Banner Portal
Anáforas associativas actanciais e nominalizações: delimitação do ponto de vista da semântica de eventos
PDF

Palavras-chave

Linguística.

Como Citar

ZAMPONI, Graziela. Anáforas associativas actanciais e nominalizações: delimitação do ponto de vista da semântica de eventos. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 44, p. 119–132, 2011. DOI: 10.20396/cel.v44i0.8637069. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8637069. Acesso em: 17 abr. 2024.

Resumo

This paper presents some distinction between actancial associative anaphora and nominalisation from semantics of events. We claim that if the anaphoric element plays a thematic role of the previous sentence, an actancial associative anaphora will occur; if the anaphoric element refers to an argument describing the event of the verb, it will be considered a nominalisation.
https://doi.org/10.20396/cel.v44i0.8637069
PDF

Referências

APOTHÉLOZ, Denis. (1995). Nominalisations, référents clandestins et anaphores atypiques. In Berrendonner, A. & R-Béguelin, M-J (ed.) Du syntagme nominal aux objets-de-discours. TRANEL, 23, 143-173.

APOTHÉLOZ, D. & CHANET, C. (1997). Défini et démonstratif dans les nominalisations. In DE MULDER, Walter e Carl Vetters (eds.) Relations anaphoriques et (in)cohérence. Amsterdam: Rodopi. p. 159-86.

BERRENDONNER, Alain.(1995). Anaphore associative et méréologie. Recherches sur la philosophie et le langage. 16, p. 81-98.

CAVALCANTE, Mônica Magalhães. (2001). As nomeações em diferentes gêneros textuais. In Cadernos de estudos lingüísticos, n. 41, p. 127-140.

CHIERCHIA, Gennaro. (1997). Semântica. Bologna: Il Mulino. Tradução de Luiz Artur Pagani, Rodolfo Ilari e Lígia Negri, a ser publicada pela Editora da Unicamp. A tradução do cap. 9 foi-me cedida gentilmente pelo Prof. Ilari.

FILLMORE, Charles J. (1968). The case for case. In Bach, E.; Harms, R.T. (org.) Universals in linguistics theory. New York: Holt, Rinehart and Wiston. Tradução: Lúcia Maria Pinheiro Lobato.

ILARI, Rodolfo. (2001). Introdução à Semântica. São Paulo: Contexto.

KLEIBER, Georges. (2001). L’anaphore associative. 1 ed. Paris: PUF.

KOCH, Ingedore V. (1983). Complemento ou adjunto? Versão revista da dissertação de mestrado “Os sintagmas preposicionados como modificadores nominais”, apresentada na PUC-SP, em 1977.

MAINGUENEAU, Dominique. (2001). Análise de textos de comunicação. São Paulo: Cortez.

VILELA, Mário & KOCH, Ingedore V. (2001). Gramática da língua portuguesa. Coimbra: Almedina.

O periódico Cadernos de Estudos Linguísticos utiliza a licença do Creative Commons (CC), preservando assim, a integridade dos artigos em ambiente de acesso aberto.

Downloads

Não há dados estatísticos.