Artigo sobre big data se destaca dentre os mais acessados no site da RDBCI

Artigo sobre big data se destaca dentre os mais acessados no site da RDBCI

Jacqueline Messias dos Santos

No ano de 2018 (volume 16, número 1, p.194-210), o artigo de pesquisadores da Universidade Federal de Santa Catarina, que trata de apresentar um levantamento das publicações relacionadas à qualidade de dados em big data na base de dados Web of Science até o ano de 2016, publicado na RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciências da Informação vem alcançando um número elevado de acessos, ficando em destaque como o artigo mais acessado do ano até o momento, com pouco mais de 2.300 visualizações.

A publicação de autoria de Priscila Fagundes, Douglas de Macedo e Gislaine Freund, reforça o percurso histórico do big data e a necessidade de armazenamento de dados e das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs) como uma demanda que surge a partir do crescimento dos volumes de informação. Dessa forma:

apresenta um panorama geral das publicações relacionadas à qualidade de dados em ambientes big data na base de dados Web of Science, apresentando a quantidade de publicações envolvendo os dois temas, o local de publicação destas pesquisas, uma síntese dos estudos, seus contextos de aplicação e seus autores.

Um ponto ressaltado pelos autores é em relação à qualidade de dados, que vem sido abordada por diferentes áreas científicas. Os critérios para medir e gerenciar a qualidade de dados não obtém consenso dos pesquisadores da área. Dentre as abordagens mais importantes, o artigo cita o conceito de multidimensionalidade de Wang e Strong (1996), propondo um quadro cujos aspectos, que rementem sempre às necessidades do usuário, são: a acessibilidade, a compreensão, a utilidade e a credibilidade dos dados.
Diante das diferentes perspectivas sobre a concepção do que é big data, os autores apresentam as principais características, determinadas por Erl,Khattak e Buhler, por exemplo, além de outros nomes da área, devidamente mencionados no artigo. Volume, variedade, velocidade, valor e variabilidade são os fatores mencionados que determinam essa concepção do big data, mas há o parêntese de que não existe a necessidade de todos acontecerem ao mesmo tempo no mesmo ambiente.

Como metodologia utilizada na pesquisa, foi feita uma busca na base de dados Web of Science, resultando em 23 artigos pesquisados, levando em consideração o que foi citado como qualidade de informação para essa busca, além da própria relevância da base de dados em si mesma, como importante ferramenta indexadora de periódicos científicos. Após isso, os autores realizam uma análise pontual dos dados encontrados, especificando os contextos e explicando o conteúdo encontrado em cada artigo.

Por fim, os autores ressaltam que o tema qualidade de dados é recente, sendo que a primeira publicação em base de dados é de 2013 e que os ambientes de big data costumam ser relacionados com a computação, apesar das menções encontradas dentro da Ciência da Informação. Como conclusão, reforçam que: “os dados possuem características e necessidades inerentes ao contexto a que pertencem”, e que os modelos devem ser pensados de acordo com essa constatação para um armazenamento mais efetivo.

Referência

FAGUNDES, Priscila Basto; MACEDO, Douglas Dyllon Jeronimo de; FREUND, Gislaine Parra. A produção científica sobre qualidade de dados em big data: um estudo na base de dados Web of Science. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 16, n. 1, p. 194-210, nov. 2017. ISSN 1678-765X. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/rdbci/article/view/8650412>. Acesso em: 23 out. 2018. doi:https://doi.org/10.20396/rdbci.v16i1.8650412.

Como citar este post

SANTOS, Jacqueline Messias dos. Artigo sobre big data se destaca dentre os mais acessados no site da RDBCI. Blog PPEC, Campinas, SP, v.10, n.1, out. 2018. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/blog/index.php/2018/10/15/big-data/>. Acesso em: dia mês abreviado ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.