Adaptação acadêmica de estudantes do 1º ano

promovendo o sucesso e a permanência na Universidade

Palavras-chave: Ensino superior, Adaptação escolar, Estudantes, Êxito escolar

Resumo

O presente artigo tem como objetivo desenvolver uma reflexão teórica a partir da compreensão dos fenômenos multifacetados que estão presentes no ingresso do estudante no ensino superior. Este constructo contemplou as expectativas que este novo contexto provoca nos estudantes e o impacto das primeiras vivências adaptativas no êxito e permanência do estudante na universidade. A transição e adaptação ao ensino superior constituem verdadeiros desafios e são descritas através de diferentes dimensões adaptativas em relação à instituição, aos estudos, aos seus pares, às exigências de autonomia pessoal e emocional, ou ao planejamento da carreira. Propõem-se alternativas de prevenção ao abandono universitário precoce, aqui entendido como o direito que o estudante possui de iniciar e concluir seus estudos com qualidade, com o devido suporte acadêmico, social e político, disponível nas instituições de ensino superior. Busca-se, portanto, uma reflexão sobre novas práticas formativas nesse nível de ensino diante dos alunos, os quais, potencialmente, estão mais vulneráveis em termos de desenvolvimento de competências. Abrange-se a necessidade de apoio social, psicológico e educativo, destinado a apoiar o êxito universitário dos estudantes e, consequentemente, a conclusão dos seus cursos, fazendo diminuir as taxas de abandono, tendencialmente mais elevadas entre os estudantes do 1º ano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Amália Gomes de Barros Torres Faria, Universidade do Minho

Doutoranda em Psicologia da Educação- Universidade do Minho (POR). Atua clinicamente com base na Psicologia Cognitivo-Comportamental. Servidora Pública, Psicóloga escolar no Instituto Federal de Alagoas- IFAL.

Leandro S. Almeida, Universidade do Minho

Doutor em Psicologia pela Universidade do Porto. Professor na Universidade do Minho.

Referências

ALMEIDA, Leandro S. Ensino Superior: combinando exigências e apoios. In: ALMEIDA, Leandro S. (Org.). Estudantes do Ensino Superior: Desafios e oportunidades. Braga : Associaçao para o Desenvolvimento da investigaçao em Psicologia da Educaçao, 2019. (Psicologia & Educação). Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/libro?codigo=731388. Acesso em: 26 maio 2020.

ALMEIDA, Leandro S. et al. Construção de um questionário transcultural de motivos de abandono do ensino superior. Avaliação psicológica, Itatiba, v. 18, n. 2, p. 201-209, 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.15689/ap.2019.1802.17694.11. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-04712019000200012&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 20 maio 2020.

ALMEIDA, Leandro S.; ARAÚJO, Alexandra M.; MARTINS, Carla. Transição e adaptação dos alunos do 1o ano: variáveis intervenientes e medidas de atuação. In: ALMEIDA, Leandro S. (org.); CASTRO, Rui Vieira de (org.). Ser estudante no ensino superior: o caso dos estudantes do 1o ano. Braga: Universidade do Minho, 2016. p. 146–164. Disponível em: http://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/42318. Acesso em: 26 maio 2020.

ANSAY, Noemi Nascimento; MOREIRA, Laura Ceretta. Políticas de acesso ao ensino superior para estudantes com deficiência no Chile e no Brasil. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, SP, v. 15, n. 2, p. 539–559, 2020. DOI https://doi.org/10.21723/riaee.v15i2.12475. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/12475. Acesso em: 26 maio 2020.

ARAÚJO, Alexandra M.; ALMEIDA, Leandro S. Adaptação ao ensino superior: O papel moderador das expectativas acadêmicas. Educare, Revista Cientifica de Educação, Faculdade Adventista de Hortolândia, v.1, n. 1, p. 13–32, 2015. DOI https://doi.org/http://dx.doi.org/10.19141/2447-5432/lumen.v1.n1.p.13-32. Disponível em: https://revistas.unasp.edu.br/lumen/article/view/576. Acesso em: 26 maio 2020.

ASTIN, Alexander.W. Student Involvement: a developmental theory for higher education. Journal of College Student Development personnel, v. 25, n. 4, 297-308, 1999.

BAIER, Stefanie. T., MARKMAN, Barry. S.; PERNICE-DUCA, Francesca. M. Intent to persist in college freshmen: the role of self-efficacy and mentorship. Journal of College Student Development, v. 57, n. 5, p. 614-619, 2016. Disponível em: https://psycnet.apa.org/record/2016-37427-010. Acesso em: 26 maio 2020.

