Família e serviço social: reflexões acerca da experiência na unidade de terapia neonatal e pediátrica da UFTM

  • Rosane Aparecida de Sousa Martins UNESP
  • Marta Regina Farinelli UNESP
  • Karen Aguiar da Costa Universidade de Uberaba
Palavras-chave: Família. Saúde. Serviço social. Equipe multidisciplinar

Resumo

A hospitalização de um membro familiar em Unidade de Terapia Intensiva, em especial de crianças e adolescentes, caracteriza-se por momentos de angústia, tensão e grande estresse para as famílias e a própria equipe de saúde. Buscou-se captar a caracterização dos arranjos familiares a partir da realidade socioeconômica e cultural brasileira. No âmbito das ações, enfatizou-se o trabalho da equipe de saúde junto às famílias de usuários da Unidade de Terapia Neonatal e Pediátrica do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, analisando a contribuição da atuação do assistente social neste contexto.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosane Aparecida de Sousa Martins, UNESP
Doutora em Serviço Social pela UNESP / Franca
Marta Regina Farinelli, UNESP
Doutora em Serviço Social pela UNESP / Franca, Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM.
Karen Aguiar da Costa, Universidade de Uberaba
Mestre em Educação pela Universidade de Uberaba, Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM
Publicado
2015-08-14
Como Citar
Martins, R. A. de S., Farinelli, M. R., & Costa, K. A. da. (2015). Família e serviço social: reflexões acerca da experiência na unidade de terapia neonatal e pediátrica da UFTM. Serviço Social E Saúde, 12(2), 171-184. https://doi.org/10.20396/sss.v12i2.8639493
Seção
Artigos