Auto(trans)formação permanente e desenvolvimento docente no contexto do PIBID

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/riesup.v5i0.8652428

Palavras-chave:

Auto(trans)formação, Formação de professores, PIBID, Círculos dialógicos Investigativo-formativos, Desenvolvimento profissional docente.

Resumo

Este artigo resulta de uma pesquisa de doutorado concluída em 2017, que teve como objetivo compreender e analisar a realização e os desdobramentos formativos do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), nos subprojetos de Química e Biologia em uma Instituição de Ensino Superior. As narrativas apresentadas são retiradas dos diálogos emergidos nos encontros presenciais, realizados em cada campus participante da pesquisa. Nesses encontros, utilizamos a metodologia dos Círculos Dialógicos Investigativo-formativos, inspirados nos Círculos de Cultura freireanos em aproximação com a pesquisa-formação . Os encontros possibilitaram a percepção de que os Círculos Dialógicos Investigativo-formativos contribuem para a ação-reflexão-ação sobre as práxis educativas dos pibidianos e com a auto(trans)formação permanente tanto dos professores quanto dos bolsistas de iniciação, contribuindo com o desenvolvimento profissional docente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Rosângela Silveira Ramos, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Farroupilha

Professora de ensino básico, técnico e tecnológico do Instituto Federal Farroupilha- campus São Vicente do Sul. Docente na Licenciatura em Química e Biologia.

Celso Ilgo Henz, Universidade Federal de Santa Maria

Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professor associado 2 da Universidade Federal de Santa Maria e pesquisador do PPGE.

Dóris Pires Vargas Bolzan, Universidade Federal de Santa Maria

Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professora do Departamento de Metodologia do Ensino pela Universidade Federal de Santa Maria.

Referências

BRANDÃO. Carlos Rodrigues. O que é Método Paulo Freire. Editora Brasiliense. Coleção Primeiros Passos. 2013.

CHIZZOTTI, Antonio. Pesquisa em Ciências Humanas e Sociais. São Paulo: Cortez, 2010.

CHIZZOTTI, Antonio. Pesquisa qualitativa em ciências humanas e sociais. 6. Ed,. Petrópolis. RJ: Vozes, 2014.

DAY, Christopher. Desenvolvimento profissional de professores: os desafios da aprendizagem permanente. Porto, Portugal: Porto Editora, 2001.

FIORI, Ernani Maria. Aprender a dizer sua palavra (Prefácio). In: FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Ed: Paz e Terra, Rio de Janeiro, 1987.

FREIRE, Paulo. Educação e Mudança. 1 ed. Rio de Janeiro; Paz e Terra, 1979.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 17a ed. Rio de Janeiro; Paz e Terra, 1987.

FREIRE, P. A importância do ato de ler – em três artigos que se completam. 51. Ed. 2ª reimpressão Cortez Editora. Perdizes. São Paulo, SP. 2011.

FREIRE, Paulo. Professora sim, tia não: cartas a quem ousa ensinar. 1ed. São Paulo: Paz e Terra, 2013.

FREIRE. Educação como prática da liberdade. 33.Ed. São Paulo: Paz e Terra, 2014

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia – Saberes necessários a prática educativa. Paz e Terra. 24a Edição. 2015a.

FREIRE, Paulo. Política e Educação. Organização de Ana Maria Araújo Freire. 2a ed. São Paulo: Paz e Terra, 2015b.

FREITAS. Ana Lúcia Souza de .Conscientização. In: STRECK, DANILO; REDIN, EUCLIDES; ZITKOSKI, JAIME JOSÉ (Orgs). Dicionário Paulo Freire. 2.Ed. Belo Horizonte: Autentica, 2010. p. 88-89.

GAMA, R. P. Desenvolvimento profissional com apoio de grupos colaborativos: o caso de professores de matemática em início de carreira. 2007. 240 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática), Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2007.

GARCIA, Carlos Marcelo A Formação de Professores: Novas perspectivas baseadas na investigação sobre o pensamento do professor. In: Nóvoa, A (Org.). Os professores e sua formação. 1992. p. 51- 76. Lisboa: Publicações Dom Quixote

GARCIA, Carlos. Marcelo. Formação de professores: para uma mudança educativa. Portugal: Porto Editora, 1999

GIL, Antonio Carlos. Estudo de Caso. São Paulo: Atlas, 2009.

XX. Razão-emoção Crítico-reflexiva: um desafio permanente na capacitação de professores. Porto Alegre, RS: UFRGS, 2003. Tese [Doutorado] – Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

XX .“Dialogus”: Formação Permanente, Humanização e Cidadania. In: VI ENCONTRO INTERNACIONAL DE INVESTIGADORES DE POLÍTICAS EDUCATIVAS (VI EIIPE), XX (organizadora). – Santa Maria. Anais ...:Santa Maria, Universidade Federal de Santa Maria, Asociación de Universidades Grupo Montevideo, 2014a.p. 47-52.

