Saussure e o necessário esquecimento da fala infantil: uma leitura para a aquisição de linguagem

Autores

  • Maria Fausta Pereira Castro Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.20396/cel.v52i1.8637204

Palavras-chave:

Lingüística.

Resumo

The aim of this work is to show that it is possible to infer from De Saussure’s work elements which are relevant for discussing the acquisition by the child of its mother tongue. It is from the author’s ([1916]2008) conceptualization on linguistic change that we devise the hypothesis that change in language acquisition implies to forgetting (and losing) infantile speech. On the other side, we try also to show that forgetting infantile speech due to the acquisition of mother tongue should not be considered apart from the forces which act in the so-called screen memories of childhood, according to Freud’s theorization ([1899] 1994).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Fausta Pereira Castro, Universidade Estadual de Campinas

Grupo de Pesquisa em Aquisição da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas

Referências

AGAMBEM, G. (1989) Enfance et histoire. Dépérissement de l’expérience et origine de L’histoire. Paris: Éditions Payot.

BARTES, R. (1977) “ Mudar o próprio objeto”. In: A atualidade do mito. J. Paulo: Duas Cidades, p. 11-14.

BLOOM, L. (1970) Language development: Form and Fonction in Emerging Grammars. Massachusetts : M.I.T. PRESS.

DE LEMOS, C.T.G. (2006) “Uma crítica ( radical) à noção de desenvolvimento na Aquisição de Linguagem”. In: Lier de Vitto, M.F. e Arantes, L. (orgs.) Aquisição, patologias e clínica de linguagem. São Paulo: EDUC-FAPESP, p. 21-32.

DE LEMOS, C.T.G. (2008) “Entre o falante ideal e o sujeito falante: por onde se move a pesquisa lingüística e/ ou por onde circula o lingüista”. In Conexão Letras, vol. 3 ( Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul ). Porto Alegre: Editora Porto–Alegre, p. 81-90.

FREUD, S. ([1899] 1994) “Lembranças encobridoras”. In Obras Completas, vol. III. Rio de Janeiro: Imago, p. 285-304.

GRIBINSKI, M. (1987) Prefácio à edição francesa de FREUD, S. ([1905] 1987) Trois Essais sur la théorie sexuelle. Paris : Éditions Gallimard, p. 9-20.

HELLER-ROAZEN, D. (2007) Echolalies. Essai sur l’oubli des langues. Paris : Seuil.

JAKOBSON, R. (1969) Langage Enfantin et Aphasie. Paris : Éditions de Minuit.

LACAN, J. (1979) Os Escritos técnicos de Freud (1953-1954), Livro 1 . Rio de Janeiro: Zahar Editores.

LACAN, J. ([1975] 1982) Mais, ainda. Livro 20. Rio de Janeiro: Zahar Editores.

MILNER, J.C. (1978) L’amour de la langue. Paris : Seuil.

MILNER, J.C. (1988) « Le matériel de l’oubli ». In : Usages de l’oubli. Paris : Seuil, p. 63-75.

PEREIRA DE CASTRO, M.F. (2006) “Sobre o (im)possível esquecimento da língua materna”. In: Lier de Vitto, M.F. e Arantes, L. (orgs.) Aquisição, patologias e clínica de linguagem. São Paulo: EDUC-FAPESP, p. 135-148.

PEREIRA DE CASTRO, M.F. (2006a) “Língua materna e os destinos da fala infantil”. Aula elaborada para cumprimento da prova didática do concurso público de provimento do cargo de professora titular do Departamento de Lingüística do IEL/UNICAMP.

QUIGNARD, P. (1998) Vie Secrète. Paris: Gallimard.

SAUSSURE, F. ([1916] 2008) Curso de Lingüística Geral . São Paulo: Cultrix.

SAUSSURE, F. (2004) Escritos de Lingüística Geral. São Paulo: Cultrix.

Downloads

Publicado

2011-08-02

Como Citar

CASTRO, M. F. P. Saussure e o necessário esquecimento da fala infantil: uma leitura para a aquisição de linguagem. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 52, n. 1, p. 91–102, 2011. DOI: 10.20396/cel.v52i1.8637204. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8637204. Acesso em: 4 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos