Oportunidades do novo espaço educativo para a educação superior

terceiro entorno digital

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/riesup.v8i00.8659282

Palavras-chave:

Espaço virtual, Ambiente virtual de aprendizagem, Telemática, Internet, . Professores de educação superior, Educação superior

Resumo

Este estudo teórico-reflexivo propõe uma análise das mudanças geradas no ensino superior, no papel do professor e da sala de aula, na inclusão das Tecnologias da Informação e Comunicação. Um conjunto de tecnologias permite a construção de um novo espaço social e cultural, denominado terceiro entorno, cuja estrutura é diferente da dos ambientes natural (primeiro entorno) e urbano (segundo entorno) onde a vida social se desenvolveu tradicionalmente, e particularmente educação. A metodologia corresponde à revisão sistemática narrativa qualitativa, para a qual foi utilizada a técnica de análise documental. Nesse sentido, é apresentada a evolução do uso das tecnologias na educação e as mudanças que elas produziram, não apenas no surgimento de novos instrumentos de ensino, mas também afetando a estrutura do espaço social e educacional, que por si só constitui o terceiro ambiente. Essa situação nos leva a repensar o papel do professor, a relevância da área em que a instrução é dada, que no terceiro ambiente é a rede e não a sala de aula, o processo de formação que não é presencial, mas representacional e onde a comunicação é assíncrona. Assim, as mudanças necessárias são descritas tanto na sala de aula quanto no professor para se adaptar e emergir nesse novo espaço social e cultural. Conclui a necessidade urgente de repensar a práxis institucional e de ensino à luz das implicações na integração dos ambientes presencial e digital.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mario Astudillo, Universidade Federal de Santa Maria

Doutor em Educação pela Universidade de Salamanca, Espanha; Pós-doutor em educação pela Universidade Federal de Santa Maria - UFSM, Brasil. Professor na Universidade Tecnológica do Chile Inacap, Chile; Professor visitante na UFSM. 

Ana Vanessa Leguízamo-León, Universidade Central da Venezuela

Doutor em Processos de Formação em Espaços Virtuais e DEA em Educação pela Universidade de Salamanca, Espanha Coordenador de Pós-Graduação em Ciência da Computação da Universidade Central da Venezuela. Professor Associado na Universidade Central da Venezuela.

Eloy García Calleja, Universidade Tecnológica Universidade Tecnológica do Chile Inacap

Especialista Industrial, Universidade de Salamanca, Espanha. Pós-graduação em Pesquisa em Educação, Universidade Tecnológica do Chile Inacap. Professor na Consultor independente de Planejamento Estratégico e Tecnologia da Informação, Universidade Tecnológica Universidade Tecnológica do Chile.

Referências

ADEDOKUN, Omolola A. et al. Student perceptions of a 21st century learning space. Journal of Learning Spaces, v. 6, n. 1, 2017. Disponível em: http://libjournal.uncg.edu/jls/article/view/1339. Acesso em: 15 dez. 2019.

ANDRADE, Luiz Gustavo da Silva Bispo et al. Geração ze as metodologias ativas de aprendizagem: desafios na Educação Profissional e Tecnológica. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, v. 1, n. 18, p. 1-14, 2020. Disponível em: http://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/8575. Acesso em: 12 mar. 2020.

BARTOLOMÉ, Antonio et al. Blended learning: panorama y perspectivas. RIED. Revista Iberoamericana de Educación a Distancia, 21(1), pp. 33-56, 2018. Disponível em: https://repositorio.unican.es/xmlui/handle/10902/15898. Acesso em: 15 dez. 2019.

CABERO, Julio. Tendencias para el aprendizaje digital: de los contenidos cerrados al diseño de materiales centrado en las actividades. El Proyecto Dipro 2.0. Revista de Educación a distancia, n. 32, 2012. Disponível em: https://revistas.um.es/red/article/view/233041. Acesso em: 15 dez. 2019.

CASTELLS, Manuel. La galaxia Internet. Reflexiones sobre Internet, empresa y sociedad. Barcelona: Plaza Janés Editores S.A. 2001. 316 p. ISBN: 9788401341571.

CERRATO, Sara; FIGUER, Cristina. Infancia, adolescencia y Tecnologías de la Información y la Comunicación (TICs) en perspectiva psicosocial. Psychosocial Intervention, v. 19, n. 1, p. 5-8, 2010. Disponível em: http://scielo.isciii.es/pdf/inter/v19n1/v19n1a02.pdf. Acesso em: 23 nov. 2018.

COMITÊ GESTOR DA INTERNET NO BRASIL. Pesquisa TIC Kids On-line Brasil 2018.Pesquisa sobre o uso de Internet por crianças e adolescentes no Brasil. Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR. São Paulo: CGI.br, 2019a. 348 p. ISBN: 978-85-5559-089-4.

