Processos de internacionalização

conquistas e desafios no contexto da URI - universidade comunitária

Palavras-chave: Políticas públicas, Processos de internacionalização, Conquistas e desafios, Universidade comunitária.

Resumo

O artigo apresenta parte de estudos desenvolvidos em projeto de mestrado e de Iniciação científica, no âmbito do NEPPES – Núcleo de Estudos em Políticas e Processos de Educação Superior e também no âmbito do GIEPES – Grupo Internacional de Estudos e Pesquisas em Educação Superior e discute os espaços de internacionalização vividos pela URI – Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – localizada na região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – Brasil. Em seus apontamentos, traz as marcas de uma Instituição comunitária, sem fins lucrativos, que nasce de um projeto sonhado e construído por sua comunidade. Nessa perspectiva, a construção dos processos de internacionalização configura-se como grandes desafios, de um lado, e conquistas muito significativas, por outro. A perspectiva do intercâmbio discente e docente, assim como a possibilidade de participação em grupos de pesquisa nacionais e internacionais, passando por ações de extensão e ensino, tem desafiado a URI a construir possibilidades de internacionalização que vem nascendo a partir dos convívios e contatos docentes com seus pares, dando vida a convênios com inúmeras instituições de diversos países.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvia Regina Canan, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões

Professora do Departamento de Ciências Humanas da URI - Campus de Frederico Westphalen. Doutora em Educação pela UNISINOS. 

Jéssica De Marco, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões

Mestranda do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI).

Thais Campos da Silva, Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões

Graduanda do Curso de Pedagogia da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões.

Referências

AZEVEDO, Mário Luiz Neves de. A educação superior em tempos de internacionalização: cinco mitos, nove enganos e cinco verdades. In: CUNHA, Célio da; SOUSA, José Vieira de; SILVA; Maria Abádia da. (Org.). Internacionalização da educação: discursos, práticas e reflexos sobre as políticas educativas. Belo Horizonte: Fino Traço, 2016.

AZEVEDO, Mário Luiz Neves de. A integração dos sistemas de educação superior na Europa: de Roma a Bolonha ou da integração econômica à integração acadêmica. Educação Temática Digital, Campinas, v. 9, n. esp., p. 133-149, dez. 2008. Disponível em: <https://www.ssoar.info/ssoar/bitstream/handle/document/7345/ssoar-etd-2008-esp-azevedo-a_integracao_dos_sistemas_de.pdf?sequence=1>. Acesso em: 12 mai. 2018.

AZEVEDO, Mário Luiz Neves de. CATANI, Afrânio Mendes. Educação superior, internacionalização e circulação de ideias: ajustando os termos e desfazendo mitos. Revista Inter-Ação, Goiânia, v.38, n.2, p.273-291, mar. 2003. Disponível em: < https://www.revistas.ufg.br/interacao/article/view/26103>. Acesso em: 22 jul. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Plano Nacional de Pós-Graduação- PNPG 2011-2020. Brasília, DF: CAPES, 2010.

BRASIL. Plano Nacional de Educação 2014-2024. [Recurso Eletrônico]: Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014, que aprova o Plano Nacional de Educação (PNE), e dá outras providências. – Brasília: Câmera dos Deputados, Edições Câmara, 2014.

CASTRO, Alda Araújo; NETO, Antonio Cabral. O ensino superior: a mobilidade estudantil como estratégia de internacionalização na América Latina. Revista Lusófona de Educação, Portugal, v. 21, p. 69-96, 2012. Disponível em: < http://revistas.ulusofona.pt/index.php/rleducacao/article/view/3082>. Acesso em: 26 mai. 2018.

CUNHA, Maria Isabel da. A qualidade do ensino superior em tempos de democratização – a relação ensino e pesquisa. In: LEITE, Carlinda; PACHECO, José Augusto et al. Políticas fundamentos e práticas do currículo. Porto: Porto Editora, 2011.

CUNHA, Maria Isabel da. Internacionalização e democratização: uma tensão na qualidade da educação superior? São Leopoldo: Oikos, 2016.

DIAS SOBRINHO, José. Educação Superior, globalização e democratização. Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro: ANPED, v. 28, p. 164-173, 2005. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-24782005000100014>. Acesso em: 25 mai. 2018.

JUNIOR, João dos Reis Silva; KATO, Fabíola Bouth Grello. A política de internacionalização da Educação Superior no Plano de Pós-Graduação (2011-2020). Campinas: Rev. Inter. Educ. Sup. 2016.

KNIGHT, Jane. Internationalization remodeled: definition, approaches and rationales. Journal of Studies in International Education, v.8, n.1, 2004. Disponível em: < http://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/1028315303260832>. Acesso em: 02 jul. 2018.

KNIGHT, Jane. Cinco verdades sobre internacionalização. International Higher Education, n. 69, inverno 2013 (Hemisfério Norte). Edição brasileira – Revista Ensino Superior Unicamp. Campinas: Unicamp, 2012. Disponível em: < https://www.revistaensinosuperior.gr.unicamp.br/international-higher-education/cinco-verdades-a-respeito-da-internacionalizacao>. Acesso em: 17 jul. 2018.

