Re-Ver a tradição: elementos moto-vocais da matriz afro-brasileira no processo educativo do artista da cena

Autores

  • Luiz Daniel Lerro Universidade Federal de Rondônia

DOI:

https://doi.org/10.20396/conce.v4i2.8647660

Palavras-chave:

Dança dos orixás. Treinamento corporal. Pedagogia transcultural.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo promover reflexões sobre o processo de apropriação de gestos, atitudes e ações moto-vocais da cultura afro-brasileira, no âmbito das pesquisas em artes cênicas. Em específico buscar-se-á analisar o uso dos elementos técnico-expressivos da cultura dos candomblés em estruturas de treinamentos corporais, voltados à formação do artista da cena.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Daniel Lerro, Universidade Federal de Rondônia

Professor Adjunto do Curso de Licenciatura em Teatro da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Chefe do Departamento de Artes da UNIR. Doutor em Estudos Teatrais pela Universidade de Bolonha, em regime de co-tutela com a Universidade Federal da Bahia (UFBA). Líder do PAKY’OP – Laboratório de Pesquisa em Teatro e Transculturalidade: práxis, reflexões e poéticas contemporâneas.

Referências

AUTORES DIVERSOS. O negro no Brasil. Trabalhos apresentados ao 2o Congresso Afro-brasileiro (Bahia). Civilização Brasileira S/A, 1940.

BARBA, Eugenio. Con Eugenio Barba: paradosso pedagogico. In: RUFFINI, Franco (Org.). La scuola degli attori. Rapporti dalla prima sessione dell’ISTA – International School of Theatre Anthropology (Bonn 1-31 ottobre 1980). Firenze-Milano: Casa Usher, 1981.

DE MARINIS, Marco. Il teatro dell’altro. Interculturalismo e transculturalismo nella scena contemporanea. Firenze: La casa Usher, 2011.

GROTOWSKI, Jerzy. Performer. In: ATTISANI, Antonio; BIAGINI, Mario (Orgs.). Jerzy Grotowski. Testi 1968-1998. Roma: Bulzoni Editore, 2007.

LERRO, Luiz Daniel. Gli schemata degli orixas: azioni, gesti e atteggiamenti della cultura afro-brasiliana nelle metodologie pedagogico-teatrali. 2013. 343 f. Tese Doutorado em Estudos Teatrais e Doutorado em Artes Cênicas – Departamento de Musica e Espetáculo e Universidade de Bologna e Artes Cênicas da Universidade Federal da Bahia. Bologna, Salvador, 2013.

MEDINA, João Paulo Subirá. O Brasileiro e seu corpo: Educação e política do corpo. Campinas: Papirus, 1990.

RISERIO, Antonio. Oriki Orixá. São Paulo: Perspectiva, 1996.

RIZZOLATTI, Giacomo e SINIGAGLIA, Corrrado. So quel che fai: Il cervello che agisce e i neuroni specchio. Milano: Raffaello Cortina Editore, 2006.

RUFFINI, Franco (Org.). La scuola degli attori. Rapporti dalla prima sessione dell’ISTA – International School of Theatre Anthropology (Bonn 1-31 ottobre 1980). Firenze-Milano: La Casa Usher, 1981.

SÀLÁMÌ, Síkírù (King). A mitologia dos orixás africanos. São Paulo: Editora Oduduwa, 1990.

SANTOS, Inaicyra Falcão dos. Dança e Pluralidade Cultural: Corpo e Ancestralidade. In: Revista Múltiplas Leituras, v.2, n.1, pp.31-38, jan./jun. 2009

SANTOS, Inaicyra Falcão dos. Corpo e ancestralidade. Salvador: EDUFBA, 2002.

SIEGEL, Daniel J. La mente relazionale: Neurobiologia dell’esperienza interpersonale. Milano: Raffaello Cortina Editore, 2001.

TOPORKOV, Vasilij O. Stanislavskij alle prove. Gli ultimi anni. Milano: Ubulibri, 1991.

Downloads

Publicado

2015-12-30

Como Citar

Lerro, L. D. (2015). Re-Ver a tradição: elementos moto-vocais da matriz afro-brasileira no processo educativo do artista da cena. Conceição/Conception, 4(2), 31–41. https://doi.org/10.20396/conce.v4i2.8647660

Edição

Seção

Artigos Temáticos