Os desdobramentos do fonema Jakobsoniano

dos traços distintivos ao simbolismo sonoro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.20396/cel.v62i0.8661913

Palavras-chave:

Traços distintivos, Fonema, Simbolismo sonoro

Resumo

O objetivo deste artigo é enfocar os desdobramentos da proposição dos traços distintivos por Jakobson (1977). Consideramos como Jakobson, a partir da obra de Saussure ([1916] 2012), pressiona noções definitórias do signo linguístico saussuriano, mais particularmente a de oposição; abrindo, com isso, espaço para a inclusão do nível acústico na cadeia da fala e, consequentemente, para as relações entre som e sentido, que são debatidas ao longo dos séculos - desde quatro séculos antes de Cristo até a atualidade. Abordamos os conceitos de oposição fonêmica, as críticas à irredutibilidade do fonema, a distintividade entre traços de sonoridade e a abertura para a consideração da expressividade da fala ao agregar o simbolismo sonoro e a noção de relação entre som e sentido linguisticamente motivada. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thaiza Barros, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Graduação em Pedagogia pela Universidade Cidade de São Paulo. Professora assistente do Beacon School, Brasil.

Maria Francisca Lier De-Vitto, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Professora titular no Departamento de Linguística da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Pesquisadora CNPq.

Sandra Madureira, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Professora titular do Departamento de Linguística da PUCSP e professora do Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada da PUCSP.

Referências

ABELIN, Å. Studies in Sound Symbolism. 1999. Tese (Doutorado em Filosofia, Departamento de Linguística) - Göteborg University, Suécia, 1999.

ANDRADE, C. Alguma Poesia. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.

BANDEIRA, M. Antologia poética. 6. ed. São Paulo: Global, 2013.

DE LEMOS, C. Los Processos Metafóricos e Metonímicos como Mecanismos de Cambio. In: Substratum, Barcelona, v. 1, n 1, p. 121-135, 1992.

DE LEMOS, C. Das Vicissitudes da Fala da Criança e de sua Investigação. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 42, p. 41-69, Jan./Jun. 2002. 1992.

DE LEMOS, C.; VITTO, M.; ANDRADE, L.; SILVEIRA, E. Le Saussurisme en Amérique Latine au XXe siècle. Cahiers Ferdinand de Saussure, n. 56, p. 165-176, 2003.

FONAGY, I. Languages Within Languages: na Evolutive Approach, Amsterdam-Philadelphia: John Benjamins Publishing Company, 2000.

JAKOBSON, R. Linguística e Poética. In: Lingüstica e Comunicação. São Paulo: Editora Cultrix e Universidade de São Paulo, 1976.

JAKOBSON, R. Seis Lições Sobre o Som e o Sentido. Lisboa: Moraes Editores, 1977.

JAKOBSON, R. A Escola Linguística de Praga. In: TOLEDO, D. (org.). Círculo Linguístico de Praga: Estruturalismo e Semiologia. Porto Alegre: Globo, 1978.

JAKOBSON, R. Formalismo Russo, Estruturalismo Tcheco. In: TOLEDO, D. (org.). Círculo Linguístico de Praga: Estruturalismo e Semiologia. Porto Alegre: Globo, 1978.

JAKOBSON, R.; POMORSKA, K. Diálogos. São Paulo: Cultrix, 1993.

KÖHLER, W. Gestalt Psychology. New York: Liveright, [1929] 1947.

LACAN, J. A Instância da Letra no Inconsciente ou a Razão desde Freud. In. Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, v. 1995, 1957.

LIER-DE VITTO, M. Os Monólogos da Criança: "Delírios da Língua". Educ, 1998.

MADUREIRA, S. Brazilian Portuguese Rhotics in Poem Reciting: Perceptual, Acoustic and Meaning-related Issues. In: Mark Gibson; Juana Gil. (Org.). Romance Phonetics and Phonology. 1ed.Oxford: Oxford University Press, 2018, v. 1, p. 76-96.

MADUREIRA, S. Fonética: que bicho é esse?. Canal Abralin, 2020, São Paulo. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=O80ZamzKQ3U&t=2711s. Acesso em: 06 de agosto de 2020.

NOBILE, L. Sound Symbolism in the Age of Digital Orality. A Perspective on Language Beyond 'Nature' and 'Culture'. Signifiances (Signifying), v. 3, n.1, 2019. DOI: https://doi.org/10.18145/signifiances.v3i1.248.

PLATÃO. Crátilo, ou Sobre a Correção dos Nomes. Tradução de Celso de Oliveira Vieira. São Paulo: Paulus, 2014.

POE, E. The Works of Edgar Allan Poe, The Raven Edition, v. 5. New York: P. F. Collier and Son. 1903.

SAUSSURE, F. Curso de Linguística Geral. São Paulo: Cultrix, [1916] 2012.

TOLEDO, Dionísio. Círculo Linguístico de Praga: Estruturalismo e Semiologia. Porto Alegre: Ed. Globo, 1978.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

BARROS, T.; LIER DE-VITTO, M. F.; MADUREIRA, S. Os desdobramentos do fonema Jakobsoniano: dos traços distintivos ao simbolismo sonoro. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 62, n. 00, p. e020021, 2020. DOI: 10.20396/cel.v62i0.8661913. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8661913. Acesso em: 19 out. 2021.