: sujeitos e currículos em diálogo. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2014.

SALES, Shirlei Rezende; FERREIRA, Aline Gonçalves; VARGAS, Francielle Alves. Juventude EMdiálogo: tecnologias digitais na extensão universitária. Revista Conexão, Ponta Grossa, v. 11, p. 182-193, 2015.

SALES, Shirlei Rezende et al. Propostas de rodas de diálogo: atividades e oficinas. Belo Horizonte: UFMG, 2014. 75p.

SIBILIA, Paula. Redes ou paredes: a escola em tempos de dispersão. Rio de Janeiro: Contraponto, 2012.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Pedagogia do oprimido versus pedagogia dos conteúdos. In: Documentos de Identidade: uma introdução aos estudos do currículo. Belo Horizonte: Autêntica. 1999, p. 57-64.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro; RESENDE, Lúcia Maria Gonçalves de; FONSECA, Marília. Aula Universitária e inovação. In: VEIGA, Ilma; Passos Alencastro; CASTANHO, Maria Eugênia. Pedagogia universitária: a aula em foco. Campinas: Papirus, 2000, p. 161-191.

ZABALZA, Miguel A. O ensino universitário: seu cenário e seus protagonistas. Porto Alegre: Artmed, 2004. 239 p.

Publicado
2018-01-09
Como Citar
Sales, S. R., & Leal, R. E. G. (2018). Práticas pedagógicas inovadoras na formação docente: ciborguização do currículo do curso de pedagogia. Revista Internacional De Educação Superior, 4(1), 7-24. https://doi.org/10.22348/riesup.v4i1.8650710

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)