COMITÊ GESTOR DA INTERNET NO BRASIL (CGI.br). TIC Domicílios 2018. Pesquisa sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação nos domicílios brasileiros. Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR. São Paulo: CGI.br, 2019b. 390 p. ISBN: 978-85-5559-087-0.

DZIUBAN, Charles et al. Blended learning: the new normal and emerging technologies. International Journal of Educational Technology in Higher Education, v. 15, n. 1, p. 3, 2018. Disponível em: https://educationaltechnologyjournal. springeropen.com/articles/10.1186/s41239-017-0087-5. Acesso em: 15 dez. 2019.

ECHEVERRÍA, Javier. ¿Internet en la escuela o la escuela en Internet. Revista de educación, p. 199-206, 2002. Disponível em: http://www.educacionyfp.gob.es /dam/jcr:c7fed465-a792-45fb-ac77-88598ba20537/re20021411012-pdf.pdf. Acesso em: 19 dez. 2019.

ECHEVERRÍA, Javier. Los señores del aire: Telépolis y el tercer entorno. Barcelona: Destino, 2004. 492 p. ISBN: 84-233-3169-5.

ECHEVERRÍA, Javier. Cultura digital y memoria en red. Arbor, v. 185, n. 737, p. 559-567, 2009. Disponível em: http://arbor.revistas.csic.es/index.php/arbor/article/view/313. Acesso em: 19 dez. 2019.

ECHEVERRÍA, Javier. Expandir la educación al tercer entorno. In: DÍAZ, Rubén; FREIRE, Juan. (org.). Educación expandida. Sevilla: Colectivo Zemos 98, pp. 167-184, 2012. 380 p. ISBN: 978-84-7993-208-4.

ECHEVERRÍA, Javier. A escola contínua e o trabalho no espaço-tempo eletrônico. In: INBERNÓN, F. e JARANTA, B. Pensando o futuro da educação: uma escola para o século XXII. Porto Alegre: Penso, 2015. 160 p. ISBN: 8584290109.

ERASLAN, Levent; KUKUOGLU, Ahmet. Social Relations in Virtual World and Social Media Aggression. World Journal on Educational Technology: Current Issues, v. 11, n. 2, p. 1-11, 2019. Disponível em: https://eric.ed.gov/?id=EJ1215414. Acesso em: 23 jan. 2020.

FARRERONS, Oscar; OLMEDO, Noelia. Las TIC y la ingeniería gráfica. Barcelona: Omnia Science, 2016. 181 p., ISBN 9788494467349.

GALANEK, Joseph D., GIERDOWSKI, Dana C.; BROOKS, D. Christopher. ECAR study of undergraduate students and information technology, 2018, Boulder, CO: EDUCAUSE Center for Applied Research, 2018. Disponível em: https://www.educause.edu/ecar/research-publications/ecar-study-of-undergraduate-students-and-information-technology/2018/introduction-and-key-findings. Acesso em: 17dez. 2019.

GARCÍA-UMAÑA, Andrés; CASAS, Patricia; PÉREZ, Gema. Nomofobia: la influencia del determinismo recíproco en la sociedad del conocimiento In: CASAS, Patricia, PARAMIO-, Gema, ZUBIZARRETA, Ana, Educación y comunicación mediada por las tecnologías: tendencias y retos de investigación. Sevilla: Egregius, p. 61-90, 2019. 148 p. ISBN: 841727037X.
GARZA, Daniel; PEÑA, José Antonio; LÓPEZ, Fátima. La participación política online de los jóvenes en México, España y Chile. Comunicar: Revista científica iberoamericana de comunicación y educación, n. 61, p. 83-92, 2019. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=7048467. Acesso em: 23 jan. 2020.

GROS, Begoña. Evolución y retos de la educación virtual. Construyendo el e-learning del siglo XXI. Barcelona-España: Editorial UOC, 2011. 183 p. ISBN: 978-84-9788-406-8.

KOBAYASHI, Kenji; HSU, Ming. Common neural code for reward and information value. Proceedings of the National Academy of Sciences, v. 116, n. 26, p. 13061-13066, 2019. Disponível em: https://www.pnas.org/content/116/26/13061.short. Acesso em: 24 jan. 2020.

LATORRE, Antonio. La investigación-acción: Conocer y cambiar la práctica educativa. Grao, 2003. 138 p. ISBN: 84-7827-292-5

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 2009. 249 p. ISBN: 978-85-7326-126-4.

MARZANO, Robert J.; KENDALL, John S. (Ed.). The new taxonomy of educational objectives. California: Corwin Press, 2007. 193 p. ISBN: 978-1-4129-3628-6

MESTAN, Kemran. Create a fine blend: An examination of institutional transition to blended learning. Australasian Journal of Educational Technology, v. 35, n. 1, 2019.
Disponível em: https://ajet.org.au/index.php/AJET/article/view/3216. Acesso em: 24 jan. 2020.