BALL, Stephen. Enriching student learning through innovative real-life exercises. Education & Training, v. 37, n. 4, p. 18–25, 1995. DOI https://doi.org/10.1108/00400919510088889. Disponível em: https://www.emerald.com/insight/content/doi/10.1108/00400919510088889/full/html. Acesso em: 26 maio 2020.

BOURDIEU, Pierre. A escola conservadora: as desigualdades frente à escola e à cultura. In: NOGUEIRA. Maria Alice (org.); CATANI, Afrānio (org.). Escritos de Educação. Petrópolis, RJ: Editora Vozes, 2010a, p. 39-64.

BOURDIEU, Pierre. As contradições da herança. In: NOGUEIRA. Maria Alice (org.); CATANI, Afrānio (org.). Escritos de Educação. Petrópolis, RJ: Editora Vozes 2010b. p. 229-238

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Censo da Educação Superior 2018: notas estatísticas. Brasília, 2019.

CASANOVA, Joana R.; ALMEIDA, Leandro S. Diversidade de público no ensino superior: Antecipando riscos na qualidade da adaptação e do sucesso académico em estudantes do 1° ano. Psicologia, Educação e Cultura, v. 20, n. 1, p. 27–45, 2016.

CASTRO, Rui Vieira de; ALMEIDA, Leandro S. Ser Estudante no Ensino Superior:observatório dos percursos académicosdos estudantes da Uminho. In: ALMEIDA, Leandro S. (org.); CASTRO, Rui Vieira de (org.). Ser Estudante no Ensino Superior: o caso dos estudantes do 1o ano. Centro de Investigação em Educação (CIEd) Instituto de Educação, Universidade do Minho, 2016. p. 1–14. Disponível em: http://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/42103. Acesso em: 20 maio 2020.

CERDEIRA, Luisa et al. Transfer investment on education on a free cost basis: some evidence from Portugal, Spain, Greece and Italy. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 24, n. 93, p. 777-803, dez., 2016. DOI https://doi.org/10.1590/S0104-40362016000400001. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362016000400777&lng=en&tlng=en. Acesso em: 20 maio 2020.

COVAS, Filomena; VEIGA, Feliciano H. Envolvimento dos estudantes no ensino superior: análise em função de variáveis contextuais. In: LOPES, Rui Pedro et al. (orgs.). III Encontro Internacional de Formação na Docência (INCTE): livro de atas. Escola Superior de Educação, Instituto Politécnico de Bragança, 2018. p. 930–938. Disponível em: https://bibliotecadigital.ipb.pt/handle/10198/17381. Acesso em: 20 maio 2020.

FERNÁNDEZ-RODRÍGUEZ, Concepción; SOTO-LÓPEZ, Tamara; CUESTA, Marcelino. Needs and demands for psychological care in university students. Psicothema, v. 31, n. 4, p. 414–421, 2019. DOI: https://doi.org/10.7334/psicothema2019.78. Disponível em: http://www.psicothema.com/psicothema.asp?id=4559. Acesso em: 20 maio 2020.

FERREIRA, Manuela et al. Adaptação e validação para português da Escala de Motivos de Intenção de Abandono do Ensino Superior. Revista de Enfermagem Referência, Coimbra, ser. IV, n. 21, p. 35-45, jun. 2019. DOI: https://doi.org/10.12707/RIV18090. Disponivel em: https://rr.esenfc.pt/rr/index.php?module=rr&target=publicationDetails&pesquisa=&id_artigo=3109&id_revista=24&id_edicao=179. Acesso em: 20 maio 2020.

FIGUEIREDO, Alice Cristina. Limites para afiliação à vida acadêmica de estudantes de camadas populares no contexto de expansão universitária. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 44, 2018. DOI: https://doi.org/10.1590/s1678-4634201844173462. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-97022018000100312&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 20 maio 2020.

GARRIDO, Margarida V.; CALHEIROS, Maria M. Transição para o ensino superior: Desafios e estratégias. In: GARRIDO, Margarida V. (org.); PRADA, Marília (org.). Manual de Competências Académicas. Lisboa: Sílabo Lda, 2016. p. 27–67.

