Do serviço social médico ao serviço social na saúde: meio século de história em São Paulo

Autores

  • Regina Maria Giffioni Marsiglia Universidade Universidade Católica de São Paulo
  • Maria Olinda Costa Santos Carreira Universidade Universidade Católica de São Paulo
  • Denise Perroud Amaral Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/sss.v15i1.8647307

Palavras-chave:

Serviço social. Saúde. São Paulo

Resumo

Este artigo se propõe a apresentar a inserção do Serviço Social e dos Assistentes Sociais na área de saúde em São Paulo, nas últimas seis décadas. Parte da perspectiva de que estudos de caráter regional são fundamentais para a produção do conhecimento sobre processos sociais complexos em Formações Históricas e Sociais, dadas à diversidade e heterogeneidade das relações econômicas, políticas e sociais que se instalaram historicamente, nas diversas regiões do país. Partiu-se da identificação de relações entre a Assistência Social e a Saúde desde o século XIX, da definição de suas áreas específicas durante a primeira metade do século XX, e da profissionalização do Serviço Social a partir da fundação da Escola de Serviço Social em São Paulo, em 1936. Utilizou-se de pesquisa bibliográfica, bem como de pesquisa empírica sobre os Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) sobre a temática da saúde, apresentados entre 1940- 1999, pelos formandos na graduação de Serviço Social da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP) e das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU), ambas localizadas na capital do Estado de São Paulo. Essa produção, ao registrar e analisar a prática de estágio dos alunos em serviços de saúde permite acessar as formas de inserção, lócus institucional, temas e preocupações dos assistentes sociais nos hospitais e na Atenção Primária em Saúde. A produção mais recente da categoria profissional, apresentada através de relatórios de eventos, revistas e livros, complementa o conhecimento sobre as articulações entre o Serviço Social e a Saúde em São Paulo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Regina Maria Giffioni Marsiglia, Universidade Universidade Católica de São Paulo

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (1969), graduação em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1966), mestrado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (1981) e doutorado em Ciência Política pela Universidade de São Paulo (1993). Atualmente é professor adjunto da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, pesquisador e Diretora Adjunta do Centro de Estudos Augusto Leopoldo Ayrosa Galvão e professor assistente doutor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Política de Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: saúde coletiva, ciências sociais e humanas em saúde, recursos humanos em saúde, formação em saúde, serviço social na área de saúde. 

Maria Olinda Costa Santos Carreira, Universidade Universidade Católica de São Paulo

Possui graduação em Serviço Social com especialização em Saúde Pública - USP. Profa. adjunta do curso de Serviço Social da Universidade Cidade São Paulo-Unicid, (1989-2003) e das Faculdades Metropolitanas Unidas (1995-1997). Mestrado em S. Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo- SP. (1997), doutorado em S. Social PUC-SP. 2005 .

Denise Perroud Amaral, Universidade Estadual de Campinas

Possui Graduação (2003) e Mestrado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2010). Especialista em Gestão Pública em Saúde pela FUNDAP/Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (2011). 

Referências

BEREZOVSKY, M. Serviço Social Médico na Administração Hospitalar, São Paulo, Editora Cortez & Moraes, 1977.

BRAGA, J.C.; PAULA, S.G. Saúde e Previdência: Estudos de Política Social, São Paulo, CEBES-Hucitec, 1981.

BRAVO, M.I.S. Serviço Social e Reforma Sanitária: Lutas Sociais e Práticas Profissionais. Rio de Janeiro: Ed. UFRJ; São Paulo: Cortez Editores, 1996.

CAMILO, M.V.R. F. A Universalidade de Acesso enquanto Expressão do Direito à Saúde: a trajetória histórica do Hospital das Clínicas da Unicamp de 1966/96. 1997. Dissertação (Mestrado em Serviço Social) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Biblioteca).

IAMAMOTO, M. V.; CARVALHO, R. Relações Sociais e Serviço Social no Brasil. São Paulo, Celats/Cortez, 1982.

IAMAMOTO, M.V. O Serviço Social na Contemporaneidade: trabalho e formação profissional. 3ª ed. São Paulo, Cortez, 2000.

IYDA, M. Cem Anos de Saúde Pública: a cidadania negada. São Paulo, Prismas – UNESP, 1994.

MERHY, E. E. O Capitalismo e a Saúde Pública: a emergência das práticas sanitárias no Estado de São Paulo. São Paulo/Campinas. Ed. Papirus, 1985.

MOREIRA LIMA, V.L.F. Um início do Serviço Social no Brasil: um feminismo cristão. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós Graduação em Serviço Social Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. 1991. (Biblioteca).

MOTA, A. E.; BRAVO, M.I.S.; UCHÔA, R., NOGUEIRA, V.M.R., MARSIGLIA, R.M.G., GOMES, L., TEIXEIRA, M. (Orgs.) Serviço Social e Saúde: formação e trabalho profissional. OPAS, OMS, MINISTÉRIO da SAÚDE. São Paulo: CORTEZ EDITORA, 2006.

NETTO, J. P. Ditadura e Serviço Social: uma análise do Serviço Social no Brasil pós 64. São Paulo, Cortez, 1999.

PALMA, J. Os trabalhadores em saúde: agentes, práticas e instituições de saúde em São Paulo. Tese de Doutorado. Faculdade de Medicina da USP. Departamento de Medicina Preventiva. 1996. (Biblioteca)

SERVIÇO SOCIAL & SAÚDE, Universidade Estadual de Campinas. Hospital de Clínicas, Serviço Social. Campinas, SP, v. 1, n. 1, 2002. Campinas, maio 2002. ISSN 1676-6806.

SIMPÓSIOS DE SERVIÇO SOCIAL EM SAÚDE. USP, UNICAMP e UNESP (Org.) Novas demandas sociais: posicionamento das Instituições e o Serviço Social (1998).

SIMPÓSIOS DE SERVIÇO SOCIAL EM SAÚDE. USP, UNICAMP e UNESP (Org.) Serviço Social, Saúde e Sociedade: do Político ao Pontual (2000).

Downloads

Publicado

2016-10-24

Como Citar

MARSIGLIA, R. M. G.; CARREIRA, M. O. C. S.; AMARAL, D. P. Do serviço social médico ao serviço social na saúde: meio século de história em São Paulo. Serviço Social e Saúde, Campinas, SP, v. 15, n. 1, p. 37–50, 2016. DOI: 10.20396/sss.v15i1.8647307. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/sss/article/view/8647307. Acesso em: 3 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos