Internacionalização e educação para a cidadania global

a visão de professores universitários

Palavras-chave: Educação superior, Educação para a cidadania, Internacionalização da educação superior, Unesco.

Resumo

Este estudo objetiva analisar concepções de professores universitários brasileiros acerca dos princípios da Educação para a Cidadania Global (ECG) e da internacionalização da educação superior, bem como apresentar subsídios para reflexão sobre a prática docente na educação superior. O processo de triangulação de dados se consolida com a metodologia de caráter qualitativo, na medida em que foram selecionados professores do ensino superior, de diversas áreas do conhecimento, de uma Instituição de Ensino Superior comunitária da região Sul do Brasil, para coletar suas percepções acerca da formação do cidadão global. Para tal, foram utilizados como instrumentos o questionário e dois grupos focais, ambos com docentes. Nos resultados da pesquisa, destacam-se algumas proposições possíveis no sentido de fomentar as recomendações da Unesco para o desenvolvimento da ECG e tomando como ponto de partida a visão dos docentes pesquisados sobre esse novo papel na universidade. Nesse sentido, os resultados desta análise apontam: a necessidade de a educação voltar-se ao paradigma de aprendizagem; a importância da responsabilidade compartilhada dos diferentes níveis e atores da educação superior e investimento institucional em processos de internacionalização, para a formação de um cidadão global.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pricila Kohls dos Santos, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Doutora em Educação. Professora Colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Marília Costa Morosini, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Doutora em Educação. Professora Titular Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Referências

AMARAL, Nelson Cardoso. O financiamento da expansão das instituições federais de ensino superior no contexto de um novo Plano Nacional de Educação 2011-2021. In: João Ferreira de Oliveira (Org.) O campo universitário no Brasil: políticas, ações e processos de reconfiguração. Campinas SP: Mercado das Letras, 2011. ISBN 978-85-7591-174-4

BAIN, Ken. Lo que hacen los mejores estudiantes de universidad. Tradução de Óscar Barberá. Valencia: Universitat de València, 2014. ISBN 10: 8437066697

BALL, Stephen. J. Educação Global SA: novas redes políticas e o imaginário neoliberal. Ponta Grossa: Editora UEPG, 2014. ISBN: 978-85-7798-190-8

BANCO MUNDIAL. Construir sociedades de conocimiento: nuevos desafíos para la educación terciaria. 2002.

BARBOUR, Rosaline. Grupos focais. Porto Alegre: Artmed, 2009. ISBN 978-85-363-2054-0

BAWDEN, Richard. O objetivo educador da educação superior para o desenvolvimento humano e social no contexto da globalização. In: GUNI. Educação superior em um tempo de transformação: novas dinâmicas para a responsabilidade. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2013. ISBN-13: 978-0-230-23337-9

COATES, Hamish. The value of student engagement for higher education quality assurance. Quality in Higher Education, v. 11, n. 1, p. 25-36, 2005.

LEASK, Betty. Internationalizing the curriculum in the disciplines: Imagining new possibilities. Journal of Studies in International Education, v. 17, n. 2, p. 103-118, 2013.

MALHOTRA, Naresh. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. Porto Alegre: Bookman Editora, 2012. ISBN: 9788577809752

MORAIS, Duarte; OGDEN, Anthony. Initial development and validation of the global citizenship scale. Journal of Studies in International Education, v. 15, n. 5, p. 445-466, 2011.

MORAES, Roque; GALIAZZI, Maria Do Carmo. Análise textual discursiva. Ijuí: Ed. Unijuí, 2007. ISBN-13: 978-8541902175

TAYLOR, Leah; PARSONS, Jim. Improving student engagement. Current Issues in Education, v. 14, n. 1, 2011.

OLIVEIRA, João Ferreira de. Acesso à educação superior no Brasil: entre o elitismo e as perspectivas de democratização. In: José Vieira de Sousa. (Org.). Educação superior: cenários, impasses e propostas, 1. ed. Campinas: Autores Associados, 2013. ISBN: 978-85-7496-320-4

REFLEX. The flexible professional in the knowledge society: new challenges for higher education. Project European Union, 2011.

ROBERTSON, Susan L.. “Situando” os professores nas agendas globais de governança. In: Afrânio Mendes Catani; João Ferreira de Oliveira (Org.). Educação superior e produção do conhecimento. Campinas SP: Mercado das Letras, 2015. ISBN 978-85-7591-307-9

ROBERTSON, Susan L. Placing teachers in global governance agendas. Comparative Education Review, v. 56, n. 4, p. 584-607, 2012.

THOMAS, Douglas; BROWN, John Seely. A new culture of learning: cultivating the imagination for a world of constant change. Lexington, KY: CreateSpace, 2011. ISBN, 1456458884.

UNESCO. Educação para a cidadania global: preparando alunos para os desafios do século XXI. Brasília: Unesco, 2015. ISBN: 978-85-7652-200-3

UNESCO. Educação para a cidadania global: tópicos e objetivos de aprendizagem. Brasília: Unesco, 2016. ISBN: 978-85-7652-211-9

VAN DER WENDE, Marijk. Internationalising the curriculum. In: Internationalisation of Higher Education. OECD Documents, 1996. ISBN 92-64-17049-9

Publicado
2019-02-24
Como Citar
Santos, P. K. dos, & Morosini, M. C. (2019). Internacionalização e educação para a cidadania global. Revista Internacional De Educação Superior, 5, e019040. https://doi.org/10.20396/riesup.v5i0.8653913
Seção
Dossiê