OLSEN, Taiimi; GUFFEY, Stanley. Intentional process for intentional space: Higher education classroom spaces for learning. Journal of Learning Spaces, 2016. Disponível em: https://tigerprints.clemson.edu/teach_learn_pub/2/. Acesso em: 11 dez. 2019.

PIAZZON, Luciana; LIMA, Barbosa; OYADOMARI, Winston. Internet e participação cultural: o cenário brasileiro segundo a pesquisa TIC Domicílios. Revista Internet & Sociedade, pp. 38 a 63, 2020. Disponível em: https://revista.Internetlab.org.br/wp-content/uploads/2020/02/Internet-e-participação-cultural.pdf. Acesso em: 12 mar. 2020.

RHEINGOLD, Howard. The virtual community: Homesteading on the electronic frontier. Londres: MIT Press, 2000. 480 p. ISBN: 9780262681216.

RODRÍGUEZ, María. La libertad humana en el tercer entorno. Comunicación: estudios venezolanos de comunicación, n. 182, p. 67-75, 2018. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=6923130. Acesso em: 12 mar. 2020.

ROSENBERG, Marc J. Estrategias para transmitir conocimiento en la era digital. Bogotá: McGraw-Hill Interamericana, 2001. 332 p. ISBN: 9584102095.

ROSENFELD, Michael J.; THOMAS, Reuben J.; HAUSEN, Sonia. Disintermediating your friends: How online dating in the United States displaces other ways of meeting. Proceedings of the National Academy of Sciences, v. 116, n. 36, p. 17753-17758, 2019. Disponível em: https://web.stanford.edu/~mrosenfe/Rosenfeld_et_al_Disintermediating_Friends.pdf. Acesso em: 12 mar. 2020.

SÁEZ, Fernando. Más allá de Internet: la red universal digital: x-economía y nuevo entorno tecnosocial. Barcelona: Editorial Centro de Estudios Ramón Areces SA, 2009. 392 p. ISBN: 9788480046299.

SAVATER, Fernando. O valor de educar. São Paulo: Planeta, 2012. 223 p. ISBN: 9788576658283.

SOUSA, Viviane Ramos et al. Influências do uso do WhatsApp na qualidade de vida de professoras de ensino fundamental. Revista EDaPECI, v. 20, n. 1, p. 78-92, 2020. Disponível em: https://seer.ufs.br/index.php/edapeci/article/view/11501. Acesso em: 12 mar. 2020.

TIFFIN, John; RAJASINGHAM, Lalita. En busca de la clase virtual. La educación en la sociedad de la información. Barcelona: Paidós,1997. 274 p. ISBN: 978-8449304026.

STUMPENHORST, Josh. A nova revolução do professor. São Paulo: Editora Vozes, 2018. 225 p. ISBN: 9788532657152.

TORRES, Marie-Hélène Catherine. Democratização de arquivos em bibliotecas digitais e hemerotecas: um caminho para Histórias ou Micro Histórias da tradução no Brasil. Cadernos de Tradução, v. 40, n. 1, p. 208-224, 2020. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/traducao/article/view/2175-7968.2020v40n1p208. Acesso em: 15 mar. 2020.

TUNC-AKSAN, Aygul; AKBAY, Sinem Evin. Smartphone Addiction, Fear of Missing Out, and Perceived Competence as Predictors of Social Media Addiction of Adolescents. European Journal of Educational Research, v. 8, n. 2, p. 559-566, 2019. Disponível em: https://eric.ed.gov/?id=EJ1213088. Acesso em: 12 mar. 2020.

UNIVERSITY OF NORTHAMPTON (UON), Institute for Learning & Teaching. Active Blended Learning. University of Northampton. Disponível em https://www.northampton.ac.uk/ilt/current-projects/abl/. Acesso em: 14 abr. 2020.

WATTERS, Audrey. The 100 Worst EdTech Debacles of the Decade. Hack Education. Disponível em: http://hackeducation.com/2019/12/31/what-a-shitshow. Acceso en: 15 de abr., 2020. Disponível em: Acesso em: 12 mar. 2020.

ZUBIZARRETA, Ana, CALDEIRO, Mari-Carmen. Móviles y primera infancia: análisis de una convivencia determinada por la cotidianeidad. In: CASAS, Patricia, PARAMIO, Gema, ZUBIZARRETA, Ana, Educación y comunicación mediada por las tecnologías: tendencias y retos de investigación. Sevilla: Egregius, p. 61-90, 2019. 348 148 p. ISBN: 841727037X.

Publicado

2021-06-03

Como Citar

ASTUDILLO, M.; LEGUÍZAMO-LEÓN, A. V. .; CALLEJA, E. . G. . Oportunidades do novo espaço educativo para a educação superior: terceiro entorno digital. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v. 8, n. 00, p. e022008, 2021. DOI: 10.20396/riesup.v8i00.8659282. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8659282. Acesso em: 25 set. 2021.

Edição

Seção

Dossiê