XX. Círculos, dialógicos investigativo-formativos: pesquisa-formação permanente de professores. In: SEMINÁRIO NACIONAL COM PAULO FREIRE, 7, Bento Gonçalves. Anais do 8º seminário. ISBN: 978-85-64961-06-7 Bento Gonçalves, 2014b, p. 448-457. E-book.

XX. Círculos Dialógicos Investigativo-Formativos e Auto(trans)formação Permanente de Professores. In: XX; TONIOLO, Joze Medianeira dos Santos Andrade. (Orgs.). Dialogus: círculos dialógicos, humanização e auto(trans)formação de professores. Editora Oikos Ltda. São Leopoldo/RS. 2015. p. 17-28

XX. Círculos dialógicos investigativo-formativos: uma possibilidade de pesquisa entrelaçando os círculos de cultura freireanos e a pesquisa-formação. In: FÓRUM DE ESTUDOS E LEITURAS DE PAULO FREIRE – EDUCAR COM SERIEDADE SIM, MAS COM ALEGRIA! AS CLASSES POPULARES NA EDUCAÇÃO PÚBLICA, 17, Santa Maria. Anais... Santa Maria.

IMBERNÓN, Francisco. Formação permanente do professorado: novas tendências. Tradução de Sandra Valenzuela.. 3a reimpressão. São Paulo: Cortez, 2009.

IMBERNÓN, Francisco. Formação continuada de professores. Porto Alegre: Artmed, 2010.

IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional formar-se para a mudança e a incerteza. São Paulo: Cortez. São Paulo, SP. 2011.

XX (Orgs). Trajetórias da docência: articulando estudos sobre os processos formativos e a aprendizagem de ser professor. In: Pedagogia Universitária e desenvolvimento Profissional Docente. ediPUCRS. Porto Alegre, 2009. p. 121-143.

ISAIA, S. Verbetes. In: CUNHA, M. I. e ISAIA, S. Formação Docente e Educação Superior. In: MOROSINI, Marília Costa. (Org.) Enciclopédia de Pedagogia Universitária – Glossário. Brasília, v.2, 2006, p.351, 352, 357, 358, 368, 369, 370, 374, 375, 3776, 377, 381.

JOSSO, Marie-Christine. Experiências de vida e formação. São Paulo, SP: Cortez, 2004.

JOSSO, Marie-Christine. Caminhar para si. Tradução Albino Pozzer, revisão Maria Helena Menna Barreto Abrahão. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010.

MARCELO, Carlos. A identidade docente. Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação Docente. Belo Horizonte, v. 01, n. 01, p.109-131, ago/dez 2009.

NÓVOA, Antonio (Org).Formação de Professores e Profissão Docente. In: Os professores e a sua formação. Portugal: Porto, 1997

NÓVOA. A. Para uma formação de professores construída dentro da profissão. Revista de Educación. N. 350, dez. 2009, p. 203-218. Disponível em: <http://www.mecd.gob.es/revista-de-educacion/numeros-revista-educacion/numeros-anteriores/2009/re350.html>. Acesso em: 05 mar. 2017.

PIMENTA, Selma Garrido; ANASTASIOU, Léa das Graças Camargos. Docência no Ensino Superior. São Paulo: Cortez, 2002.

SANTOS, L.L.C.P. Problemas e alternativas no campo da formação de professores. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, nº 72, Brasília, set./dez. 1991, pp. 318-334

STRECK, Danilo. Esperança. In: STRECK, Danilo REDIN, Euclides; ZITKOSKI, Jaime José (Orgs). Dicionário Paulo Freire. 2.Ed. Belo Horizonte: Autentica, 2010. P. 161

ZITKOSKI, Jaime José. Diálogo/dialogicidade. In: STRECK, DANILO; REDIN, EUCLIDES; ZITKOSKI, JAIME JOSÉ (Orgs). Dicionário Paulo Freire. 2.Ed. Belo Horizonte: Autentica, 2010. p. 117-118.

YIN, Robert K. Estudo de caso – planejamento e métodos. Tradução Cristhian Matheus Herrera. 5 ed. Porto Alegre Bookman, 2015.

Publicado

2019-05-01

Como Citar

RAMOS, M. R. S.; HENZ, C. I.; BOLZAN, D. P. V. Auto(trans)formação permanente e desenvolvimento docente no contexto do PIBID. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 5, p. e019003, 2019. DOI: 10.20396/riesup.v5i0.8652428. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8652428. Acesso em: 5 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos