Banner Portal
Neurolinguística e Linguística
PDF

Palavras-chave

Neurolinguística
Linguagem nas afasias
Escrita na infância

Como Citar

COUDRY, Maria Irma Hadler; PINTO, Rosana do Carmo Novaes. Neurolinguística e Linguística . Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, SP, v. 65, n. 00, p. e023010, 2023. DOI: 10.20396/cel.v65i00.8673480. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/cel/article/view/8673480. Acesso em: 24 maio. 2024.

Resumo

Este artigo visa a contribuir para o volume especial da Cadernos de Estudos Linguísticos que homenageia os seus 45 anos. O texto resulta do trabalho colaborativo de duas docentes do Departamento de Linguística do IEL, na área de Neurolinguística, e se organiza em duas partes principais. Na primeira, busca-se apresentar o início do processo de desenvolvimento da nova área no IEL, a partir do trabalho fundante de Coudry que culminou na publicação de Diário de Narciso: discurso e afasia, estabelecendo e consolidando a Neurolinguística Discursiva como campo teórico de atuação para o linguista. Na segunda parte, o texto relata alguns dos principais desdobramentos teórico-metodológicos da ND para os campos da Linguística, da Fonoaudiologia e da Educação, revisitando trabalhos que se dedicam ao estudo tanto de teorias que a ND agrega quanto de práticas com a linguagem propostas para as várias patologias que afetam a linguagem, sendo algumas delas focalizadas, como as Afasias, o Autismo, a Síndrome do X-Frágil. Em nossos estudos neurolinguísticos, buscamos compreender a relação entre as funções psíquicas superiores e seu impacto nas patologias ao mesmo tempo em que incorporamos nas análises o sujeito em sua atividade discursiva. Também abordamos equívocos de avaliação e seguimento longitudinal apartados da reflexão teórico-metodológica possibilitada pela Linguística.

https://doi.org/10.20396/cel.v65i00.8673480
PDF

Referências

ALKMIM, Tânia Maria. Sociolinguística. In: MUSSALIM, Fernanda; BENTES, Anna Christina (org.). Introdução à linguística: domínios e fronteiras. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2006. pt. 1, p. 21-47.

ANTONIO, Da sombra à luz: a patologização de crianças sem patologia. 2011. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2011.

AQUINO, Patricia. Onde está o déficit? Polêmica em torno da dislexia. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 60, n. 1, p. 538-544, 2018. https://doi.org/10.20396/cel.v60i2.8648687

BAKHTIN, Mikhail. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1992. Versão francesa. Obra publicada originalmente em 1929.

BENVENISTE, Émile. Problemas de linguística geral. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1995. Obra publicada originalmente em 1974.

BERGAMASCHI, Tayná Povia de Oliveira. A intervenção ABA em crianças portadoras de TEA: uma análise neurolinguística. 2020. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2020.

BOCCATO, Diana Michaela Amaral. Paralexia: compreendendo o fenômeno por meio de um estudo de caso no contexto das afasias. 2018. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2018.

BORDIN, Sonia Maria Sellin. Fala, leitura e escrita: encontro entre sujeitos. 2010. Tese (Doutorado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas 2010.

BORDIN, Sonia Maria Sellin; FREIRE, Fernanda Maria Pereira. Neurolinguística discursiva: contribuições para uma fonoaudiologia na área da linguagem. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 60, n. 2, p. 384-399, 2018. https://doi.org/10.20396/cel.v60i2.8650677

CANGUILHEM, Georges. O normal e o patológico. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1995. Obra publicada originalmente em 1943.

CARON, Monica. As relações da neurolinguística discursiva com os familiares das crianças em processo de aprendizado de escrita e leitura. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 60, n. 2, p. 545-561, 2018. https://doi.org/10.20396/cel.v60i2.8648713

COUDRY, Maria Irma Hadler. Diário de Narciso: avaliação e acompanhamento longitudinal de linguagem de sujeitos afásicos de uma perspectiva discursiva. 1986. Tese (Doutorado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1986.

COUDRY, Maria Irma Hadler. Diário de Narciso: discurso e afasia. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

COUDRY, Maria Irma Hadler. Neuropsicologia: aspectos biológicos e sociais. In: RODRIGUES, Norberto; MANSUR, Leticia L. (ed.). Temas em neuropsicologia. São Paulo: Sociedade Brasileira de Neuropsicologia, 1993. p. 38-57. (Série de neuropsicologia, v. 1).

COUDRY, Maria Irma Hadler. Língua, discurso e a lógica da linguagem patológica. Cadernos da FFC, Marília, v. 6, n. 2, p. 131-148, 1997.

COUDRY, Maria Irma Hadler. Patologia estabelecida e vivências com o escrito: o que será que dá? In: ENCONTRO NACIONAL SOBRE AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM, 7., 2006, Porto Alegre. Anais [...]. Porto Alegre: PUCRS, 2006.

COUDRY, Maria Irma Hadler. Neurolinguística discursiva: afasia como tradução. Estudos da Língua(gem), Vitória da Conquista, v. 6, n. 2, p. 7-36, 2008. https://doi.org/10.22481/el.v6i2.1065

COUDRY, Maria Irma Hadler. Caminhos da neurolinguística. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DA ABRALIN, 6., 2009, João Pessoa. Anais [...]. Campinas: ABRALIN, 2009. v. 1, p. 2285-2294.

COUDRY, Maria Irma Hadler. Caminhos da neurolinguística discursiva: o velho e o novo. In: COUDRY, Maria Irma Hadler; FREIRE, Fernanda Maria Pereira; ANDRADE, Mara Lúcia Fabricio de; SILVA; Michelli Alessandra (org). Caminhos da neurolinguística discursiva: teorização e práticas com a linguagem. Campinas: Mercado de Letras, 2010. p. 379-399.

COUDRY, Maria Irma Hadler. Patologização de crianças sem patologia In: VIÉGAS, Lygia de Sousa; RIBEIRO, Maria Izabel Souza; OLIVEIRA, Elaine Cristina de; TELES, Liliane Alves da Luz (org.). Medicalização da educação e da sociedade: ciência ou mito? Salvador: EDUFBA, 2014. p. 227-247.

COUDRY, Maria Irma Hadler. Diário de Narciso e neurolinguística discursiva: 30 anos depois. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 60, n. 2, p. 323-350, 2018. https://doi.org/10.20396/cel.v60i2.8653126

COUDRY, Maria Irma Hadler. Controvérsias na patologização e contradiscursos na afasia e na infância. Revista Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 49, n. 1, p. 379-396, 2020. https://doi.org/10.21165/el.v49i1.2685

COUDRY, Maria Irma Hadler. Neurolinguística discursiva: afasia e infância: encontro inevitável. [S. l.: s. n.], 2023. Relatório de Projeto de Pesquisa/CNPq: 309263/209-0.

COUDRY, Maria Irma Hadler; BORDIN, Sonia Maria Sellin. Afasia e infância: registro do (in)esquecível. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 54, n. 1, p. 135-154, 2012. https://doi.org/10.20396/cel.v54i1.8636976

COUDRY, Maria Irma Hadler; MORATO, Edwiges Maria. A ação reguladora da interlocução e de operações epilinguísticas sobre objetos linguísticos. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 15, p. 117-135, 1988. https://doi.org/10.20396/cel.v15i0.8636766

COUDRY, Maria Irma Hadler; MORATO, Edwiges Maria. Aspectos discursivos da afasia. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 19, p. 127-145, 1990. https://doi.org/10.20396/cel.v19i0.8636831

COUDRY, Maria Irma Hadler; POSSENTI, Sírio. Do que riem os afásicos? Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 24, p. 47-57, 1993. https://doi.org/10.20396/cel.v24i0.8636866

DIAS, Júlia. A afasia e o digital. 2020. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2020.

FOUCAULT, Michel. O que é um autor? In: FOUCAULT, Michel. Estética: literatura e pintura, música e cinema. Organizado por Manoel Barros da Motta. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2001. p. 264-298. (Ditos & escritos, v. 3). Obra publicada originalmente em 1969.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. São Paulo: Loyola, 2009. Obra publicada originalmente em 1970.

FRANCHI, Carlos. Linguagem: atividade constitutiva. Almanaque, São Paulo, n. 5, p. 9-26, 1977.

FRANCHI, Carlos. Prefácio. In: COUDRY, Maria Irma Hadler. Diário de Narciso: discurso e afasia. São Paulo: Martins Fontes, 1988. p. xiii-xvi.

FREUD, Sigmund. Psicopatologia da vida cotidiana e Sobre os sonhos (1901). São Paulo: Companhia das Letras, 1969. (Obras completas, v. 5). Obra publicada originalmente em 1901.

FREUD, Sigmund. La afasia. Buenos Aires: Nueva Visión, 1973. Obra publicada originalmente em 1891.

FUGIWARA, Renata Viana Ensinas. Processos de (inter)compreensão nas afasias: um estudo neurolinguístico na perspectiva bakhtiniana. 2013. Tese (Doutorado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2013.

FUGIWARA, Renata Viana Ensinas; NOVAES-PINTO, Rosana do Carmo. Avaliação de compreensão nas afasias: o limite dos instrumentos metalinguísticos e a contribuição das análises discursivas. Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 42, n. 2, p. 903-915, 2013. Disponível em: https://revistas.gel.org.br/estudos-linguisticos/article/view/975. Acesso em: 25 jul. 2023.

GALINDO, Caetano W. Latim em pó: um passeio pela formação do nosso português. São Paulo: Companhia das Letras, 2023.

GARCIA, Bruna Leite. Encontro da afasia com a infância: um estudo neurolinguístico. 2018. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2018.

GATI, João Pedro de Souza. Aspectos linguísticos do discurso delirante. 2017. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2017.

GOODGLASS, Harold; KAPLAN, Edith. The assessment of aphasia and related disorders. Philadelphia, PA: Lea & Febiger, 1972.

GREGOLIN-GUINDASTE, Reny Maria. O agramatismo: um estudo de caso em português. 1996. Tese (Doutorado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1996.

JAKOBSON, Roman. A afasia como um problema linguístico. In: LEMLE, Miriam; LEITE, Yonne (org.). Novas perspectivas linguísticas. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 1970. p. 43-54. Obra publicada originalmente em 1955.

JAKOBSON, Roman. Aspectos linguísticos da tradução. In: JAKOBSON, Roman. Linguística e comunicação. São Paulo: Cultrix, 1975. p. 63-72. Obra publicada originalmente em 1956.

JAKOBSON, Roman. Dois aspectos da linguagem e dois tipos de afasia. In: JAKOBSON, Roman. Linguística e comunicação. São Paulo: Cultrix, 1981. p. 34-62. Obra publicada originalmente em 1954.

LEMOS, Cláudia Thereza Guimarães de. Das vicissitudes da fala da criança e de sua investigação. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 42, p. 41-70, 2002. https://doi.org/10.20396/cel.v42i0.8637140

LIMA, Arnaldo Rodrigues de. As palavras funcionais na chamada fala telegráfica em enunciados de sujeitos afásicos. 2017. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2017.

LIMA, Arnaldo Rodrigues de. Enunciados de estilo telegráfico nas afasias não fluentes: um estudo discursivo-funcional. 2023. Tese (Doutorado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2023.

LIMA, Arnaldo Rodrigues de; NOVAES-PINTO, Rosana do Carmo. A chamada “fala telegráfica” e sua relação com as dificuldades de encontrar palavras: uma reflexão a partir de enunciados de sujeitos afásicos não-fluentes. Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 46, n. 2, p. 715-729, 2017. https://doi.org/10.21165/el.v46i2.1624

LURIA, A R. Neuropsychological studies in aphasia. Amsterdam: Sweets & Zeitlinger, 1977.

LURIA, A R. Pensamento e linguagem: as últimas conferências de Luria. Porto Alegre: Artmed, 1996.

MAINGUENEAU, Dominique. Novas tendências em análise do discurso. Campinas: Pontes, 1989.

MORATO, Edwiges Maria (org.). A semiologia das afasias: perspectivas linguísticas. São Paulo: Cortez, 2010.

MORATO, Edwiges Maria; NOVAES-PINTO, Rosana do Carmo. Aspectos enunciativos da jargonafasia. In: SEMINÁRIO DO GRUPO DE ESTUDOS LINGUÍSTICOS DO ESTADO DE SÃO PAULO, 45., 1997, Campinas. Anais [...]. Campinas: Unicamp, 1998. p. 396-401.

MOUTINHO, Isabella de Cássia Netto. À procura de um diagnóstico: uma análise neurolinguística. 2014. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2014.

MÜLLER, Laura Maria Mingotti. Sujeitos, histórias e rótulos: a leitura e a escrita de crianças e jovens diagnosticados com dislexia. 2013. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2013.

NASCIMENTO, Julyana Chaves; CHACON, Lourenço. Uma abordagem não-dicotomizante das questões de linguagem na doença de Parkinson: as hesitações. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 60, n. 2, p. 452-471, 2018. https://doi.org/10.20396/cel.v60i2.8649696

NAVARRO, Paloma Rocha. Fonoaudiologia no contexto da equoterapia com crianças autistas: uma reinterpretação a partir da neurolinguística discursiva. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 60, n. 2, p. 489-506, 2018. https://doi.org/10.20396/cel.v60i2.8651355

NOVAES-PINTO, Rosana do Carmo. Agramatismo: uma contribuição para o estudo do processamento normal da linguagem. 1992. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1992.

NOVAES-PINTO, Rosana do Carmo. A contribuição do estudo discursivo para uma análise crítica das categorias clínicas. 1999. Tese (Doutorado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1999.

NOVAES-PINTO, Rosana do Carmo. Desafios metodológicos da pesquisa em neurolinguística no início do século XXI. Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 40, n. 2, p. 966-980, 2011. Disponível em: https://revistas.gel.org.br/estudos-linguisticos/article/view/1354. Acesso em: 25 jul. 2023.

NOVAES-PINTO, Rosana do Carmo. Contribution from Bakhtinian philosophy of language to theoretical-methodological research and clinical work in the field of aphasiology. In: PETRILLI, Susan (ed.). Pace, pacificazione, pacifismo e i loro linguaggi. Milano: Mimesis, 2017. p. 527-536. (Athanor, n. 27).

NOVAES-PINTO, Rosana do Carmo; FREIRE, Fernanda Maria Pereira. 30 anos do Diário de Narciso: obra inaugural da neurolinguística discursiva. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 60, n. 2, p. 315-321, 2018. https://doi.org/10.20396/cel.v60i2.8653275

NOVAES-PINTO, Rosana do Carmo; SOUZA-CRUZ, Thalita Cristina. Funcionamento semântico-lexical: discussão crítica com base em dados de situações dialógicas com sujeitos afásicos. Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 41, n. 2, p. 708-722, 2012. Disponível em: https://revistas.gel.org.br/estudos-linguisticos/article/view/1191. Acesso em: 25 jul. 2023.

OLIVEIRA, Marcus Vinicius Borges. Palavras na ponta-da-língua: uma abordagem neurolinguística. 2015. Tese (Doutorado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2015.

PADILHA, Anna Maria Lunardi. A obra de Maria Irma H. Coudry: neurolinguística discursiva como revolução conceitual-metodológica para os estudos da educação especial. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 60, n. 2, p. 368-383, 2018. https://doi.org/10.20396/cel.v60i2.8648558

PEROTTINO, Silvana. Neurolinguística discursiva e transmissão: a questão da autoria. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 60, n. 2, p. 351-367, 2018. https://doi.org/10.20396/cel.v60i2.8648717

PIERUCCINI, Stéphanie Dorneles e Silva. Fala, leitura e escrita na afasia e no processo de aquisição da escrita. 2015. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2015.

POSSENTI, Sírio. Questões para analistas do discurso. São Paulo: Parábola, 2009.

POSSENTI, Sírio. Sobre o Diário de Narciso... ainda. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 60, n. 2, p. 562-565, 2018. https://doi.org/10.20396/cel.v60i2.8653125

POSSENTI, Sírio; COUDRY, Maria Irma Hadler. A relevância de piadas em protocolos de afasia. Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 20, p. 725-732, 1991.

RAPP, Carola. A palavra paralela?: uma revisão do conceito de parafasia. 2003. Tese (Doutorado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2003.

SILVA, Michelli Alessandra. Sujeitos e linguagem na síndrome do X-frágil. 2014. Tese (Doutorado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2014.

SILVA, Michelli Alessandra. Contribuições da neurolinguística discursiva para a compreensão do sujeito e da linguagem na síndrome do X-frágil. Cadernos de Estudos Linguísticos, Campinas, v. 60, n. 2, p. 472-488, 2018. https://doi.org/10.20396/cel.v60i2.8653127

SOUZA-CRUZ, Thalita Cristina. Em briga de marido e mulher, ninguém mete o garfo: estudo neurolinguístico da produção de parafasias literais e semânticas em sujeitos afásicos. 2013. Dissertação (Mestrado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2013.

SOUZA-CRUZ, Thalita Cristina. “Entrando pelo youtubo”: estudo discursivo da organização semântico-lexical: em foco a categorização. 2017. Tese (Doutorado em Linguística) - Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2017.

SOUZA-CRUZ, Thalita Cristina; BOCCATO, Diana Michaela Amaral. Produção de parafasias e paralexias e sua relação com as “dificuldades de encontrar palavras” (word finding difficulties). Estudos Linguísticos, São Paulo, v. 46, n. 2, p. 760-773, 2017. https://doi.org/10.21165/el.v46i2.1800

TOKITAKA, Janaina. Pedro vira porco-espinho. São Paulo: Jujuba, 2020.

VYGOTSKY, Lev Semionovitch. Problemas da defectologia: volume I. São Paulo: Expressão Popular, 2021. Obra publicada originalmente em 1929.

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License.

Copyright (c) 2023 Cadernos de Estudos Linguísticos

Downloads

Não há dados estatísticos.