Processo de internacionalização do ensino superior e mobilidade acadêmica: implicações para a gestão universitária no Brasil

Palavras-chave: Internacionalização, Ensino superior, Gestão Universitária

Resumo

As universidades convivem com o contexto internacional desde sua gênese, quando recebiam o nome de “Comunidades Internacionais”, pois buscavam a universalidade do conhecimento e do saber. Atualmente, a abertura institucional assumiu um papel estratégico para essas organizações, passando a ser parte dos planos de desenvolvimento. Considerando a relevância que a globalização trouxe para todos os tipos de relações entre países e o investimento que o governo brasileiro tem feito no fomento à abertura internacional da educação superior, observou-se a importância de se estudar esse processo no cenário brasileiro. Este estudo buscou, assim, compreender o processo de internacionalização, bem como discutir as implicações deste fenômeno na gestão universitária brasileira. Para tanto, foi feita uma pesquisa analítica que trouxe um levantamento teórico acerca da internacionalização do ensino superior e gestão universitária no contexto brasileiro, bem como seus conceitos e desmembramentos nos últimos anos, além das tendências para o ensino superior. Foi possível verificar implicações de cunho financeiro, tecnológico, cultural e social desse processo não só na gestão universitária, mas também na sociedade de forma geral. Ao fim, conclui-se que a internacionalização do ensino superior brasileiro é marcada por uma atuação passiva, que foca na mobilidade out e que reduz os benefícios da abertura institucional, além de evidenciar os impactos negativos dessa abertura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiza Amália Franklin, Universidade Federal de Viçosa
Graduada em Secretariado Executivo Trilíngue pela Universidade Federal de Viçosa, Mestranda em Administração Pública pela Universidade Federal de Viçosa.
Débora Carneiro Zuin, Universidade Federal de Viçosa
Professora e Coordenadora do Curso de Secretariado Executivo Trilíngue da Universidade Federal de Viçosa. Doutora (PhD) em Estudos Organizacionais pela University of Edinburgh Business School, UK.
Magnus Emmendoerfer, Universidade Federal de Viçosa
Professor do Departamento de Administração e Contabilidade e Coordenador do Programa de Pos-graduação em Administração - Mestrado com concentração em Administração Publica, Universidade Federal de Viçosa. Doutor em Sociologia, Universidade Federal de Minas Gerais Pos-doutor em Ciências da Administração (Concentração em Administração Pública) na Universidade do Minho e em Turismo na Universidade do Algarve, Portugal. 

Referências

ABBA, Maria Julieta. Las oficinas de relaciones internacionales en el proceso de internacionalización de la educación superior. Un análisis a través de variables de gestión. Revista Gestão Universitária na América Latina-GUAL, v. 8, n. 4, p. 20-37, 2015. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/gual/article/view/1983-4535.2015v8n4p20>. Acesso em: 10 jun. 2017.

BERNHEIM, Carlos Tünnerman; CHAUÍ, Marilena de Souza. Desafios da universidade na sociedade do conhecimento. Paris: UNESCO, 2008. Série Documentos Ocasionais do Fórum da UNESCO. Disponível em: < http://unesdoc.unesco.org/images/0013/001344/13442

por.pdf >. Acesso em 20 jul. 2016.

BRASIL. Constituição (1988). Capítulo III, artigos 205 a 2014, Brasília, DF. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso em: 20 jul. 2014.

BRASIL. Decreto-lei nº 53, de 18 de novembro de 1966. Presidência da República, Brasília, DF. Disponível em < http://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1960-1969/decreto-lei-53-18-novembro-1966-373396-norma-pe.html>. Acesso em 20 jul. 2014.

BRASIL. Decreto-lei nº 252, de 28 de fevereiro de 1967. Presidência da República, Brasília, DF. Disponível em < http://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1960-1969/decreto-lei-252-28-fevereiro-1967-376151-norma-pe.html>. Acesso em 20 jul. 2014.

BRASIL. Decreto-lei nº 7.642, de 13 de dezembro de 2011. Presidência da República, Brasília, DF. Disponível em < http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/documents/214072/

/Decreto7642-Csf.pdf >. Acesso em 20 jul. 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Ensino superior no mundo e no Brasil: Tendências e cenários 2003-2025. 2003. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/sesu/arquivos/pdf/ensinosuperiormundobrasiltendenciascenarios2003-2025.pdf>. Acesso em: 30 set. 2016.

BORGES, Vanessa Maria de Oliveira; AQUINO, Edson Tomaz de. Ensino superior à ordem do capital internacional. Revista Gestão Universitária na América Latina-GUAL, v. 6, n. 2, p. 22-32, abr. 2013. Disponível em: < https://periodicos.ufsc.br/index.php/gual/article/

viewFile/1983-4535.2013v6n2p22/24565> Acesso em: 30 set. 2016.

CHARLE, Christophe; VERGER, Jacques. História das universidades. São Paulo: Editora da UNESP, 1996. 131 p. ISBN 8571391092.

DIAS, Marco Antônio Rodrigues. Espaços Solidários em Tempos de Obscurantismo. In: MORHY, Lauro (Org.). Universidade no mundo: universidade em questão. Brasília: UNB, 2003. 608 p. ISBN 8523007997.

FAUBAI. Sobre a FAUBAI. s.d. Disponível em:< http://faubai.org.br/pt-br/sobre-a-faubai>. Acesso em: 21 jul. 2016.

FLICK, Uwe. Desenho da pesquisa qualitativa. Porto Alegre: Artmed, 2009. 167 p. ISBN 8536321350.

GACEL-ÁVILA, Jocelyne. Internacionalizacion de la educación superior en America Latina y el Caribe: reflexiones y lineamientos. Guadalajara: Organisation Universitaire Interamericaine y La Asociation Mexicana para la Educacion Internacional, 1999. 210 p. ISBN 9688958778.

GACEL-ÁVILA, Jocelyne. La Internacionalizacion de la education superior: paradigma para la ciudadania global. Guadalajara: Universidad de Guadalajara, 2003. 390 p. ISBN 9702703190.

HARRARI, Maurice. Report #1, internacionalization of higher education: effecting institutional change in the curriculum and campus. Long Beach: Center for International Education, California State University, 1989. 32 p.

HAN, Shuangmiao; ZHONG, Zhou. Strategy maps in university management: A comparative study. Educational Management Administration & Leadership, v. 43, n. 6, p. 939-953, 2015. Disponível em: <http://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/1741143214552860#

articleCitationDownloadContainer>. Acesso em: 30 set. 2016.

LAUS, Sonia Pereira. As contingências históricas e o ensaio precoce do que se consolidaria como o processo de internacionalização da UFSC. Revista Gestão Universitária na América Latina-GUAL, v. 4, n. 4, p. 208-226, 2011. Disponível em: <https://periodicos.

ufsc.br/index.php/gual/article/view/1983-4535.2011v4nespp208>. Acesso em: 30 set. 2016.

LAUS, Sonia Pereira. A internacionalização da educação superior: um estudo de caso da Universidade Federal de Santa Catarina. 2012. Tese (Doutorado em Administração) - Escola de Administração, Universidade Federal da Bahia, 2012.

LIMA, Manolita Correia; MARANHAO, Carolina Machado Saraiva de Albuquerque. O sistema de educação superior mundial: entre a internacionalização ativa e passiva. Avaliação, Sorocaba, v.14, n.3, p. 583-610, 2009. Disponível em:

a04v14n3.pdf>. Acesso em: 10 set. 2016.

MARTINS, Antonio Carlos Pereira. Ensino Superior no Brasil: da descoberta aos dias atuais. Acta Cirúrgica Brasileira, v.17, n.3, p. 4-6, 2002. Disponível em: <http://www.scielo.br/

scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-86502002000900001>. Acesso em: 15 set. 2016.

MENDONÇA, Tânia Regina Broeitti. Brasil: O Ensino Superior às primeiras universidades Colônia – Império – Primeira República. In: SEMINÁRIO NACIONAL ESTADO E POLÍTICAS SOCIAIS NO BRASIL, 2, 2005, Cascavel. Anais do... Cascavel: Universidade Estadual do Oeste do Paraná, 2005.

MIURA, Irene Kazumi. O processo de internacionalização da Universidade de São Paulo: um estudo de três áreas do conhecimento. 2006. Tese (Livre Docência) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2006.

RIBEIRO, Raimunda Maria da Cunha. Os Desafios Contemporâneos da Gestão Universitária: Discursos Politicamente Construídos. In: CONGRESSO IBERO-AMERICANO DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO, 4, 2014. Comunicações orais. Cidade do Porto: Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto, 2014. Disponível em: <http://www.anpae.org.br/IBERO_AMERICANO_IV/GT2/GT2_Comunicacao/

RaimundaMariadaCunhaRibeiro_GT2_integral.pdf>. Acesso em: 12 set. 2016.

ROMANELLI, Otaíza de Oliveira. História da educação no Brasil (1930/1973). 40. ed. Petrópolis: Vozes, 1998. 279 p. ISBN 9788532602459.

RUDZKI, Romuald Edward John. The strategic management of internationalization: towards a model of theory and practice. 1998. Tese (Doutorado em Filosofia) - Escola de Educação, University of Newcastle upon Tyne, United Kingdom, 1998.

SAMPAIO, Rosely Moraes; LANIADO, Ruthy Nadia. Uma experiência de mudança da gestão universitária: o percurso ambivalente entre proposições e realizações. Revista de Administração Pública – RAP, v.43, n.1, p. 151-174, 2009. ISSN 0034-7612. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.1590/S0034-76122009000100008>. Acesso em: 21 jul. 2016.

SANTOS, Adilson Pereira dos; CERQUEIRA, Eustáquio Amazonas de. Ensino Superior: trajetória histórica e políticas recentes. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL SOBRE GESTÃO UNIVERSITÁRIA NA AMÉRICA LATINA, 9, 2009, Florianópolis. Anais do... Florianópolis: Instituto de Pesquisas e Estudos em Administração Universitária, 2011. p.1-17.

SANTOS, Gildenir Carolino; PASSOS, Rosemary (Colab.). Percurso científico: guia prático para elaboração da normalização científica e orientação metodológica. Campinas, SP: Arte Escrita, 2012. 157 p., il. (Manuais técnicos BFE, n.7). ISBN 9788564830073. Disponível em: <http://www.bibliotecadigital.unicamp.br/document/?code=49038&opt=4>. Acesso em: 7 jul. 2014.

SPEARS, Eric. O valor de um intercâmbio: mobilidade estudantil brasileira, bilateralismo & internacionalização da educação. Revista Eletrônica de Educação, v. 8, n. 1, p. 151-163, 2014. Disponível em: <http://www.reveduc.ufscar.br/index.php/reveduc/article/viewFile/

/311>. Acesso em: 21 jul. 2016.

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 23 ed. São Paulo: Cortez, 2007. 303 p. ISBN 9788524913112

STALLIVIERI, Luciane. O processo de internacionalização das instituições de ensino superior avaliação, qualidade e pertinência da cooperação internacional. In: REUNIÃO ANUAL DA FAUBAI, 20., 2008, Bonito. [Anais..Bonito: FAUBAI, 2008.

UNESCO. Conferência Mundial sobre o Ensino Superior, 2009. As novas dinâmicas do ensino superior e pesquisas para a mudança e o desenvolvimento social. Paris: UNESCO, 2009. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=

download&alias=4512-conferencia-paris&category_slug=abril-2010-pdf&Itemid=30192>. Acesso em: 21 jul. 2016.

Publicado
2018-01-09
Como Citar
Franklin, L. A., Zuin, D. C., & Emmendoerfer, M. (2018). Processo de internacionalização do ensino superior e mobilidade acadêmica: implicações para a gestão universitária no Brasil. Revista Internacional De Educação Superior, 4(1), 130-151. https://doi.org/10.22348/riesup.v4i1.8650831