KNIGHT, Jane.. Higher Education in Turmoil: The Changing World of Internationalization. Ontario Institute for Studies in Education, University of Toronto, 2008. Canadá. Disponível em: <https://www.sensepublishers.com/media/475-higher-education-in-turmoil.pdf>. Acesso em: 17 jul. 2018.

LIMA, Manolita Correia; MARANHÃO, Carolina Machado Saraiva de Albuquerque. O sistema de educação superior mundial: entre a internacionalização ativa e passiva. Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas, v. 14, n. 3, p. 583-610, nov. 2009. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/aval/v14n3/a04v14n3>. Acesso em: 26 abr. 2018.

MARCONDES, Danillo. Iniciação à história da filosofia: dos pré-socráticos a Wittgenstein. 6ª ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

MESQUITA, Anabela; CASTILHO, Olímpio. Os desafios da internacionalização do ensino superior – um caso de estudo. p. 35 - 51. In: CABRITO, Belmiro; CASTRO, Alda; CERDEIRA, Luísa; CHAVES, Vera Jacob. (Org.). Os desafios da expansão da educação em países de língua portuguesa: financiamento e internacionalização. 1ª ed. Lisboa: Educa e autores, 2014.

MORGADO, José Carlos. Processo de Bolonha e Ensino Superior num mundo globalizado. Campinas: Educ. Soc., 2009.

MOROSINI, Marília Costa. Estado do Conhecimento sobre internacionalização da educação superior – conceitos e práticas. Educar. Curitiba, n. 28, p. 107-127, 2006. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/er/n28/a08n28.pdf>. Acesso em: 07 dez. 2017.

NASCIMENTO, Maria Emanuele Macêdo do. A internacionalização do ensino superior e a formação inicial de professores: um estudo do Programa Licenciaturas Internacionais na UFRN (2010 - 2013). Natal, 2017. Disponível em: < https://repositorio.ufrn.br/jspui/bitstream/123456789/24569/1/MariaEmanueleMacedoDoNascimento_DISSERT.pdf>. Acesso em: 03 mai. 2018.

PAETZOLD, Ophelia Sunpta Buzatto e CANAN, Silvia Regina. URI 25 anos: universide regional, comunitária e integrada. Frederico Westphalen: URI, 2017.

PEREIRA, Elisabete Monteiro de Aguiar e ALMEIDA, Maria de Lourdes Pinto de. (Org.). Universidade Contemporânea: políticas do Processo de Bolonha. Campinas: Mercado de letras, 2009.

PEREIRA, Elisabete Monteiro de Aguiar. A universidade da modernidade nos tempos atuais. Avaliação, Campinas; Sorocaba, SP, v.14, n.1, p.29-52, mar.2009. Disponível em: < http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-40772009000100003&script=sci_abstract&tlng=pt>. Acesso em: 05 jul. 2018.

PEREIRA, Pablo. HEINZLE, Marcia Regina Selpa. A internacionalização da educação superior e o plano nacional de educação 2014-2024: diretrizes, metas e estratégias. Revista Internacional de Educação Superior. Campinas, v.3, n.1, p.186-202, jan/abr.2017. disponível em: < https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8650582>. Acesso em: 08 mai. 2018.

PINTO, Marialva Moog; ROCHA, Maria Aparecida Marques da Rocha; VOLPATO, Gildo. Internacionalização na educação superior: docentes brasileiros e suas percepções e práticas em espaço africano. In: CUNHA, Maria Isabel da (org.). Internacionalização e democratização: uma tensão na qualidade da educação superior?. 2. ed. ampl. São Leopoldo: Oikos, 2017.

SANTOS, Fernando Seabra; ALMEIDA FILHO, Naomar de. A quarta missão da Universidade: internacionalização universitária na sociedade do conhecimento. Brasília: Editora Universidade de Brasília; Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2012.

STALLIVIERI, Luciane. O processo de internacionalização nas instituições de ensino superior. Educação Brasileira: revista do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras, Brasília, v.24, n.48, p.35-57, 2002. Disponível em: < http://iglu.paginas.ufsc.br/files/2014/08/SLIDES-LUCIANE.pdf>. Acesso em: 20 jun. 2018.

STALLIVIERI, Luciane. O processo de internacionalização nas instituições de ensino superior. Caxias do Sul: Assessoria de Relações Interinstitucionais e Internacionais. 2003. Disponível em: < http://iglu.paginas.ufsc.br/files/2014/08/SLIDES-LUCIANE.pdf>. Acessado em: 16. nov. 2017.

UNESCO. Declaração mundial sobre Educação Superior no século XXI: visão e ação-1998. Paris, 1998.

WIT, Hans De. Repensando o conceito da internacionalização. International Higher Education, n. 70, inverno 2013 (Hemisfério Norte). Edição brasileira – Revista Ensino Superior Unicamp. Campinas: Unicamp, 2013. Disponível em: < https://www.revistaensinosuperior.gr.unicamp.br/international-higher-education/repensando-o-conceito-da-internacionalizacao>. Acesso em: 08 mai. 2018.

Publicado
2019-05-01
Como Citar
Canan, S. R., De Marco, J., & Silva, T. C. da. (2019). Processos de internacionalização. Revista Internacional De Educação Superior, 5, e019044. https://doi.org/10.20396/riesup.v5i0.8653862
Seção
Dossiê