HERINGER, Rosana. Democratização da educação superior no Brasil: das metas de inclusão ao sucesso acadêmico. Revista Brasileira de Orientação Profissional, Florianópolis, v. 19, n. 1, p. 7–17, 2018. DOI: http://dx.doi.org/1026707/1984-7270/2019v19n1p7. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1679-33902018000100003&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 20 maio 2020.

IGUE, Érica Aparecida; BARIANI, Isabel Cristina Dib; MILANESI, Pedro Vitor Barnabé. Vivência acadêmica e expectativas de universitários ingressantes e concluintes. Psico-USF, Itatiba, v. 13, n. 2, p. 155-164, dez. 2008. DOI: https://doi.org/10.1590/S1413-82712008000200003. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-82712008000200003&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 20 maio 2020.

ISHITANI, Terry T. Time-Varying Effects of academical and social integration on student persistent for first and second years in college: National data approach. Journal of College Student Retention:Research, Theory & Practice. v. 18, n. 3, p. 1–24, jan. 2016. DOI: https://doi.org/10.1177/1521025115622781. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/1521025115622781. Acesso em: 20 maio 2020.

KERBY, Molly. B. Toward a new predictive model of student retention in higher education: an application of classical sociological theory. Journal of College Student Retention: Research, Theory & Practice, v. 17, n. 2, p. 138-161, mar. 2015,. DOI: https://doi.org/10.1177/1521025115578229. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/1521025115578229. Acesso em: 20 maio 2020.

MARANHAO, Jucilene Dias; VERAS, Renata Meira. O ensino noturno na Universidade Federal da Bahia: percepções dos estudantes. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, Rio de Janeiro, v. 25, n. 96, p. 553-584, set. 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/s0104-40362017002500854. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40362017000300553&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 20 maio 2020.

MARINHO-ARAUJO, Claisy Maria et al. Adaptação da Escala Expectativas Acadêmicas de Estudantes Ingressantes na Educação Superior. Avaliação Psicológica, Itatiba, v. 14, n. 1, p. 133-141, abr. 2015 . Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-04712015000100016. Acesso em: 20 maio 2020.

MENDES, Igor A. Assaf; COSTA, Bruno Lazzarotti D. Considerações sobre o papel do capital cultural e acesso ao Ensino Superior: uma investigação com dados de Minas Gerais. Educação em Revista, v. 31, n. 3, p. 71-95, 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/0102-4698135457. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-46982015000300071&lng=en&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 20 maio 2020.

MIRANDA, José Alberto Antunes de; STALLIVIERI, Luciane. Para uma política pública de internacionalização para o ensino superior no Brasil. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas), Sorocaba, v. 22, n. 3, p. 589-613, dez. 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/s1414-40772017000300002. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772017000300589&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 20 maio 2020.

OLIVEIRA, Katya Luciane de et al. Estilos intelectuais, estratégias de aprendizagem e adaptação acadêmica no ensino superior brasileiro. Revista Portuguesa de Educação, v. 32, n. 2, p. 134–149, 2019. DOI: https://doi.org/10.21814/rpe.14268. Disponível em: https://revistas.rcaap.pt/rpe/article/view/14268. Acesso em: 26 maio 2020.

PASCARELLA, Ernest T. et al. First-generation college students: Additional evidence on college experiences and outcomes. The Journal of Higher Education, v. 75, n. 3, p. 249-284, 2004. Disponível em: https://studentsuccess.unc.edu/files/2016/02/75.3pascarella-1.pdf. Acesso em: 26 maio 2020.

PASCARELLA, Ernest T.; TERENZINI, Patrick T. How College Affects Students: A Third Decade of Research. San Francisco: Jossey-Bas, 2005.

PAULA, Maria de Fátima Costa de. Políticas de democratização da educação superior brasileira: limites e desafios para a próxima década. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas), Sorocaba, v. 22, n. 2, p. 301-315, ago. 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/s1414-40772017000200002. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772017000200301&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 26 maio 2020.

PORTO, Ana Maria da Silva; SOARES, Adriana Benevides. Diferenças entre expectativas e adaptação acadêmica de universitários de diversas áreas do conhecimento. Análise Psicológica, v. 35, n. 1, p. 13–24, 2017. DOI: https://doi.org/10.14417/ap.1170. Disponível em: http://publicacoes.ispa.pt/index.php/ap/article/view/1170. Acesso em: 26 maio 2020.

RODRIGUEZ, Norma et al. Family or friends: Who plays a greater supportive role for Latino college students? Cultural diversity and ethnic minority psychology, v.9, n. 3, p. 236-250, 2003. DOI: 10.1037/1099-9809.9.3.236. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/12971091/. Acesso em: 26 maio 2020.

ROSA, Chaiane de Medeiros; MILANI, Eder Angelo; SANTOS, Fabiano Fortunato Teixeira dos. O abandono no curso de estatística da Universidade Federal de Goiás: quando os alunos desistem? Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 15, n. 2, p. 597–618, 2020. DOI: https://doi.org/10.21723/riaee.v15i2.13012. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/13012. Acesso em: 26 maio 2020.

SACCARO, Alice; FRANCA, Marco Túlio Aniceto; JACINTO, Paulo de Andrade. Fatores Associados à Evasão no Ensino Superior Brasileiro: um estudo de análise de sobrevivência para os cursos das áreas de Ciência, Matemática e Computação e de Engenharia, Produção e Construção em instituições públicas e privadas. Estudos Econômicos (São Paulo), São Paulo, v. 49, n. 2, p. 337-373, abr. 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/0101-41614925amp. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-41612019000200337&tlng=pt. Acesso em: 26 maio 2020.

SAMPAIO, Helena. Diversidade e diferenciação no ensino superior no Brasil: conceitos para discussão. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 29, n. 84, p. 43-55, fev. 2014. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-69092014000100003. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69092014000100003. Acesso em: 26 maio 2020.

SANTOS, Anelise Schaurich dos; OLIVEIRA, Clarissa Tochetto de; DIAS, Ana Cristina Garcia. Características das relações dos universitários e seus pares: implicações na adaptação acadêmica. Psicologia: teoria e prática, São Paulo, v. 17, n. 1, p. 150-163, abr. 2015. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-36872015000100013. Acesso em: 26 maio 2020.

SCHLESENER, Anita Helena; PEREIRA, Maria de Fátima Rodrigues. Expansão do ensino superior: notas sobres seus limites e possibilidades. Revista Internacional de Educação Superior Revista Internacional de Educação Superior (RIESup), v. 2, n. 3, p. 518-531, 2016. DOI: https://doi.org/10.22348/riesup.v2i3.7682. Disponível em: https://www.periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8650565. Acesso em: 26 maio 2020.

SILVA, Adriano Maniçoba da; SANTOS, Beatriz Carolini Silva. Eficácia de políticas de acesso ao ensino superior privado na contenção da evasão. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior (Campinas), Sorocaba, v. 22, n. 3, p. 741-757, dez. 2017. DOI: https://doi.org/10.1590/s1414-40772017000300009. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-40772017000300741&lng=pt&tlng=pt. Acesso em: 26 maio 2020.

SOARES, Adriana Benevides et al . Situações Interpessoais Difíceis: Relações entre Habilidades Sociais e Coping na Adaptação Acadêmica. Psicologia: Ciência e Profissão., Brasília , v. 39, p. 1–13, 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/1982-3703003183912. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-98932019000100117&tlng=pt. Acesso em: 26 maio 2020.

TERENZINI, Patrick T. et al. First-generation college students: Characteristics, experiences, and cognitive development. Research in Higher Education, v. 37, n. 1, p. 1–22, 1996. DOI: https://doi.org/10.1007/BF01680039. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/BF01680039. Acesso em: 26 maio 2020.

TINTO, Vincent. Leaving College: Rethinking the Causes and Cures. Chicago: University of Chicago Press, 1993.

TINTO, Vincent. Classrooms as Communities: Exploring the Educational Character of Student Persistence. The Journal of Higher Education, v. 68, n. 6, p. 599–623, 1997. DOI: 10.2307/2959965. Disponível em: https://www.jstor.org/stable/2959965?seq=1. Acesso em: 26 maio 2020.

TOMÁS, Rita Antunes et al. Adaptação Pessoal e Emocional em Contexto Universitário: O Contributo da Personalidade, Suporte Social e Inteligência Emocional. Revista Portuguesa de Pedagogia, v.2, n. 48, p. 87–107, 2014. DOI: https://doi.org/10.14195/1647-8614_48-2_5. Disponível em: https://impactum-journals.uc.pt/rppedagogia/article/view/2323. Acesso em: 26 maio 2020

Publicado
2020-07-15
Como Citar
Faria, A. A. G. de B. T., & Almeida, L. S. (2020). Adaptação acadêmica de estudantes do 1º ano. Revista Internacional De Educação Superior, 7, e021024. https://doi.org/10.20396/riesup.v7i0.8659797
Seção
Artigos